O que você procura?

sexta-feira, 27 de março de 2015

FROTA DA PMMG SERÁ TERCEIRIZADA

Anúncio foi feito pelo comandante da corporação, que esteve ontem em JF. Ele garantiu ainda que 9 mil policiais serão contratados até 2017.

Coronel Bianchini conversou ontem com a tropa e com comandantes de área da 4ª RPM para definir estratégias

Em visita rápida a Juiz de Fora para um contato próximo com a tropa, o novo comandante geral da Polícia Militar de Minas Gerais, coronel Marco Antônio Bianchini, anunciou ontem a terceirização da frota de viaturas da corporação. Prevista para acontecer até o fim do ano, a medida deve pôr fim ao sucateamento dos veículos e consequente desaparelhamento, como mostrado em reportagem publicada pela Tribuna na terça-feira. O coronel também reforçou o anúncio feito anteriormente sobre a contratação de nove mil policiais militares até 2017: “O que vai prevenir o crime é a presença policial na rua. E disso nós estamos cuidando”, garantiu. Entre os projetos para uma PM “mais efetiva” também está a digitalização da rede de comunicação via rádio, a fim de aumentar a segurança, e estratégias de policiamento voltadas para o combate da criminalidade violenta e do tráfico de drogas, sem perder de vista a polícia comunitária, direcionada ao atendimento do cidadão.

“O governador (Fernando Pimentel-PT) já nos autorizou a iniciar o processo de terceirização de nossa frota. Iremos fazer um projeto para cidades com mais de 80 mil habitantes para locar viaturas durante três anos. Serão 2.700 veículos e, certamente, Juiz de Fora será contemplada com isso”, disse o coronel Bianchini, natural de Ubá, também na Zona da Mata. Ele lembrou que a terceirização da frota havia sido interrompida no Governo anterior e, agora, será retomada para assegurar mais viaturas nas ruas. “A locação desses veículos é feita com a garantia de manutenção. A empresa que for contratada terá que manter a viatura em condições de rodar 24 horas. Já estamos iniciando os procedimentos para o processo licitatório e acredito que, até o final do ano, estaremos com a frota da PM renovada.”

Efetivo

Com ênfase no policiamento ostensivo, o comandante ubaense não quer só colocar mais carros nas ruas, mas também militares. “O governador autorizou a PM a contratar 3.150 policiais. Já abrimos o edital para a Região Metropolitana e vamos abrir agora os editais para o interior do estado, com 1.600 vagas. É bom salientar que o governador já nos deu a promessa de mais três mil homens no ano que vem e outros três mil em 2017, totalizando nove mil.”

A estratégia, segundo o coronel Bianchini, é tornar a PM mais efetiva. “Tenho falado com os comandantes para investirem muito em operações direcionadas à segurança do cidadão de bem. Temos que tornar a polícia mais ostensiva, com aumento do nosso pessoal e gerenciamento da nossa frota, para que tenhamos militares e equipamentos em condições de prestar o melhor serviço.”
Desafio de conter homicídios

A localização próxima à fronteira com o Rio de Janeiro e a recente incidência de crimes violentos comuns em grandes centros, como assaltos a residências e roubos à mão armada de veículos, além dos homicídios, estão sendo consideradas no lançamento das ações policiais, afirmou o comandante geral da PMMG. “Estar em uma área de fronteira é uma situação que nos preocupa e, por isso, Juiz de Fora tem um contingente policial maior do que muitas outras cidades. Esses crimes não vêm aumentando só na região fronteiriça com o Rio não, mas em todo o estado. De 2010 a 2014, tivemos quase 100% de aumento. É alarmante. Mas neste ano estamos conseguindo conter”, afirmou, apontando redução em torno de 12% dos homicídios em Minas. Na cidade, conforme levantamento da Tribuna, os assassinatos chegaram a 33 em 2015, contra 46 nos três primeiros meses do ano passado.

“As estratégias estão sendo tomadas e as decisões estão sendo feitas nesse sentido. É lógico que isso (redução) não acontece de um momento para o outro. E a nossa expectativa é de, com essas medidas, reduzir drasticamente esses índices criminais.” Coronel Bianchini acredita que boa parte dos crimes violentos está relacionada ao tráfico de drogas e disse que o reforço do apoio das polícias Federal, Civil e Rodoviária Federal nesse combate aos entorpecentes é fundamental. “As drogas entram no estado pelas nossas rodovias, temos a maior malha rodoviária do país.”

Atento às dificuldades

Após falar a dezenas de militares da 4ª Região da PM no anfiteatro do Premier Parc Hotel, na Avenida Deusdedit Salgado, Zona Sul, o coronel Bianchini se reuniu com comandantes de áreas para definir estratégias antes de retornar a Belo Horizonte. “Tenho viajado pelo estado para conversar com a minha tropa. Mostrar a eles (policiais) o que efetivamente estamos fazendo e planejando em termos de segurança pública, e que o comando está atento a todas as dificuldades que eles têm no combate ao crime.”

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

4 comentários:

Anônimo disse...

Tenho uma dúvida, será que o edital para o CTSP INterior será segundo grau ou curso superior. Será que os senhores podem me esclarecer referida dúvida????

Anônimo disse...

Está definido que o próximo edital para o interior será nível superior, gostaria de saber se esse edital tem data prevista para ser publicado ou será apenas depois de concluídas as etapas deste edital nivel médio.

danielgermano lopesmoreira disse...

Quais serão as próximas viaturas e os modelos retirados como os Fiat Palio 1.4 ira a leilão ?

Anônimo disse...

Qual será os modelos das novas viaturas ? . E os modelos Fit Palio 1.4 ira a leilão ?.