O que você procura?

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

HOMENS ARMADOS TROCARAM TIROS COM A PM EM ANDRADAS - MG

PM faz esquema de segurança em frente a hospital onde suspeito baleado foi atendido em Andradas (Foto: Marcelo Rodrigues / EPTV)Suspeito de ataques a caixas é baleado após troca de tiros em MG

Polícia acredita que suspeitos presos em Andradas integrem quadrilha.

Ao todo, oito pessoas foram presas; armas e coletes foram encontrados.

Homens armados trocaram tiros com a polícia na manhã desta terça-feira (13) no bairro do Óleo, na zona rural de Andradas(MG). Um dos suspeitos levou um tiro na perna, foi socorrido e permanece internado. A polícia suspeita que o grupo, formado por oito pessoas, integre uma quadrilha que tem atacado caixas eletrônicos no Sul de Minas. Com eles, foram encontrados armas carregadas e coletes à prova de bala.

"Nós encontramos com eles uma escopeta calibre 12, uma submetralhadora 9 mm e dois revólveres, além de dois conjuntos de coletes à prova de bala", conta o comandante da PM de Andradas, Capitão Douglas dos Santos Volpin. "Pelo tipo de material encontrado e pelas passagens que eles têm na polícia, suspeitamos que eles estejam envolvidos em roubos a caixas e estavam planejando novas ações na região", explica o capitão.

De acordo com a polícia, integrantes do grupo já respondem a processo no Estado de São Paulo por roubo, homicídio e tráfico de drogas. O homem que foi baleado tem 30 anos e já teria passagens por roubo no interior de São Paulo. Com os suspeitos, ainda foram apreendidos dois veículos. Um deles, uma caminhonete S10, havia sido furtada no começo do ano na BR-146, entre Poços de Caldas (MG) e Andradas.

Denúncia

A PM informou que recebeu uma denúncia anônima na noite desta segunda-feira (12), dizendo que cerca de 10 pessoas armadas estariam escondidas na zona rural de Andradas. A polícia pediu reforço à equipe de Poços de Caldas (MG). A operação contou com o apoio de 19 policiais militares.

"Cercamos a casa por volta das 6h e pedimos para que eles saíssem. Foi quando alguns suspeitos começaram a atirar contra a equipe. Eles tentaram fugir, mas conseguimos prender todos que estavam na casa", relata Volpin.

O grupo deve ser ouvido ainda nesta terça-feira pela Polícia Civil de Andradas.

FONTE: G1
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: