O que você procura?

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

LUTO PMMG

Corpo de policial morto em acidente na BR-153 é velado em Uberlândia
Batida envolvendo três veículos foi neste domingo (17), em Centralina, MG.
Adolescente e idosa seguem internadas; bombeiro do DF também morreu. 

Duas vítimas do acidente no km 23 da BR-153 em Centralina, no Triângulo Mineiro, neste domingo (17), seguem internadas no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU). Uma adolescente, de 17 anos está internada em estado grave e uma idosa de 71 está estável. Elas eram duas dos cinco ocupantes do Versa, que foi foi atingido na batida. Já o corpo do sargento da Polícia Militar de Uberlândia, que dirigia o veículo, está sendo velado na cidade nesta segunda-feira (18), na Funerária Ângelo Cunha.

Acidente

Quatro pessoas morreram e cinco ficaram feridas em um acidente envolvendo três carros no fim da tarde deste domingo. Segundo o inspetor da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Frutal, Altemiro Olinto Cristo, um Honda Civic com três ocupantes atravessou o canteiro central e colidiu na transversal de um Versa, que seguia no sentido contrário da pista. Um Santana Quantum também se envolveu na batida.

De acordo com a PRF, cinco pessoas estavam no Versa. Um sargento da PM de Uberlândia e a sogra dele morreram ainda neste domingo. Outras três passageiras ficaram em estado grave. Uma adolescente de 17 anos e uma idosa de 71 anos foram levadas para o HC-UFU, além da terceira vítima, que não teve a idade informada e o estado de saúde. 

No Honda Civic morreram um sargento do Corpo de Bombeiros de Brasília (DF), de 44 anos, e o irmão dele. Um terceiro passageiro, de idade e nem sexo divulgados, ficou em estado grave. No Santana Quantum havia apenas o motorista, que teve ferimentos leves.

A suspeita é de que o acidente possa ter sido provocado por alta velocidade. Segundo informações dos bombeiros, o velocímetro do Honda Civic parou em 220 km/h. A idade das outras vítimas não foi divulgada. O trânsito no local ficou interditado por cerca de uma hora até retirada das vítimas e dos carros, provocando congestionamento na rodovia.

FONTE: G1
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: