Pesquisar este blog

Carregando...

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

0

ACOMPANHE AO VIVO: OMISSÃO DO PODER PÚBLICO NO COMBATE AO JOGO DO BICHO SERÁ DISCUTIDA NA CMBH

Acontece hoje, quinta-feira (01/03), na Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH), audiência pública, requerida pelo Vereador CABO JÚLIO (PMDB), que irá discutir a omissão do poder público no combate ao jogo do bicho e as máquinas caça-níqueis.
Foram convidados os presidentes Cabo Álvaro Coelho - do Centro Social dos Cabos e Soldado da PMMG (CSCSC), Sargento Alexandre Rodrigues da Associação dos Servidores do Corpo de Bombeiros e Polícia Militar de Minas Gerais (ASCOBOM), Subtenente Raimundo Nonato – da Associação dos Praças Policiais e Bombeiros Militares de Minas Gerais (ASPRA), Tenente-Coronel Márcio Ronaldo de Assis – da Associação dos Oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar (AOPM), Coronel Edvaldo Picinini Teixeira – do Clube dos Oficiais da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Minas Gerais (COPM) e Denilson Martins – do Sindicado dos Servidores da Polícia Civil do Estado de Minas Gerais (SINDPOL), Dr. Edson José Pereira – do Sindicato dos Delegados de Polícia de Minas Gerais (SINDEPO), Coronel Márcio Martins Sant’ana – Comandante-Geral da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), Delegado Geral Jairo Lélis Filho – Chefe da Polícia Civil de Minas Gerais, Dr. Alceu José Torres – Procurador-Geral de Justiça de Minas Gerais.
Local: Plenário Camil Caram
Data: 01/03/2012
Hora: 13h
ACOMPANHE AO VIVO NO BLOG DO CABO JÚLIO
(CLIQUE EM PLENÁRIO CAMIL CARAM)



0

“Tentar fazer com que dois registros sejam representativos é, no mínimo, leviano”, afirma subsescretário da SEDS

Audiência pública apura denúncias de manipulação de boletins de ocorrência
A “suposta manipulação” de dados foi contestada pelo subsecretário de Promoção da Qualidade e Integração do Sistema de Defesa Social, Frederico César do Carmo, durante audiência pública realizada hoje (29/02) na ALMG em que se apurou denúncias de manipulação de boletins de ocorrência pulicadas na imprensa mineira. 
Ele afirmou que diariamente são produzidos mais de 6.000 registros de eventos de defesa social (Reds), e que a imprensa se baseou em dois registros incorretos para publicar a denúncia. “Tentar fazer com que dois registros sejam representativos é, no mínimo, leviano”, afirmou.
Na mesma linha, o diretor de Apoio Operacional da Polícia Militar, coronel Cláudio Antônio Mendes, disse que “vivemos uma onda de denuncismo, as pessoas falam sem compromisso com a verdade”. Frederico do Carmo garantiu que esses Reds incorretos estão sendo investigados, mas ponderou que não se pode "aceitar denúncias sem nomes e sem fundamento”. O deputado João Leite (PSDB), presidente da Comissão de Segurança Pública, também pediu os nomes dos policiais e comandantes envolvidos com maquiagem de dados.
CONTINUE LENDO NA ALMG

NOTÍCIAS RELACIONADAS
* QUAL A NOVIDADE? PMs acusam comando de manipular dados de crimes (06/12/2012)
* MORDAÇA: DEZOITO REGIÕES DA PMMG ESTÃO PROIBIDAS DE DIVULGAR DADOS SOBRE VIOLÊNCIA, SEGUNDO JORNAL (16/02/2012)
* Você acredita que o REDS esteja sendo mascarado? (05/07/2010)
1

RECONVOCAÇÃO DE PRAÇAS DA RESERVA PARA O SERVIÇO ATIVO

O 18º BPM (CONTAGEM) ESTÁ DESIGNANDO 3º SARGENTOS, CABOS E SOLDADOS DA RESERVA REMUNERADA PARA O SERVIÇO ATIVO, PARA TRABALHAREM NO FÓRUM DE CONTAGEM, DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA.
OS REQUISITOS EXIGIDOS PARA O MILITAR DA RESERVA RETORNAR AO SERVIÇO ESTÃO PREVISTOS NO ARTIGO 3º DA RESOLUÇÃO 4013/09. 

INFORMAÇÕES: SEÇÃO DE RECURSOS HUMANOS DO 18º BPM - 
(31) 2191.6103/(31) 2191.6128
0

MILITAR DE UBERABA REAGE A ASSALTO E MATA BANDIDO

Imagem mostra bandido sendo baleado por militar (de boné branco) durante assalto em farmácia em Uberaba. Embora atingido por tiro, policial militar (Sgt. Décio) conseguiu atirar em bandido que morreu no local.



FONTE: BLOG GUERREIROS DE UBERABA E BLOG DA RENATA
0

GOVERNADORES PEDIRAM PARA QUE PEC 300 NÃO ENTRE NA PAUTA DE VOTAÇÕES EM 2012

Presidente da Câmara Marco Maia e do Senado José Sarney, durante reunião com governadores
Maia e o presidente do Senado, José Sarney,
reuniram-se com dez governadores.
Marco Maia e o presidente do Senado, José Sarney, reuniram-se nesta terça (28/02) com dez governadores do Norte, Nordeste e Centro-Oeste, além do governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia para discutirem assuntos relacionados a redistribuição dos royalties do petróleo e a mudança da regra sobre o reajuste do piso salarial nacional dos professores da educação básica da rede pública (PL 3776/08).
Os governadores também aproveitaram para reafirmar sua posição contrária à votação das propostas que criam um piso salarial nacional para bombeiros e policiais militares (PECs 300/08 e 446/09). Eles pediram que a matéria não entre em pauta em 2012, diante dos impactos significativos nas finanças dos estados.
Maia respondeu que o momento não permite colocar aos estados brasileiros uma proposta que gere impacto financeiro. “Estabelecer um salário nacionalmente traria um problema para arcar com essa despesa. Precisamos refletir melhor e ter uma discussão mais profunda sobre o tema”, acrescentou.

0

Uso de imagem de policial em panfleto é legal (AM)

Ronda no Bairro 2  (Foto: Piero Caíque / G1 AM)Divulgação de fotos em panfleto é reprovada por entidade.
PGE diz que divulgação das imagens independe de prévia autorização.
A Procuradoria Geral do Estado do Amazonas (PGE/AM), em nota técnica, observou que a divulgação de imagens dos policiais do programa Ronda no Bairro em panfletos está amparada no Código Civil Brasileiro. A Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar do Amazonas (PM/AM) ingressou na Justiça Estadual com um mandado de segurança com antecipação de tutela liminar contra o Comando Geral da PM, por conta da divulgação das imagens de 18 policiais militares que integram a 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), localizada na Zona Norte, onde o Programa Ronda no Bairro foi implantado.
Ao citar o artigo 5º da Constituição Federal, a nota afirma que “como regra, o uso da imagem do indivíduo só pode se realizar com o consentimento deste, mas essa regra comporta temperamentos, pois o Código Civil concebe, ao lado da autorização, duas outras hipóteses em que é lícito o uso da imagem – a necessidade à administração da justiça ou a necessidade à manutenção da ordem pública.
ENTENDA O CASO
Policiais tentam impedir na Justiça a divulgação de fotos em panfletos do Ronda no Bairro (Foto: Piero Caíque / G1 AM)'Fotos na cartilha do Ronda no Bairro oferecem risco a policiais', dizem PMs
Rostos de PM's estão expostos em panfletos do programa.
Associação de Cabos e Soldados foi à Justiça e ao MPE, contra a PM.
A Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar (PM) do Amazonas ingressou na Justiça Estadual com um mandado de segurança com antecipação de tutela liminar contra o comandante geral da PM, coronel Almir David, responsável pela captura e autorização para a divulgação das imagens de 18 policiais militares que integram a 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), localizada na Zona Norte, onde o Programa Ronda no Bairro foi implantado. Os rostos dos policias estão estampados nos panfletos da Secretaria de Segurança Pública (SSP), que foram distribuídos à população.
0

