O que você procura?

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

SOLDADO É ATROPELADA DURANTE BLITZ EM POÇOS DE CALDAS

Vítima estava trabalhando quando foi atingida por comerciante.
Suspeito estaria embriagado, foi preso e vai responder a processo.

Um comerciante de 54 anos foi preso após atropelar uma policial militar durante uma blitz de trânsito na noite deste sábado (6) na Avenida Wenceslau Braz, no bairro Dom Bosco, em Poços de Caldas (MG). Segundo a Polícia Militar, ele teria forçado a saída da blitz da Lei Seca e atingido a policial, que trabalhava no local. A soldado Paula Moraes da Silva, de 27 anos, ficou ferida, desacordada e precisou ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A vítima foi atingida quando colocava os cones para a sinalização no local. Imagens de um circuito de segurança próximo ao local mostram o momento em que o carro passa direto pelos policiais. Conforme informaram os militares, Paula foi levada para a Santa Casa de Poços de Caldas, mas precisou ser transferida para o Hospital Pedro Sanches para fazer um exame. Ela teve alta em seguida e passa bem.

De acordo com os militares, o comerciante que provocou o acidente estaria bêbado. Após atingir a policial, ele foi submetido ao teste do etilômetro, onde ficou constado que havia 0,77 mg de álcool por litro de ar expelido.

"Ele estava embriagado e não parou quando foi dada uma ordem. Ele foi preso então por estar dirigindo bêbado e por desacato", disse o capitão Luiz Guilherme de Oliveira, que também responde pela assessoria de comunicação da Polícia Militar da cidade.

Ainda segundo a polícia, ele foi detido e levado para a delegacia, onde foi feito o flagrante. Ele teve o carro e a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) apreendidos. Em seguida, o comerciante foi encaminhado ao Presídio de Poços de Caldas. Ele vai responder a um processo por embriaguez ao volante e lesão corporal.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: