Pesquisar este blog

Carregando...

.

.

sexta-feira, 22 de junho de 2012

0

Acusado de matar Sargento do bombeiro em Araxá é preso

Polícia Civil de Araxá prendeu na manhã de ontem dois homens acusados de matar a tiros, em 11 de junho, o sargento do Corpo de Bombeiros Gislei Oliveira Reis, 38 anos, quando chegava à porta de sua casa, no bairro Alvorada. Ele não iria dormir em casa, devido a brigas, mas foi pedido pela mulher para que fosse lá e, ao chegar, foi baleado. A mulher foi presa, poucos dias depois, mas só agora deu o nome do autor, quando contou sobre um romance entre eles. O homem foi preso numa fazenda e o comparsa foi à delegacia, devido à apreensão de seu veículo, e acabou preso. A arma utilizada no crime estava escondida em Sacramento.
Segundo a polícia, as investigações começaram logo depois da morte DE Gislei Oliveira Reis, ocorrida no dia 11 último, em frente de sua casa, no bairro Alvorada, em Araxá. Na mesma semana, a Justiça decretou a prisão temporária da mulher do bombeiro, Kely de Lima Alves Oliveira, 28, que em seus depoimentos citou vários nomes como possíveis autores do crime, só confirmando o nome do verdadeiro autor anteontem, quando a polícia passou então a fazer buscas por toda a região.
O delegado Heli Andrade, da Delegacia Regional de Araxá, falando ao JM, contou que Jusmar Júnior Martins, 21, apontado pela mulher como o autor dos disparos que mataram o bombeiro, foi localizado ontem, por volta de 11h, em uma fazenda no município de Medeiros, a cerca de 150km de Araxá, e disse que só fala em juízo. Também foi preso, como participante do crime, o estudante de Direito Cleber Alves Duarte, 24, proprietário do veículo Palio, cor prata, usado no dia do crime e que deu fuga a Jusmar. Em um dos depoimentos, a mulher teria contado que já teve um romance com o autor, na época em que esteve separada de Gislei, e agora estaria esperando que a vítima lhe desse o divórcio.
No dia do crime, Gislei, depois de uma briga com a mulher, teria dito que não dormiria em casa, porém ela teria pedido para que ele fosse em casa, por volta de 21h. Quando a vítima chegou ao portão, foi alvejada pelos disparos que tiraram sua vida. A viatura do Corpo de Bombeiros ainda cruzou com um veículo com as características do carro de Cleber, na hora do socorro à vítima, que, agonizando, chamava pelo nome da mulher.
A polícia localizou a arma do crime na zona rural do município de Sacramento, enrolada em um saco plástico e enterrada dentro de uma lata de tinta, a cerca de um metro de profundidade, dentro de um brejo.
O delegado Vitor Hugo, que preside o inquérito, tem 30 dias, prorrogáveis por mais 30, para encerrar o inquérito.

RELEMBRE O CASO
Sargento Gislei / Fotos: IML/Raphael Rios Sargento do Corpo de Bombeiros é assassinado no bairro Alvorada
Um sargento do Corpo de Bombeiros de Araxá foi assassinado na noite de ontem (11), por volta das 22h, na rua Ernesto Nogueira Lima, no Bairro Alvorada. A Polícia Militar foi acionada por moradores que ouviram disparos de arma de fogo.
CONTINUE LENDO NO DIÁRIO DE ARAXÁ

0 comentários:

 

BLOG OFICIAL DO CABO JÚLIO Copyright © 2011 - |- Template created by O Pregador - |- Powered by Blogger Templates