SEDS DIVULGA DADOS SOBRE VIOLÊNCIA

Taxa de crimes violentos em Minas subiu mais de 10% em 2011
Na Grande Belo Horizonte, o número de homicídios subiu 19%; órgãos acreditam que aumento está relacionado ao tráfico de drogas 
A taxa de crimes violentos em Minas Gerais aumentou 10,8% em 2011, em comparação com o ano anterior. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (29) pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), com base em ocorrências do Registro de Eventos de Defesa Socivla (Reds), da Polícia Militar, e da Delegacia de Crimes Contra a Vida.
Em números absolutos, as ocorrências - homicídios, homicídios tentados, estupros, roubos e roubos a mão armada - subiram de 50.626 para 56.593. Segundo a secretaria, a taxa por grupo de 100 mil habitantes, que leva em conta o crescimento populacional, foi de 277,78, contra 250,52 em 2010.
O aumento, conforme os órgãos, está relacionado relacionado ao tráfico de drogas. O grande consumo de crack também foi apontado como um fator que contribuiu para os números finais.
Em comparação com 2004, ano em que começou a ser implantado o atual modelo de segurança pública de Minas, a taxa de crimes violentos no Estado caiu 48,80%. Naquele ano, foram registradas 102.513 ocorrências de crimes violentos, equivalentes a uma taxa de 539,15 para cada grupo de 100 mil habitantes.
Capital - Considerando apenas Belo Horizonte, a taxa de crimes violentos aumentou de 703,91 em 2010 para 783,91 em 2011 – uma variação de 11,4%. Em números absolutos, o crescimento foi de 17.369 ocorrências para 19.487. Na capital, o número de homicídios aumentou 22% e o de roubos subiu 12,8%
Já na região metropolitana de Belo Horizonte, área que historicamente concentra o maior número de ocorrências, a taxa de crimes violentos aumentou de 545,05 por grupo de 100 mil habitantes em 2010 para 624,54 em 2011 – uma variação de 14,5%. Em números absolutos, as ocorrências passaram de 28.197 para 32.680. Os homicídios foram 19% maiores que em 2011 e os roubos variaram 15,8%. Já no período de 2004 a 2011, a taxa caiu 53,7% (de 1.348,93 para 624,54 por grupo de 100 mil habitantes).
Transparência - Em 16 de fevereiro, em reportagem exclusiva, O TEMPO mostrou cópia do memorando 5008.2/2012, assinado pela cúpula da Polícia Militar, que proibia os comandantes de batalhões de repassarem índices de criminalidade à imprensa. Além disso, surgiram suspeitas de que boletins de ocorrência estariam sendo ‘maquiados’ pela polícia
Os números sobre crimes violentos em Minas não eram divulgados desde janeiro de 2011, diferentemente do que acontece em outros Estados, como São Paulo, onde os dados são atualizados mensalmente no site da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP).
FONTE: O TEMPO

0

Blogueiros do RN realizam encontro nesta sexta-feira (02/03)

A primeira edição do Encontro de Blogueiros Progressistas da Grande Natal, que ocorrerá em Natal, capital do Rio Grande do Norte, de 2 a 4 de março de 2012, já tem programação e local definidos. Será no campus Cidade Alta do Instituto Federal de Educação Tecnológica do RN (IFRN). O evento é vinculado ao movimento sem fins-lucrativos #BlogProg do Brasil, cuja segunda edição nacional, em Brasília, reuniu nomes como o do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do ministro Paulo Bernardo (das Comunicações), além de blogueiros do campo progressista de todo o país, a exemplo dos jornalistas Paulo Henrique Amorim (TV Record) e Leandro Fortes (Carta Capital).
Importantes nomes do cenário nacional também se farão presentes em Natal durante a realização do encontro, uma iniciativa de militantes e ativistas dos direitos humanos e pela democratização da comunicação, dentre outras causas. Para a mesa de abertura, que se dará na noite do dia 2 de março com o tema “Blogosfera e Liberdade de expressão”, estão confirmadas as seguintes presenças: Amaury Ribeiro Jr. (jornalista/SP, autor de “A Privataria Tucana” (Ed. Geração Editorial, 2011); Leandro Fortes (jornalista da Carta Capital/DF e blogueiro - www.brasiliaeuvi.wordpress.com); Luiz Fernando Emediato (jornalista/SP e dono da Geração Editorial) e Conceição Oliveira (historiadora/SP, coordenadora nacional do #blogprog - www.mariafro.com.br).
0

Com a intenção de combater problemas de segurança pública, 700 PM's irão visitar famílias e comerciantes de 21 pontos da Grande BH

Setecentos policiais militares foram capacitados e, a partir desta quinta-feira (1º), passarão a fazer parte do programa “Serviço Polícia e Família”, que foi criado com a intenção de solucionar problemas de segurança pública em exatos 21 pontos da região metropolitana de Belo Horizonte.
Durante o programa, os policiais irão visitar famílias e comerciantes com o objetivo de reduzir as taxas de criminalidade e de violência, além de incentivar a participação social dos moradores das regiões mapeadas pela PM. Para realizar as visitas, os militares contarão com 84 veículos.
O lançamento do programa será feito às 10h desta quinta, na Praça da Estação, no centro da capital mineira. Em seguida, ocorrerá uma experimentação prática do serviço na esquina de ruas Outono e Curvelo, no bairro Floresta, na região Leste.
FONTE: O TEMPO
0

Ministro tenta evitar greve de policiais civis

O ministro da Justiça, José Eduardo Martins Cardozo, receberá no próximo dia 7 de março os representantes dos sindicatos de policiais civis de todo o país, que discutem se entram ou não em greve nacional no início de abril. A principal pauta dos sindicalistas é a aprovação de propostas que constavam da Proposta de Emenda Constitucional ´(PEC) 300, como o piso nacional para policiais e bombeiros. As federações estaduais de policiais foram convocadas para decidir sobre a greve no dia 16 de março. Se a paralisação for aprovada, ela começará em 16 de abril, informa o presidente da Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis, Jânio Bosco Gandra.

