O que você procura?

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

CONTINUAM OS ATAQUES DE UM CANDIDATO CONTRA O CABO JÚLIO

Um certo candidato a Deputado Estadual que parece estar desesperado com o crescimento de minha candidatura passou a colocar nos grupos de Whatsapp cópia de um processo contra mim no STF onde foram ouvidos como testemunhas os ex governador e vice-governador de Minas durante a greve de 1997.

Em respeito aos meus amigos faço algumas considerações:

Após minha eleição como Deputado Federal e ter sido o Deputado mais votado de Minas Gerais, negociei com o Candidato Itamar Franco a anistia aos militares que foram excluídos em fase da greve de 1997.

Porém ainda haviam os IPMs que tramitavam na Justiça Militar.

De igual forma interferi junto ao Procurador Geral de Justiça a época e o Ministério Público Estadual não ofereceu denúncia contra os quase 2 mil Policiais Militares indiciados por crime de Motim cuja a pena no Código Penal Militar no artigo 149 paragrafo único é de 8 (oito) a 20 (vinte) anos de reclusão. Assim os Inquéritos em Minas Gerais foram arquivados.

Em razão de ter sido eleito Deputado Federal o meu processo se diferenciou de todos e não tive o processo arquivado, pois o oferecimento da denúncia neste caso ficou a cargo do Ministério Público Federal e o processo teve o CURSO NORMAL SOMENTE PARA MIM, tendo todos os militares inclusive os dois Deputados Estaduais a época tido seu processo ARQUIVADO.

Durante o processo nossa defesa estrategicamente indicou para testemunha o Governador de Estado Eduardo Azeredo e o Vice-governador Walfrido dos Mares Guia, onde nosso advogado fez uma única pergunta: “...as testemunhas sabem dizer se o acusado (CABO JULIO) foi o causador da greve de 1997”. Tendo as testemunhas dito em juízo que não.

Como advogado é comum arrolarmos como testemunha no processo criminal a autoridade que no processo administrativo solucionou pela demissão a fim de que possamos desqualificar a acusação.

Após sair do mandato de Deputado Federal o processo foi baixado para a 1ª instancia, ou seja a Justiça Militar onde eu fui o ÚNICO militar julgado pela greve com a seguinte acusação:

ACUSAÇÃO: TER SIDO O PRINCIPAL LÍDER DA GREVE DE 1997

ACUSADOR: MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL

CRIME: REVOLTA artigo 149 Parágrafo único do Código Penal Militar Brasileiro

PENA: 8 a 20 anos de reclusão aumentada de mais 1/3

Em julgamento na Justiça Militar eu fui ABSOLVIDO do crimes por unanimidade, tendo o juiz dito em sua sentença que quem teria que estar sendo julgado era o Governo do Estado e não o acusado.

Lamentavelmente tem um candidato tão desesperado que em vez de discutir propostas, a cada dia passa a denegrir minha imagem, seja no campo moral, profissional, pessoal e até familiar.

A greve de 1997 foi um marco na Polícia Militar. Existem duas Policias, uma antes de 1997 e outra depois. O que lutamos naquela época e me fez ser processado foi a busca de dignidade para a toda a tropa, desde o Soldado até o Coronel.

Eu não vou entrar neste jogo sujo de denegrir na imagem de quem quer que seja, os eleitores não merecem isso. Em minha vida politica eu enfrentei governo e governadores, fui oposição para lutar pelos interesses da minha classe. Não será um candidato desesperado que vai me calar.

Mas, eu respeito ao meu eleitor e respeito a minha família ficam estas breves considerações.

Deputado Estadual CABO JULIO
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

10 comentários:

Anônimo disse...

Caro Deputado Cabo Júlio!
A família Policial Militar Mineira só tem a te agradecer pelas conquistas. Neste momento estamos te apoiando porque te conhecemos. Assim, gostaríamos também de conhecer esse outro candidato, para que assim, possamos evitar que pessoas de nossos relacionamentos não votem no infeliz.

Anônimo disse...

Trata-se do Dep. Sgt Rodrigues, quando ele passou na nossa Fração, ficou cerca de uma hora discursando e desse tempo, cerca de 50 minutos foram falando mal do Dep. Cb Júlio, motivo esse que nos fez pensar em uma coisa que o próprio Sgt Rodrigues disse: "não dividam os votos", desde então todos os militares da Fração passaram a apoiar o Cb Júlio.

Anônimo disse...

Que isso Cabo Julio estamos com o Sr., conhecemos o seu trabalho e a sua dignidade, não serão comentários idiotas que irá manchar a sua imagem, e o que o Sr. construiu ao longos de todos esses anos. Fique tranquilo nós policiais estamos com o Sr. Um abraço

airton disse...

Fechado com o senhor!!!

Anônimo disse...

