O que você procura?

domingo, 21 de junho de 2015

PIADA: PRESO TENTA ORIENTAR POLICIAIS EM QUAL CRIME DEVERIA SER ENQUADRADO

Suspeito foi detido na manhã deste domingo (21) com um carro roubado; no momento da prisão ele alegou que deveria responder por receptação

Um jovem de 21 anos detido na manhã deste domingo (21) no Barro Preto, na região Centro-Sul, em Belo Horizonte, com um carro roubado, alegou, no momento da prisão, que deveria ser detido por receptação e não por roubo.


Segundo o suspeito, pego em flagrante, ele teria comprado o veículo. Ele reconheceu que o carro foi roubado, disse que não foi ele quem roubou o veículo. Ele teria comprado o carro roubado.

Conforme informações da Polícia Militar (PM), durante patrulha de rotina no fim desta manhã, militares encontraram um Gol Cinza em alta velocidade na avenida Amazonas. Ao chegar no cruzamento com a rua Timbiras, o condutor perdeu o controle da direção, bateu em uma placa de sinalização e quase atropelou um pedestre. O suspeito não conseguiu ligar o carro novamente e fugiu a pé. Porém acabou detido.

Jeferson Hebert de Oliveira Dornelas, de 21 anos, que usa uma tornozeleira eletrônica, foi detido em flagrante. Durante o registro da ocorrência, o suspeito disse que estava em uma festa e pediu o carro emprestado para um colega. No entanto, o suposto homem disse que, se ele quisesse, ele venderia o carro para pelo valor de R$ 1.000. O jovem teria aceitado a oferta e pagado o valor. 

Ainda durante o depoimento, o suspeito declarou saber que o carro era roubado, mas resolveu comprá-lo mesmo assim. 

O jovem não quis informar para os militares quem era o suposto vendedor, que seria também responsável pelo assalto realizado na sexta-feira (19) na região do Barreiro, que terminou com o carro roubado.

Ele e o veículo foram encaminhados para o Departamento de Trânsito do Estado (Detran-MG), que irá investigar se ele foi ou não o responsável pelo roubo.
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: