O que você procura?

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

DEPUTADO FEDERAL BERNARDO SANTANA DO PR É O NOVO SECRETÁRIO DE DEFESA SOCIAL

Bernardo SantanaFernando Pimentel anuncia primeiro nome do novo secretariado de Minas

O deputado federal Bernardo Santana (PR) foi o primeiro nome anunciado pelo governador eleito, Fernando Pimentel (PT), para ser secretário de Estado. Ele vai comandar a Defesa Social. O anúncio foi feito pelo próprio Pimentel durante encontro com delegados de Polícia Civil do Estado. Os outros nomes serão lançados coletivamente pelo governador. 

O anúncio foi no restaurante Adega do Sul, em BH, durante encontro de confraternização que reuniu 150 delegados. Durante a campanha, Santana aderiu a Pimentel e levou a ele o apoio de mais de 50 prefeitos mineiros.

FONTE: HOJE EM DIA
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

4 comentários:

Andre Barleta disse...

A par das manifestações explícitas de necessidade de valorização dos agentes envolvidos no sistema de Defesa Social e das Autoridades Policiais por parte do Dep Bernardo Santana, muito porque acreditamos que o sistema como um todo precisa ser revisto, muito porque defendemos a melhoria de TODAS as carreiras dos Órgãos de Defesa Social e nele vislumbramos essa atenção mas, principalmente, por sua lealdade e comprometimento inexoráveis na defesa da Segurança Pública e porque, acima de tudo, estamos em defesa do cidadão mineiro e do Estado Democrático de Direito felicitamos o Governador Fernando Pimentel pela irretocável nomeação.

Anônimo disse...

Tá bom então,viu!!! Vamos ver daqui pra frente.

Anônimo disse...

Ainda bem.. espero que o Pimentel cumpra o prometido em campanha, ou seja, aumente o efetivo e melhore as condições de trabalho da Polícia Militar e valorize os policiais civis. Será ótimo para o cidadão mineiro.

Anônimo disse...

Senhor Deputado, corre boato que a escolha não agradou a PM e nem mesmo os demais integrantes de menor escalão da PC. Se isso for verdade o senhor tem que se manifestar contra essa escolha, pois o Pimentel começou mal demais.

É fato que a "ENTREGAÇÃO" da PM para a PC já desmoronou, mas a escolha do novo secretário tem que manter a neutralidade entre as instituições, senão já começam a acirrar os ânimos desde agora.