0

TV BRASIL DEBATE INTEGRAÇÃO DAS POLÍCIAS E POLÍTICA SALARIAL

0

O EQUÍVOCO DA INTEGRAÇÃO

PUBLICADO NO JORNAL O TEMPO - 29/02

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

0

Seds e PM são esperados para explicar 'maquiagem'

Denúncia do Hoje em Dia leva deputados a cobrarem esclarecimento sobre dados da criminalidade 
Após denúncias publicadas pelo Hoje em Dia de "maquiagem" das estatísticas de criminalidade no Estado, o assunto será tema de uma audiência pública, nesta quarta-feira (29), na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Particiam da reunião as comissões de Segurança Pública e de Direitos Humanos(...).
O objetivo do esquema de maquiagem, segundo denúncias de policiais publicadas na edição de 6 de fevereiro, seria reduzir estatísticas de crimes violentos em Minas Gerais e cumprir metas anuais estabelecidas pela Seds. Nesse sentido, um homicídio era registrado como encontro de cadáver e uma tentativa de homicídio se transformava em lesão corporal.
No último dia 16, o secretário de Estado de Defesa Social, Lafayette Andrada, negou a maquiagem de boletins e classificou os casos ocorridos como isolados e com erros de interpretação. O secretário alegou ainda que os comandos das polícias mineiras foram orientados a não repassar as estatísticas para à imprensa.
Na mesma data, o governador Antônio Anastasia voltou atrás e determinou que as estatísticas de homicídios, tentativas de homicídios, estupros, roubos e roubos à mão armada sejam divulgadas mensalmente. Já os dados sobre a criminalidade em Minas Gerais, referentes a 2011, deveriam ser divulgados pela Seds na última segunda-feira (27), o que não aconteceu.
Em nota, a Seds informou que a divulgação sobre as estatísticas de crimes violentos no Estado será na próxima quarta-feira (29). Segundo o órgão, o anúncio foi adiado em função de um acidente sofrido pelo secretário Lafayette Andrada.
FONTE: HOJE EM DIA
0

COMPROVANTE DE RENDIMENTOS

JÁ ESTÁ DISPONÍVEL NA INTRANET, COMPROVANTE DE RENDIMENTOS PAGOS E DE RETENÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA ANO CALENDÁRIO/2011
FONTE: INTRANET/BLOG DA RENATA
0

Quadrilha é detida após troca de tiros com a polícia em São Joaquim de Bicas

Dois homens foram presos e dois adolescentes apreendidos na manhã desta terça-feira (28) após uma troca de tiros com a Polícia Militar em São Joaquim de Bicas, na região metropolitana de Belo Horizonte. Um dos suspeitos ficou ferido e precisou ser levado para a Policlínica de Igarapé.
De acordo com o sargento Peixoto, da 7ª Companhia Independente, a quadrilha foi encontrada em uma casa do bairro Tiradentes. “Nós recebemos informação de que eles estariam planejando um assalto. Quando chegamos ao local, fomos recebidos com tiros. Eles tentaram fugir entrando em um matagal, mas foram encontrados com a ajuda do helicóptero da corporação”, explica o militar.
Com o grupo foram encontrados dois revólveres calibre 38 e uma porção de drogas. Os jovens ainda são suspeitos de envolvimento em um homicídio ocorrido no último domingo (26). Eles foram levados para a Delegacia de Polícia de São Joaquim de Bicas. Nenhum policial ficou ferido.
FONTE: O TEMPO
1

HPM CRIA CADASTRO PARA RECONVOCAR PESSOAL

O HPM JÁ HÁ ALGUM TEMPO VEM PASSANDO POR PROBLEMAS DE FALTA DE PESSOAL ADMINISTRATIVO, O QUE SE AGRAVOU MUITO NESTE ANO COM A SAÍDA DE DIVERSOS INTEGRANTES PARA A RESERVA REMUNERADA. 
DESTA FORMA, COM O INTUITO DE FORMALIZAR UM PEDIDO AO ALTO COMANDO DA INSTITUIÇÃO, ESTAMOS FORMANDO UM CADASTRO DE PESSOAL INTERESSADO EM AQUI SERVIR, APÓS SER RECONVOCADO PARA O SERVIÇO ATIVO. 
OS INTERESSADOS DEVERÃO ENVIAR PA COM OS DADOS PESSOAIS PARA A CAIXA POSTAL DA CHEFE DA SRH, TEN JUNIA, ATÉ O DIA 15 DE MARÇO. 
BELO HORIZONTE, 28 DE FEVEREIRO DE 2012.
FONTE: INTRANET

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

1

Governo adia divulgação de dados de crimes violentos em Minas

Nesta segunda-feira, o governo adiou a divulgação de dados de crimes violentos em Minas Gerais. O anúncio dos números de homicídios, tentativas de homicídios, roubos e estupros, que seria feito nesta tarde (27), ainda não foi remarcado.
Segundo informações oficiais, o adiamento ocorreu devido a ausência do secretário de Estado de Defesa Social, Lafayette Andrada, que sofreu um acidente no Rio de Janeiro (RJ) na última sexta-feira e está despachando de casa.
O evento para divulgar as estatísticas havia sido marcado após denúncia feita pelo jornal O TEMPO, no último dia 16. A reportagem publicou o memorando 5008.2/2012, assinado pela cúpula da Polícia Militar (PM), que proibia os comandantes de batalhões de repassarem índices de criminalidade à imprensa.
Os números sobre crimes violentos em Minas não são divulgados desde janeiro de 2011, diferente do que acontece em outros Estados, como em São Paulo, onde os dados são atualizados mensalmente no site da prefeitura. Em Minas, apenas as estatísticas referentes a crimes não violentos, como furto, ficam disponíveis para consulta por meio da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) ou dos batalhões e delegacias das 18 Regiões Integradas de Segurança Pública (Risps) do Estado.
0

Governo de Minas confirma pagamento da segunda parcela do Prêmio de Produtividade

O valor será depositado na conta dos servidores estaduais nesta terça-feiraO Governo de Minas anunciou que vai depositar nesta terça-feira a segunda parcela do Prêmio por Produtividade. Ao todo, 397.381 servidores estaduais vão receber em suas contas o valor que corresponde a 85,37% do salário recebido em dezembro de 2010. A definição da parcela também depende da pontuação obtida pelas equipes no acordo de resultados. Segundo informações do governo, serão destinados mais de R$ 507 milhões.
A primeira parcela foi quitada no dia 30 de janeiro deste ano. No final de 2011, o governador Antônio Anastasia (PSDB) chegou a reconhecer que o estado estava com dificuldades para fazer o pagamento e que dependia “do desempenho da caixa nos últimos dois meses do ano”. Apesar disso, em dezembro houve a confirmação das duas datas para o depósito.
Em janeiro, Anastasia afirmou que o pagamento do prêmio incentiva o servidor a aprimorar a qualidade dos serviços prestados à sociedade. “Compromissos como o prêmio por produtividade são pilares da política de desenvolvimento. Somente honrando aquilo que foi assumido é possível cobrar o retorno. No caso do servidor mineiro, esse retorno não é ao estado, mas à sociedade”, disse.
O prêmio, criado em 2003, e é encarado pelo governo estadual como forma de medir o cumprimento das prioridades e estabelece quais compromissos devem ser entregues pelos órgãos e entidades da administração estadual. Conforme o governo, o pagamento do valor adicional está condicionado ao resultado fiscal positivo no ano anterior e à existência de recursos em caixa.
Com informações da Agência Minas e portal UAI
1

