O que você procura?

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

TRÊS MILITARES DO EXÉRCITO MORREM EM GRAVE ACIDENTE NA BR 381 NO SUL DE MINAS


Três pessoas morreram e outras 26 ficaram feridas em um acidente, na tarde desta terça-feira, envolvendo dois veículos do Exército e uma carreta que transportava papel higiênico na BR-381, em Campanha, Região Sul de Minas Gerais. Conforme o Corpo de Bombeiros, o acidente aconteceu no quilômetro 765 da estrada. A via está interditada e o congestionamento já chega a sete quilômetros no local.

O acidente aconteceu no sentido São Paulo / Belo Horizonte. Um caminhão carregado com papel higiênico diminuiu a velocidade, e acabou atingindo por um veículo do exército. Logo em seguida, outro carro com militares também se envolveu na batida. “Pelo que foi colhido com testemunhas, um caminhão do exército não conseguiu frear e bateu na traseira do caminhão. O motorista chegou a tirar para a esquerda, mas invadiu o canteiro central e em seguida capotou. O outro caminhão do exército também bateu, mas conseguiu desviar”, explica o cabo Fabiano Genovêz. 

Com o impacto da batida, dois militares, um que estava na parte de trás do veículo e outro que estava na cabine no banco do carona, morreram na hora. Uma vítima foi socorrida, mas acabou morrendo a caminho do hospital. 

O Corpo de Bombeiros e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) auxiliaram no resgate. As vítimas em estado mais grave foram levadas para o Hospital São Sebastião, em Três Corações, e Hospital Bom Pastor, em Varginha. Sete viaturas do Corpo de Bombeiros, além da ambulância da concessionária que administra a rodovia, foram empenhadas na ocorrência. 

O trânsito é complicado para os motoristas segue em direção a Belo Horizonte. No sentido São Paulo, a rodovia também precisou ser fechada, mas já foi liberada. 

FONTE: UAI

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

1 comentários:

Anônimo disse...

Bom dia caro deputado!

Eu só quero fazer uma pergunta,na cidade de São joão Neponuceno os motorista são proibido de usar sinto de segurança em seus veículos, eu mudei para esta cidade tem pouco tempo e não vejo ninguém usar sinto de segurança. Será que foi a PM de lá ou mesmo o CMT ou mesmo o detran que libera esta infração de transito. Favor como deputado mineiro, investiga esta situação, isso é uma vergonha para a PMMG.