BOA NOITE; Sr DEP JULIO, VSSA PESSOA EMPREGOU SUA CONFIANÇA NESTE IRMÃO DE FARDA E HOJÉ ELE DEMONSTRA TAMANHA TRAIRAGEM OU MELHOR SAFADESA A SUA PESSOA; ENGANA-SE NÃO FOSSE A SUA CONDULTA, ESTE NUNCA OCUPARIA CARGO POLITICO. EM MEU VER ESTE POLITICO QUER FAZER MEDIA EM CIMA DE PESSOAS INOCENTES, MAS A MIM ESTE NÃO HAVERÁ DE ME ENGANAR, POIS GOSTO DESTE MOÇO IGUAL O CAPETA GOSTA DA CRUZ. SE DEPENDER DE MIM E DA MINHA FAMILIA ESTE MOÇO JÁ SE FAZIA PRESENTE PESCANDO NO RIO TIETÉ (PESCANDO MERDA)TRAIU A SUA PESSOA E TODA TROPA.....

SGT ANDRADE disse...

INFELIZMENTE NO ANO DE 2006 O NOSSO DIGNÍSSIMO SGT RODRIGUES, ESTEVE NO 14ºBPM E ME DISSE COM TODAS AS LETRAS ANTES DE UMA CHAMADA PRÉ-TURNO DE QUE ERA CONTRÁRIO A PROMOÇÃO DOS CABOS SE FORMAREM SARGENTOS ATRAVÉS DO "CEFS", NA ÉPOCA FIQUEI PENSANDO O POR QUE? MAS IMAGINEI QUE DEVERIA SER PORQUE ELE JÁ ERA SARGENTO E DEVIDO A VAIDADE NÃO QUERIA QUE TANTAS PESSOAS CHEGASSEM COM ALGUMA "FACILIDADE" A SUA GRADUAÇÃO. NA ÉPOCA DA GREVE QUEM ESTAVA AO LADO DO NOSSO "MÁRTIR" (CABO VALÉRIO) ERA O CABO JÚLIO, QUE CORRIA O RISCO DE SER EXPULSO DA CORPORAÇÃO E PRESO SEM GARANTIA ALGUMA. NO ÚLTIMO ACORDO DE REAJUSTE SALARIAL FEITO SOB PRESSÃO DA LIDERANÇA E DOS MILITARES PRESENTES (A MAIORIA DO INTERIOR), QUEM ESTAVA PRESENTE VIU O NOSSO SGT RODRIGUES(QUE ESTAVA DEBAIXO DO BRAÇO DO GOVERNADOR)INEXPRESSIVO, SENTADO NA PARTE DE TRÁS DO PALANQUE LÁ NA QUADRA ANEXA AO CLUBE DOS OFICIAIS NO BAIRRO PRADO, ENQUANTO O CABO JÚLIO QUE NA ÉPOCA AINDA ERA VEREADOR EM BELO HORIZONTE, CONDUZINDO E BEM AS NEGOCIAÇÕES JUNTAMENTE COM O CABO COELHO, ONDE AOS TRANCOS E BARRANCOS CONSEGUIMOS ESTE AUMENTO SALARIAL PARCELADO, ENTÃO CAROS COMPANHEIROS NÃO VAMOS FICAR DEITADOS EM BERÇO ESPLÊNDIDO, POIS SÓ TEMOS MAIS DUAS PARCELAS DO REAJUSTE PARA RECEBERMOS E APENAS UM REPRESENTANTE CLASSISTA DE FATO NA ESFERA ESTADUAL.

Anônimo disse...

Nobre Deputado estamos e sempre estaremos ao lado do Sr. que foi o precursor de uma nova PMMG,onde temos dignidade, respeito e não mais precisamos ter vergonha de dizer ao vendedor da loja "sou Policial Militar" a sua postura com ética e transparência só o dignifica mais,identificando como um verdadeiro líder, no dia 05/10/2014 15190 estadual e 7010 Coelho Federal, não se preocupe a tropa conhece o seu guardião...

Anônimo disse...

DE MANEIRA ALGUMA VÃO ME CONVENCER A MUDAR MEU VOTO, CB JULIO PODE CONTAR COM TODA MINHA FAMÍLIA POIS O SANGUE DO MILICIANO ESTAVA COBRINDO SUAS MÃOS NAQUELE DIA FATÍDICO DE 97, JAMAIS ESQUECEREI QUEM ESTAVA DO LADO DO CB VALÉRIO.ARRISCANDO SER MORTO PARA DEFENDER NOSSA CLASSE, SOU SEU ELEITOR DE PRESIDENTE DE BAIRRO ATE PAPA , OLHA QUE SOU DO INTERIOR , SOMOS SERES HUMANOS PERFEITO SO Jesus e olha o que fizemos com ele.

Anônimo disse...

Sr.Cabo Júlio,conforme foi dito,esse Deputado e candidato à reeleição, SGT Rodrigues , quando esteve aqui na cidade de Muriaé , só se preocupou em falar mal de Vossa Senhoria , não tendo a moral para dizer vosso nome,e sim dizendo o outro.Estamos juntos.

Anônimo disse...

Esse mesmo deputado que anda falando mal, também quando nós revindicamos algo,vive dizendo que a vida nossa é só reclamar de barriga cheia, além de ser mal educado, graças a Deus eu e minha família mudamos nossa opinião. Nosso voto já é seu Julio.