SBT( RJ) mostra manipulação da REDE GLOBO sobre greve de policiais

0

PM e Civil confirmam participação em paralisação geral dos servidores em março (PA)


As Polícias Civil e Militar da Paraíba confirmaram que vão participar da paralisação geral dos servidores públicos nos dias 14, 15 e 16 de março. O presidente do Sindfisco (Sindicato dos servidores fiscais), Victor Hugo afirmou que mais de 20 entidades irão se unir em torno dessa paralisação.
O presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba (Aspol), Sandro Bezerra, contou que está viajando pelo interior realizando assembléias nas nove regionais do Estado para levar o assunto para todos servidores da categoria. A Aspol representa os policiais agentes, escrivães e motoristas.
Sandro informou que as assembléias serão concluídas até o dia 1º de março, então será convocada uma reunião em João Pessoa para definir a posição dos Policiais Civis em relação à paralisação. “A tendência é aderir à paralisação, se o governo mantiver a intransigência, esse é o caminho que vamos tomar”, colocou.
O coronel Francisco, da Polícia Militar, confirmou que a categoria vai aderir à paralisação. Segundo o policial, o movimento é nacional, do setor de educação. “Mas várias categorias estão aderindo em apoio”, colocou.
A polícia militar ainda não definiu como será a participação na paralisação. O coronel informou que a categoria tem uma assembléia marcada para o dia 3 de março.

0

JORNAL MINEIRO MOSTRA INCOERÊNCIA, SEGUNDO A PM, NO CASO DO SGT RAFAEL DO GATE

domingo, 26 de fevereiro de 2012

1

Secretário de defesa social é atropelado

O secretário de Estado de Defesa Social, Lafayette Andrada, foi atropelado na última sexta-feira no Rio de Janeiro enquanto atravessava uma rua. Segundo uma fonte que preferiu não se identificar, o secretário e deputado estadual tucano teria sido arremessado no meio da pista por um carro de passeio. Ele fraturou uma perna.
A assessoria da Seds disse que o secretário passa bem após a cirurgia que teve que fazer.
Fonte: O TEMPO
1

POLICIAL CIVIL RENDE ASSALTANTE EM SUPERMERCADO

O policial civil Eugenio Geral Barroso baleou e rendeu o assaltante Lucas Gabriel dos Santos, de 18 anos enquanto fazia compras em um supermercado no bairro Silveira, região Noroeste da capital.

No momento do crime, Lucas reagiu e foi baleado na perna. Ele foi encaminhado para o Hospital Municipal Odilon Behrens. Segundo o soldado Rafael Leite, também foi apreendida uma arma de fogo calibre 22 com seis munições.

COM INFORMAÇÕES DA SALA DE IMPRENSA E
JORNAL HOJE EM DIA
1

Cantora Rita Lee deve ser processada por militares de Sergipe por danos morais

A cantora Rita Lee deve ser processada pela Associação dos Militares de Sergipe(AMESE). De acordo com informações oficiais, um dos advogados da AMESE afirmou que vai entrar com uma ação de danos morais contra a cantora que no dia 29 de janeiro fez o ultimo show de sua carreira na praia da Atalaia Nova, em Aracaju.
Segundo testemunhas, na ocasião, Rita Lee proferiu palavrões e teria xingado policiais que faziam a segurança no local. Ela foi intimada após o show e disse ao delegado ter agido por emoção.
De acordo com a polícia, o efetivo da noite do show contou com cerca de 110 policiais, nem todos associados, mas que podem entrar com ações independentes caso tenham se ofendido com a atitude da artista.
Conforme o advogado da AMESE, os policiais devem pedir R$ 20 mil cada pela ação da cantora, mas esse valor é usado como base, e cabe ao juiz que for julgar o processo estipular a quantia adequada a ser paga.
FONTE: O TEMPO

NOTÍCIAS RELACIONADAS NO BLOG





0

QUANTO VALE UM AMIGO DE VERDADE?

Um dia, quando eu era calouro na escola, vi um garoto de minha sala caminhando para casa depois da aula. Seu nome era Kyle. Parecia que ele estava carregando todos os seus livros. 
Eu pensei: "Por que alguém iria levar para casa todos os seus livros numa sexta-feira? Ele deve ser mesmo um C.D.F!"

O meu final de semana estava planejado (festas e um jogo de futebol com meus amigos sábado à tarde), então dei de ombros e segui o meu caminho. Conforme ia caminhando, vi um grupo de garotos correndo em direção a Kyle. Eles o atropelaram, arrancando todos os livros de seus braços, empurrando-o de forma que ele caiu no chão. Seus óculos voaram e eu os vi aterrissarem na grama há alguns metros de onde ele estava. Kyle ergueu o rosto e eu vi uma terrível tristeza em seus olhos. 

Meu coração penalizou-se! Corri até o colega, enquanto ele engatinhava procurando por seus óculos. Pude ver uma lágrima em seus olhos. Enquanto eu lhe entregava os óculos, disse: ‘Aqueles caras são uns idiotas! Eles realmente deviam arrumar uma vida própria’. Kyle olhou-me nos olhos e disse: ‘Hei, obrigado’! 

Havia um grande sorriso em sua face.. Era um daqueles sorrisos que realmente mostram gratidão. Eu o ajudei a apanhar seus livros e perguntei onde ele morava. Por coincidência ele morava perto da minha casa, mas não havíamos nos visto antes, porque ele frequentava uma escola particular. Conversamos por todo o caminho de volta para casa e eu carreguei seus livros. Ele se revelou um garoto bem legal. 

Perguntei se ele queria jogar futebol no sábado comigo e meus amigos. Ele disse que sim. Ficamos juntos por todo o final de semana e quanto mais eu conhecia Kyle, mais gostava dele. Meus amigos pensavam da mesma forma. 

Chegou a segunda-feira e lá estava o Kyle com aquela quantidade imensa de livros outra vez! Eu o parei e disse: ’Diabos, rapaz, você vai ficar realmente musculoso carregando essa pilha de livros assim todos os dias!’. Ele simplesmente riu e me entregou metade dos livros. Nos quatro anos seguintes, Kyle e eu nos tornamos mais amigos, mais unidos. Quando estávamos nos formando começamos a pensar em Faculdade. 

Kyle decidiu ir para Georgetown e eu para a Duke. Eu sabia que seríamos sempre amigos, que a distância nunca seria problema. Ele seria médico e eu ia tentar uma bolsa escolar no time de futebol. Kyle era o orador oficial de nossa turma. Eu o provocava o tempo todo sobre ele ser um C…D.F. 

Ele teve que preparar um discurso de formatura e eu estava super contente por não ser eu quem deveria subir no palanque e discursar. No dia da formatura Kyle estava ótimo. Era um daqueles caras que realmente se encontram durante a escola. 

Estava mais encorpado e realmente tinha uma boa aparência, mesmo usando óculos. Ele saía com mais garotas do que eu e todas as meninas o adoravam! Às vezes eu até ficava com inveja. 

