O que você procura?

quinta-feira, 6 de abril de 2017

REVOLTA NA TROPA DO CPC COM ESCALAS DESUMANAS

A tropa do 1ª RPM (CPC) está desmotivada e revoltada com as escalas desumanas aplicadas nos batalhões da capital. A Polícia Militar está dando tratamento desigual à tropa.

A escala, que antes era dia sim dia não, dando ao militar oportunidade de estudar, cuidar da família e lazer, agora está mudando para 3x2 de manhã e à tarde, e 2x1 e 2x2 à noite. 

Será que quem inventou esta escala já trabalhou duas madrugadas seguidas, o famoso “curiango”?

E para piorar, algumas unidades, como o 1º BPM, estão criando escalas diferenciadas para novos sargentos. Sargentos recém formados têm uma escala e sargentos que não são da última turma têm outra escala. Existem sargentos e sargentos?

Em uma unidade da capital, um subtenente tirou 16 escalas de CPU consecutivas à noite.

Em um momento de desmotivação da tropa com salários parcelados e falta de recomposição salarial, esta escala só aumenta a revolta.

Esperamos que o Comando da Polícia Militar tome providências. Caso contrário, vamos convocar os comandantes à virem na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) para dar explicações.

Deputado Cabo Júlio
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

1 comentários:

Clebson Dionisio disse...

Senhor deputado se o senhor estivesse preoculpado com escala de serviso da tropa pq ainda nao olhou a situacao do desetores Samos quasis 50 ja ajudaria um pouco ao efetivo da tropa devivido com poucas Dias ja podemos esta trabalhando devido sermos militares esperiente