O que você procura?

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

LUTO CBMMG: SOLDADO MORRE APÓS TESTE DE APTIDÃO FÍSICA

Militar passou mal após realizar um dos testes do curso de formação de sargentos; segundo os bombeiros, ele havia passado por uma avaliação médica antes do teste, que não apontou qualquer problema

Um soldado do Corpo de Bombeiros que sentiu-se mal após realizar um teste físico nessa quarta-feira (11), morreu na manhã desta sexta-feira (13), depois de ficar dois dias internado no Hospital Militar de Belo Horizonte.

De acordo com a corporação, o soldado Marcos Nunes Resende, de 23 anos, que era lotado no pelotão do Barreiro, sentiu-se mal depois de realizar a corrida de 2.400 m, primeira prova de avaliação física de uma das fases do concurso interno para formação de sargentos.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o militar foi encaminhado de ambulância para o Hospital Militar, onde foi diagnosticado com um quadro de desidratação profunda. Ele permaneceu dois dias internado e morreu nesta sexta-feira, vítima de uma parada cardiorrespiratória.

Ainda de acordo com os bombeiros, o soldado tinha passado por uma avaliação médica antes de submeter ao teste físico e nenhum problema havia sido detectado.

Em nota, a corporação informou que se solidariza com a família e que prestará todo o apoio necessário. O militar servia na Unidade desde 2011, na área operacional.

De acordo com o comandante do Pelotão Barreiro, Tenente Hugo Takahashy, ele era um soldado muito disciplinado e proativo, e também muito querido pelos colegas de serviço. Segundo o comandante, o clima é de muita tristeza entre os militares. " É difícil trabalhar com uma situação como essa. Um soldado tentando progredir na carreira e acontecer uma situação dessas é muito triste. Foi uma fatalidade", lamentou. 

Ainda não há informações sobre o velório e o enterro do militar.

FONTE: O TEMPO
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

2 comentários:

Anônimo disse...

AGORA QUERO UMA ESPLICAÇÃO; JÁ ENTREI EM CONTENDA COM UM SARGENTO NO MOMENTO EM QUE EU IRIA SER AVALIADO NA APEDIDÃO FISICA NA PISTA DE APLICAÇÃO DENTRO DA ACADEMIA, QUESTIONANDO AQUELE RETARDADO EM PARTE QUE NÃO IRIA FAZER AS VONTADES DO MESMO; POIS NO LOCAL SÓ EXISTIA APENAS UMA AMBULÁCIA E NÃO TINHA UM DESFIBLILADOR, NÃO TINHA UM MEDICO E SEQUER UM TECNICO DE INFERMAGEM. AGORA ESTE FATO OCORRER, PARA MOSTRAR A ESTES INCOPETENTES QUE ESTÃO ALI PARA GANHAR UM EXTRA NO BICO LEGALISADO DENTRO DA PMMG QUE REFLITAM UM POUCO MAIS,POIS NOS SOMOS SERES HUMANOS E NÃO MAQUINAS QUE PODEM SER REVITALISADAS E VOLTAR AO TRABALHO, SEM CONTAR QUE OS NOSSOS OFICIAIS MEDICOS NÃO POSSUI CONDIÇÕES PARA AVALIAR O ESTADO DE SAÚDE DOS POLICIAS MILITARES E BOMBEIROS. ADIANTO A TODOS OS MILITARES,QUE SÃO ESCALADOS PARA O TTB, VENHA REALISAR CURSOS SEJA QUAL FOR, PESA UM ENCAMINHAMENTO AO UM CARDIOLOGISTA PARA UMA AVALIAÇÃO,FAÇA UM ARGOMETRICO, FAÇA UM ELETRO CARDIOGRAMA E MAIS EXAMES POSSIVEIS; POIS NA ACADEMIA AQUELES QUE GANHAM SALARIOS EXTRAS COM O BICO LEGALISADOS DENTRO DA PMMG NÃO ESTA IMPORTANDO COM OS POLICIAIS ~EM QUESTÃO. ESTOU TRISTE EM VER UM IRMÃO DE FARDA PERDER A SUA VIDA POR NEGLIGENCIA EM UM LOCAL QUE O FATOR PRIMORDIAL É GANHAR DINHEIRO; ENQUATO NOS COMO OBJETIVO É BATER CONTINÊCIA E GASTAR COM ALIMENTAÇÃO E SOFRER HUMILHAÇÕES. ADIANTO A TODOS QUE NUNCA TIVE RABO PRESO COM FEDAPULTA NENHUM E NUNCA ME HUMILHEI PARA ESTES CORVADES INVESTIDOS DE INSTRUTORES, MAS JÁ CANSEI DE EXPOR ESTE FATO NO BLOG DA RENATA, ASPRA E ATÉ NESTE BLOG DO CABO JULIO E NENHUMA ATITUDE VEIO A SER TOMADA. AGORARA SRs A CULPULA DA PMMG E DOS NOSSOS REPRESENTANTES VÃO ALEGAR UMA FATALIDADE,AGORA SRs HAVERÁ UMA JUSTIFICATIVA PARA TIRAR AS RESPONSABILIDADES DO MILITAR QUE ALI APLICAVA O TESTE FISICO, VÃO TIRAR AS RESPONSABILIDADES DO OFICIAL CHEFE DE CURSO E OUTROS MAIS, SEM CONTAR QUE A FAMILIA DO FINADO RECEBERÁ APENAS EVASIVAS NO TOCANTE MORTIS. AGORA SRs; SE A POLICIA SABER QUE NOS POLICIAIS ESTAMOS PEGANDO UM BICO EXTRA O FERRO VAI BATER NA SUA PORTA, MAS NINGUÉM VÊ ESTES ESTRUTORES DENTRO DA PMMG MINISTRANDO AULAS E GANHAR VENCIMENTOS EXTRAS EM SEUS DEMONSTRATIVOS. AGORA NO MEU VER; SE ESTES INDIVIDUOS QUE POSSUEM ESTE DÓM DE MINISTRAR AULA QUE RECEBA COMO QUALQUER POLICIAL E NADA A MAIS. TENHO O PRASER EM ORIENTAR A FAMILIA DESTE QUERREIRO QUE ENTRE NA JUSTIÇA E PEÇA TODOS OS LAUDOS E VENHA A PROCESSAR TANTO O CHEFE DE CURSO, O MILITAR QUE MINISTRAVA A APEDIDÃO FISICA E A FALTA DE CRITERIOS DENTRO DA POLICIA MILITAR.

Anônimo disse...

Caríssimo, Cabo Júlio;
Há muito tempo tenho dito que a forma de aplicação do TAF tem feito muitos militares enfrentarem o risco de morrerem durante a sua execução. Entendo a necessidade de se estimular exercícios físicos e manter a higidez física a todos os militares. Só que isso é engodo. Vivemos numa sociedade sedentária e fomos retirados dela. Já vi e ouvi casos de muita gente que fizeram esforço extremo que quase culminaram em paradas cardíacas e lesões graves nas musculaturas. Deve ser revisto o TAF. Muitos estrelados não o fazem, e os praças são pressionados a fazê-lo. Contamos com você para nos defender desse risco.