Hoje era um daqueles dias. Eu podia ver o quanto ele estava nervoso sobre o discurso. Então, dei-lhe um tapinha nas costas e disse: ‘Ei, garotão, você vai se sair bem!’ Ele olhou para mim com aquele olhar de gratidão, sorriu e disse:
- ’Valeu’! 

Quando ele subiu no oratório, limpou a garganta e começou o discurso: 
‘A formatura é uma época para agradecermos àqueles que nos ajudaram durante estes anos duros. Seus pais, professores, irmãos, talvez até um treinador, mas principalmente aos seus amigos. Eu estou aqui para lhes dizer que ser um amigo para alguém, é o melhor presente que você pode lhes dar. Vou contar-lhes uma história:’ 

Eu olhei para o meu amigo sem conseguir acreditar enquanto ele contava a história sobre o primeiro dia em que nos conhecemos. Ele havia planejado se matar naquele final de semana! Contou a todos como havia esvaziado seu armário na escola, para que sua mãe não tivesse que fazer isso depois que ele morresse e estava levando todas as suas coisas para casa. 

Ele olhou diretamente nos meus olhos e deu um pequeno sorriso. ‘Felizmente, meu amigo me salvou de fazer algo inominável!’ Eu observava o nó na garganta de todos na platéia enquanto aquele rapaz popular e bonito contava a todos sobre aquele seu momento de fraqueza. 

Vi sua mãe e seu pai olhando para mim e sorrindo com a mesma gratidão. Até aquele momento eu jamais havia me dado conta da profundidade do sorriso que ele me deu naquele dia. 

Nunca subestime o poder de suas ações. Com um pequeno gesto você pode mudar a vida de uma pessoa. Para melhor ou para pior. Deus nos coloca na vida dos outros para que tenhamos um impacto, uns sobre o outro de alguma forma. 
Procure o bem nos outros!
 

sábado, 25 de fevereiro de 2012

0

UM ANO DO FALECIMENTO DO CABO FÁBIO DA ROTAM

BLOG DA RENATA

RELEMBRE OS FATOS

 
0

Homem sofre ataque cardíaco durante perseguição com a PM em Conceição do Pará

Um homem de 30 anos morreu no final da tarde de sexta-feira quando tentava fugir da polícia em Conceição do Pará, no Centro-Oeste de Minas. A suspeita é que, durante a perseguição, ele teve um ataque cardíaco. O corpo de Maurício Jorge da Silva foi encontrado pela PM caído, próximo ao veículo em que ele e os comparsas estavam.
Segundo informações da Polícia Militar, Maurício e outros dois homens haviam assaltado uma padaria no Centro de Pitangui. Eles estavam armados com um revólver calibre 38 e roubaram R$ 300 que estava no caixa do estabelecimento. Em seguida, os bandidos fugiram pela BR 353, seguindo sentido Conceição do Pará.
Policias de Pitangui acionaram a PM daquela cidade. Uma viatura que estava rodeando a região encontrou os bandidos quando eles estavam na MG 423. Para tentar fugir da PM, os assaltantes entraram em uma estrada vicinal, próximo ao quilômetro 4 da rodovia. Durante a perseguição, os bandidos bateram o carro em um barranco. O veículo chegou a funcionar após a batida, mas parou alguns metros à frente.
Os três homens chegaram a fazer 4 disparos contra os policiais e fugiram a pé. A PM encontrou Maurício caído próximo ao carro em que ele e os comparas estavam. O bandido já estava morto.
O corpo foi encaminhado para o IML de Bom Despacho. A suspeita é que Maurício teve uma parada cardíaca quando tentava escapar da PM. Os outros dois bandidos não foram localizados.
FONTE: UAI

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

1

EM CARTA DIVULGADA À IMPRENSA, A ASSOCIAÇÃO QUE PROMOVEU A GREVE POLICIAL NA BAHIA DIZ TER SIDO ENGANADA PELO GOVERNO 'MAIS UMA VEZ'

A Associação de Policiais, Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra), entidade que liderou o motim da Polícia Militar em meados de fevereiro, divulgou uma carta aberta à imprensa supostamente assinada pelas mães, esposas, viúvas, filhos e familiares de policiais e bombeiros. Intitulada "Dignidade humana para quem faz segurança pública na Bahia", a carta exige "de imediato" a anistia aos policiais grevistas e a abertura de processo legal "com ampla defesa e contraditório".
Na carta, a Aspra critica a maneira como o governo e o Exército agiram durante a ocupação da Assembleia Legislativa da Bahia e diz que o prometido pelo governo antes do fim da greve não está sendo cumprido.
"O verdadeiro horror começou após o acordo que pôs fim ao movimento. A anistia administrativa, amplamente divulgada pelo governo e comando geral, não está sendo cumprida e dezenas dos nossos familiares estão sendo presos sumariamente sem direito a ampla defesa (...). Mais uma vez acreditamos neste governo e comando e fomos enganados!", diz a carta.
Os assinantes do documento ainda reclamam da falta de voz da polícia ante o governo e diz que o motim policial não foi exclusivamente para pedir melhorias salariais. "A grande reivindicação foi pelo cumprimento de uma Lei Estadual '7.145/97'".
FONTE: BAHIA 247

LEIA TAMBÉM


Daciolo durante uma das negociações para o fim da greve dos bombeiros, em 2011, no Rio (Foto: Lilian Quaino/ G1)Cabo Daciolo é solto no Rio
Ele era o último militar preso por participar de movimento grevista. Habeas corpus revogou prisão decretada pela Auditoria Militar.
CONTINUE LENDO NO G1
0

Ação dos militares do 45º BPM recebe elogio em jornal da cidade

PARACATU - Ação da PM recebe elogio em jornalPoliciais militares do 45º Batalhão (Paracatu) receberam elogios de uma família que sofreu um assalto em seu estabelecimento comercial. Os PMs agiram rápido, prenderam os assaltantes e recuperaram os produtos roubados. Os agradecimentos aos policiais foram publicados no jornal O Movimento, da cidade.
Três assaltantes armados com revólveres calibre .32, sendo dois homens e um adolescente, invadiram o comércio e ameaçaram funcionários a família do dono. O trio tentou fugir, mas acabou sendo detido. Foram recuperados dinheiro e mercadorias roubadas.
Familiares e funcionários agradeceram ao Capitão Carlaid, que comandou a operação; ao Tenente Cheloni; da Rocca, a Patrulha de Prevenção Ativa, comandada pelo Sargento Lopes e demais militares da unidade.
"Agradeço a todos de coração e parabenizo a Polícia Militar pelo bom trabalho que vem realizando em Paracatu. Ações como essas é que nos fazem sentir cada vez mais protegidos", agradece Fiinho, dono do comércio.
FONTE: PMMG
0

Marido confessa que matou esposa policial militar para receber pensão vitalícia (DF)

Rodrigo Vieira, marido da policial militar assassinada na última sexta-feira, confessou à polícia que foi o mandante do assassinato. De acordo com o delegado-chefe da 38ª Delegacia de Polícia, Gerardo Carmeiro, Rodrigo Policarpo Vieira, 33, teria planejado a morte da mulher para receber a pensão vitalícia a qual teria direito e tomar posse dos bens dela. Ele foi baleado durante crime, na região do tórax, para tentar evitar suspeitas.
A polícia desconfiou já que Márcia Helena Policarpo de Sousa, 33 anos, foi baleada em locais vitais, como na cabeça e no peito, e o companheiro ficou ferido apenas no tórax, próximo ao ombro. A certeza da participação do marido da vítima foi dada após a prisão do executor do crime, Adério da Silva Dias, 26 anos e do irmão de Rodrigo, Francisco Milton Vieira, 27. Os dois confessaram o plano, mas negam ter atirado. Francisco diz que Adério atirou no casal e Adério diz que Francisco foi o responsável pelos disparos.
De acordo com Rodrigo, o companheiro estava ao lado de Márcia na hora do assassinato. "Quando a gente ajoelhou, eu ouvi o estopim de dois tiros. Aí, eu percebi que minha esposa se debruçou. Quando eu virei, na hora em que eu ia levantar, ele me deu um tiro pela frente".
O delegado contou como foi a linha de investigação. "Após a desconfiança, nossa preocupação passou a ser a descoberta dos executores. A gente já imaginava que o autor intelectual era o marido", afirmou.
Rodrigo seria encaminhado nesta manhã para prestar depoimento, mas ao apresentar problemas de saúde, a conversa foi adiada para esta tarde. Até o fechamento desta reportagem, o mandante ainda não havia sido liberado do Hospital Anchieta, em Taguatinga, onde está internado desde o crime.
Relembre o caso
Márcia Helena foi assassinada às 6h30 de sexta-feira (17/2) dentro de casa na Vila São José, perto do Taguaparque. O executor fugiu com o carro da vítima, um Fox prata, que foi localizado em uma quadra próxima, em frente à chácara 292. Vizinhos disseram que a policial estaria recebendo ameaças nos últimos dias e que ela tinha comentado sobre pessoas rondando a sua residência. Márcia e o marido estavam casados há 10 anos e não tinham filhos.
FONTE: UAI/ASCOBOM/BLOG DA RENATA
0

DADOS SOBRE VIOLÊNCIA NO ESTADO JÁ ESTÃO SENDO DIVULGADOS

Dados foram publicados no Jornal Hoje em Dia desta sexta-feira (24/02) sob o título Guerra pelo poder pode ter motivado chacina em Vespasiano
5

Deputado em Minas quer aumentar tempo de serviço militar

Se projeto de deputado do PDT for levado à frente , oficiais da PM passariam a se aposentar após 35 anos na ativa. Para colega de partido, proposta cairá como "bomba" no meio militar 
Depende da assinatura de 25 dos 77 deputados estaduais o início da tramitação na Assembleia Legislativa de uma proposta de emenda constitucional (PEC) que aumenta de 30 para 35 anos o tempo de serviço para aposentadoria de oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros em Minas Gerais. Na categoria estão incluídos segundo e primeiro-tenentes, capitães, majores, tenentes-coronéis e coronéis. A mudança, se aprovada, vale somente para os aprovados nos próximos concursos públicos para ascensão na carreira. As regras para os praças, que hoje também vão para a reserva com 30 anos de trabalho, seguem inalteradas, conforme a PEC.
O autor do texto, Alencar da Silveira Júnior (PDT), que iniciou ontem articulações para recolher as 25 assinaturas restantes – de um total de 26 previstas pelo Regimento do Poder Legislativo de Minas –, afirma que o tratamento a oficiais e praças não pode ser o mesmo. "Os soldados estão nas ruas e trabalham muito", argumenta o parlamentar. Caso passe à fase de apreciação dos parlamentares, o texto precisará do voto de 48 dos 77 deputados para ser aprovada em plenário. No final da tarde de ontem, Alencar garantia ter conseguido o apoio de outros quatro parlamentares ao texto. Conforme as contas do deputado, oficiais da PM hoje chegam a se aposentar com 48 anos. 
Na justificativa para apresentação da PEC, o deputado pontua que, conforme a Constituição Federal, a "transferência de militar para a inatividade deve ser objeto de lei estadual específica, de iniciativa privativa do chefe do poder Executivo". Argumenta, no entanto, que "nada impede que os princípios gerais que regulamentam a transferência militar para a inatividade sejam tratados em sede constitucional, como acontece com os servidores civis, o que possibilita a iniciativa parlamentar nessa seara".
CONTINUE LENDO NO UAI
0

RECLAMAÇÕES DE MILITARES SURTIRAM EFEITO: IMPOSTO DE RENDA DESCONTADO NO PRÊMIO POR PRODUTIVIDADE FOI REVISTO

MENSAGEM ENVIADA EM 23/02 - INTRANET
Informo a V. Sa. que, após auditagem dos valores pagos pelo prêmio produtividade referente ao ano de 2011, constatou-se que o desconto do Imposto de Renda foi superior ao previsto conforme Instrução Normativa da Receita Federal do Brasil n. 1127, de 07/02/11, uma vez que o prêmio produtividade se enquadra na modalidade Rendimentos Recebidos Acumuladamente (RRA), previsto no artigo 2º que assim assevera: 


Art. 2º - Os RRA, a partir de 28 de julho de 2010, relativo a anos-calendários anteriores ao do recebimento serão tributados exclusivamente na fonte, no mês do recebimento ou crédito, em separado dos demais rendimentos recebidos no mês, ...? 

Diante do exposto foi recalculado o Imposto de Renda referente ao prêmio produtividade, sendo o valor descontado a maior reembolsado junto ao vencimento de fevereiro, a ser recebido no 5º dia útil de março. A segunda parcela do prêmio produtividade, com pagamento previsto para o dia 28/02/2012, já esta correta. 

As alterações podem ser confirmadas nos demonstrativos postados na Intranet.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

11

VIROU MODA ARTISTA XINGAR PM

Não bastasse o cantor e compositor Carlinhos Brown ter chamado um policial militar de “imbecil” durante o Carnaval de Salvador, segundo noticiou a imprensa, a cantora Daniela Mercury fez um discurso duro contra a Polícia Militar: “Vocês são funcionários públicos, orgulhosamente públicos, como todos os funcionários públicos brasileiros, que tem que dar o exemplo, não tem que esperar os governantes nem os gestores públicos. Têm que ser éticos, honestos, ocuparem os espaços de vocês, não ficarem inventando cargos fantasmas, roubando o país. A gente não quer mais corrupção, a gente não aceita mais um país de ladrões, quaisquer que sejam – de sua população ou de seus governantes” (sic). Parece que a cantora debita na conta dos policiais os problemas que vivemos na segurança pública, logo no momento em que a motivação e a auto estima dos PM’s precisam ser retomadas. É legítimo reivindicar melhorias, mas generalizações e acusações verborrágicas só fazem fortalecer o ambiente de insatisfação. Preferiria ficar ouvindo apenas o bom samba reggae ao fundo das palavras da cantora. 
FONTE: ABORDAGEM POLICIAL



Relembre

RETA LEE CHAMA MILITARES DE "CACHORROS" E PEDE BASEADO

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

0

"O DIA EM QUE A POLÍCIA PAROU": VEM AÍ A 4ª EDIÇÃO

AGUARDE! 4ª EDIÇÃO EM BREVE!!!


terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

0

Por erro de digitação, líder dos bombeiros grevistas continua preso no Rio


O cabo Benevenuto Daciolo, um dos principais líderes dos bombeiros grevistas no Rio de Janeiro, continua preso após ter habeas corpus concedido no último domingo (19). Por conta de um erro de digitação no processo de seu alvará, o cabo permaneceu preso desde então.
Segundo a assessoria do plantão judiciário do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), um novo habeas corpus lhe foi negado pelo desembargador Fernando Cerqueira Chagas. “Não cabe ao juízo plantonista rever decisão já proferida em caso judicializado perante a 1° Câmara Criminal. Sendo assim, indefiro a concessão da liminar”, declarou o desembargador em sua resolução.
O cabo Benevenuto Daciolo, um dos principais líderes dos bombeiros grevistas no Rio de Janeiro, continua preso após ter habeas corpus concedido no último domingo (19). Por conta de um erro de digitação no processo de seu alvará, o cabo permaneceu preso desde então.
Segundo a assessoria do plantão judiciário do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), um novo habeas corpus lhe foi negado pelo desembargador Fernando Cerqueira Chagas. “Não cabe ao juízo plantonista rever decisão já proferida em caso judicializado perante a 1° Câmara Criminal. Sendo assim, indefiro a concessão da liminar”, declarou o desembargador em sua resolução.
CONTINUE LENDO NO UOL


segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

0

TJ-RJ concede Habeas Corpus a policiais e bombeiros


O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro concedeu Habeas Corpus a 11 policiais militares e 12 bombeiros envolvidos na greve da categoria das últimas semanas. A paralisação foi iniciada no dia 9 de fevereiro e suspensa na segunda-feira (13/2). As informações são do portal UOL.
Responsável pelo plantão no TJ do Rio, o desembargador Adolpho Andrade foi o responsável pelos HCs. Ainda há outros dez bombeiros aguardando alvará de soltura. Entre os beneficiados está o líder do movimento grevista, cabo Beneveluto Daciolo.
Os 11 policiais foram presos um depois do anúncio do início da greve. O movimento grevista do Rio reivindicava melhores salários e a aprovação da PEC 300 – proposta de emenda a constituição que estabelece um piso nacional para os servidores da segurança pública.
FONTE: CONJUR
0

Veja quem é o "Faca na Boca" chamado Rodrigo Pimentel

Exclusivo! Conheçam o passado que envergonha Rodrigo Pimentel  - Descubram porque ele defende Cabral 

À beira da Lagoa onde vive confortavelmente, Pimentel,
 algoz dos colegas, parece estar pensando:
"Ah se soubessem do meu passado" 
O capitão Rodrigo Pimentel se diz especialista em segurança pública, vende a imagem de que foi um policial corajoso que enfrentava bandidos e que deixou a PM por não concordar com as coisas erradas que aconteciam. Mas tudo não passa de uma grande farsa. Para começar como poderão ver abaixo, ele entende muito é de segurança privada. Quanto ao destemido policial vocês vão descobrir que na verdade Pimentel é uma vergonha para a tropa. 
Porta-voz do governador Sérgio Cabral na TV Globo, Rodrigo Pimentel adora posar de vestal e guardião da moralidade. Pimentel disse que o cabo Daciolo e seus colegas dos bombeiros e da Polícia Militar, inclusive o coronel Paúl, deveriam ficar presos em Bangu 1. Mas agora vocês vão saber quem é Rodrigo Pimentel. Um covarde, aproveitador e hipócrita. 
Saiu da PM depois que ao comandar uma operação entrou em pânico e urinou nas calças. O ex-comandante do BOPE, coronel Venâncio Moura teve que substituí-lo no meio da operação por um sargento que tomou a frente e salvou a guarnição. Todos no BOPE conhecem essa história lembrada como um exemplo de covardia e desonra para a unidade de elite. 
Isso ninguém sabe do comentarista da TV Globo. Mas se vocês pensam que Rodrigo Pimentel é somente um covarde vão agora conhecer outro lado dele. 
Transferido para o 29º batalhão, em Itaperuna, desmoralizado porque sua história correu a corporação, decidiu que era hora de deixar a Polícia Militar. Além do mais não se conformava em deixar de morar na Zona Sul, onde sempre viveu, desde que seu pai general foi morar na Urca. 
Correu atrás de uma reforma por invalidez alegando que ficou surdo trabalhando na PM. Prestem atenção no laudo abaixo. Perceberão que o laudo aponta o perfil áudio-métrico de normalidade. Mesmo assim, aos 29 anos, o capitão Pimentel foi reformado por invalidez definitiva para o trabalho, com proventos proporcionais ao tempo de serviço.
Documentos oficiais da Polícia Militar
Mas o “corajoso” capitão Rodrigo Pimentel queria receber o salário integral de capitão sem trabalhar pelo resto da vida, repito, aos 29 anos. Para isso comprou um laudo de um médico particular e conseguiu ficar ganhando como se estivesse na ativa. Recebendo inclusive mais um adicional por invalidez. 
Decisão judicial 

Bem, os senhores já viram Rodrigo Pimentel na televisão, ele não parece nada surdo, aliás, ele já apareceu até entrando ao vivo, dentro de um helicóptero com motor ligado e respondeu imediatamente a pergunta do apresentador com todo aquele barulho. Rodrigo Pimentel quando lhe convém escuta muito bem. 
O hipócrita Rodrigo Pimentel, comentarista da TV Globo pode se dar ao luxo de criticar os seus colegas que lutam por melhores salários, já que além de receber o salário integral de capitão da PM (com adicional por invalidez), mais o dinheiro da TV Globo, é sócio em uma empresa de segurança privada e tem participação nos negócios de outra, conforme poderão ver nos documentos abaixo. A R & R Pimentel Consultoria em Segurança Limitada, tem ele e sua mulher Rosele como sócios, além disso tem participação na empresa Sunset Vigilância e Segurança Limitada. Um detalhe muito importante para vocês entenderem por que o “bravo” comentarista da TV Globo elogia tanto Cabral. Em uma dessas empresas ele trabalha com o Major Filipe que vem a ser o chefe da segurança pessoal de Sérgio Cabral. Agora dá para entender porque prefere elogiar Cabral e ficar contra seus colegas. 
Documento oficial

FONTE: BLOG DO GAROTINHO

sábado, 18 de fevereiro de 2012

0

AÇÃO NA CRACOLÂNDIA LEVA ALIMENTOS E ESPERANÇA PARA OS DEPENDENTES QUÍMICOS

CABO JÚLIO oferece tratamento para dependente
químico na cracolândia em BH
CABO JÚLIO e os internos do Projeto Restaurando Vidas entregam alimentos e tentam resgatar homens da dependência química na Pedreira Prado Lopes em BH
No primeiro dia em que milhares de pessoas começam a se divertir no feriado prologando de carnaval, o Vereador CABO JÚLIO escolheu a tarde deste sábado (18/02) para levar alimentos, conforto e esperança para as centenas de pessoas que vivem nos arredores da comunidade da Pedreira Prado Lopes, conhecida como cracolândia, na região Noroeste de Belo Horizonte. 
Contando com o apoio dos internos do Projeto Restaurando Vidas, centro de recuperação que atende dependentes químicos, há 12 anos, cerca de 30 pessoas  percorreram com CABO JÚLIO as imediações oferecendo tratamento para os dependentes. "Não temos como levá-los a força, mas damos um pouco de esperança e mostramos que há pessoas que se preocupam com eles", contou. 

J.M., de 28 anos, decidiu se tratar após
abordagem do CABO JÚLIO
Durante o percurso, o usuário de crack, J.M. de 28 anos, aceitou ajuda para se tratar. O dependente disse que não aguentava mais aquela vida. Ele almoçou e seguiu junto com os outros internos para o centro de recuperação. A missão também contou com o apoio da TV Câmara.
Desafios
Para CABO JÚLIO a iniciativa é um desafio. "Muitos dependentes não acreditam que possam se desligar da dependência, mas, oferecemos, além de acompanhamento psicológico, tratamento espiritual, mostrando que a palavra de Deus é mais forte que qualquer vício", relata. 
Além da resistência, muitas pessoas foram impedidas de chegar próximo ao local de distribuição dos alimentos. Traficantes da região ameaçaram os dependentes químicos que buscavam ajuda.
Mesmo com o contratempo, para o Vereador CABO JÚLIO, o sábado foi mais que especial. "Conseguimos resgatar uma vida, e isso já valeu demais", concluiu.
Críticas
Desde o início dos trabalhos na Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH) o Vereador CABO JÚLIO tem feito duras críticas à politica de tratamento da prefeitura, para atender os dependentes químicos. Ele critica o fato de que a capital não conta com centros de recuperação para levar os dependentes que querem se tratar.  Para o Vereador, é um absurdo BH não ter uma secretaria antidrogas. Clique aqui para assistir ao vídeo  

Projeto Restaurando Vidas comemora
este ano 12 anos
Projeto Restaurando Vidas
O Centro de Recuperação Projeto Restaurando Vidas é uma unidade terapêutica localizada em Sarzedo, região metropolitana de Belo Horizonte, que abriga jovens e adultos viciados em drogas e álcool. 
Este ano o Projeto comemora 12 anos de ação social e regaste da cidadania de homens que tiveram suas vidas dominadas pelo vício. Idealizado e presidido pelo Pastor e Vereador CABO JÚLIO, desde sua inauguração até hoje, quase mil internos já passaram pelo centro de recuperação.


GALERIA DE FOTOS










sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

0

SÁBADO NA CRACOLÂNDIA - AJUDE A SALVAR UMA VIDA. CONVOCAÇÃO PARA ESTE EXÉRCITO NO SÁBADO.

Todos sabemos que às margens da Pedreira Padro Lopes existem centenas de jovens que fazem uso de drogas, principalmente, de crack e a luz do dia. Sabemos também que não adianta prendê-los, pois, logo após, já estão lá de novo. Essas pessoas precisam de tratamento.
No sábado de carnaval, eu estarei junto com os alunos de nosso centro de recuperação (Projeto Restaurando Vidas) fazendo um evangelismo naquele local.
Levaremos comida para atrair a atenção deles e faremos um culto na cracolândia.
Nossa meta é conseguir tirar algumas pessoas da cracolândia e levar para nosso Centro de Recuperação em Ibirité.
Precisamos de sua oração e sua ajuda, pois o local é perigoso.
Se você desejar participar conosco, o local de concentração será na porta do DI ao meio-dia.
"Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento e ao teu próximo como a ti mesmo".(Lucas 10.27)
Gostaria que muitos colegas cristãos participassem conosco indo ao local, orando, jejuando e nos ajudando na segurança

Local: margens da Pedreira Padro Lopes
Data: sábado - 18 de fevereiro
Concentração: Porta do DI ao meio dia
Para mais informações: Cabo Julio 8422-1510

1

GOVERNO RECUA E IRÁ DIVULGAR DADOS

Secretário Lafayette Andrada (ao centro) disse que 
ordem aos batalhões foi "mal interpretada"
ANGELO PETTINATI
A repercussão da reportagem, publicada com exclusividade por O TEMPO, ontem, sobre a ordem da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) para que batalhões da Polícia Militar filtrassem os dados de criminalidade repassados à imprensa fez com que o governador Antonio Anastasia determinasse a revogação do memorando 5008.2/2012. O documento, elaborado no último dia 11 de janeiro e distribuído com novas orientações aos batalhões, anteontem, estabelecia que as estatísticas de violência no Estado só poderiam chegar ao conhecimento público desde que previamente analisadas pelo comando da segurança pública em Minas.
Em nota, a Secretaria de Estado de Governo (Segov) prometeu retomar, no próximo dia 27, a divulgação mensal de boletins sobre criminalidade violenta em Minas com a liberação de dados referentes a 2011.
A partir de agora, diz o comunicado, as estatísticas de homicídios, homicídios tentados, estupros, roubos e roubos à mão armada serão divulgadas mensalmente. Desde 2010, o governo não tornava pública qualquer estatística sobre criminalidade no Estado.
Pela manhã, o secretário de Estado de Defesa Social, Lafayette Andrada, admitiu, em entrevista à imprensa, que houve aumento da criminalidade, de 2010 para 2011. "Recentemente os jornais vêm veiculando de maneira oficiosa um aumento da criminalidade em Minas Gerais em 2011. Nós queremos confirmar que houve esse aumento e os dados serão divulgados".
Acompanhado de integrantes das cúpulas das polícias Civil e Militar, Andrada fez as declarações em resposta à matéria de O TEMPO. O secretário, no entanto, havia dito que nada mudaria em relação às ordens de filtragem das informações liberadas à imprensa. Ele justificou que a centralização dos índices era uma forma de "evitar a divulgação de dados equivocados à imprensa".
Andrada considerou que houve "uma interpretação equivocada" do documento. "A determinação do memorando era para que não fosse feita a divulgação dos dados antes da compilação da Secretaria de Defesa Social". Especialistas consideraram a manobra uma forma de esconder estatísticas desfavoráveis ao governo.
Manobra é confirmada
A denúncia de que policiais civis e militares estão sendo coagidos a “maquiarem” dados de violência em Minas foi confirmada ontem por integrantes das duas corporações. Sem revelar os nomes com medo de represálias, duas fontes deram detalhes e provas de como a manobra ocorre. A reportagem teve acesso a três boletins de ocorrência nos quais os relatos das vítimas sobre roubos à mão armada foram classificados como extorsão antes de serem incluídos no banco de dados do sistema de estatísticas do governo. Em um dos boletins, a funcionária de uma lanchonete na região Centro-Sul conta que foi assaltada por um homem armado que invadiu o estabelecimento e levou o dinheiro do caixa. O fato, ocorrido em outubro, foi registrado como extorsão. “Esse era um nítido caso de roubo, muito conhecido pela população. Já a extorsão é constranger alguém por meio de ameaça ou violência para se obter uma vantagem”, explicou o advogado Adilson Rocha. Um policial revela que delegados e comandantes da PM são obrigados a se reunir a cada dois meses para fazer “um acordo de resultados”. (Ricardo Vasconcellos)
FONTE: O TEMPO
 

BLOG OFICIAL DO CABO JÚLIO Copyright © 2011 - |- Template created by O Pregador - |- Powered by Blogger Templates