O que você procura?

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

AUDIÊNCIA PÚBLICA VAI DISCUTIR PORTE DE ARMA DE FOGO PARA AGENTES DO SISTEMA PRISIONAL


Comissão de Administração Pública debate, na terça (15), proposta que é objeto de projeto de lei que já tramita na ALMG.

Discutir o Projeto de Lei (PL) 1.973/15, do deputado Cabo Júlio (PMDB), que dispõe sobre o porte de arma de fogo para os agentes de segurança prisional e para os agentes socioeducativos. Esse é o objetivo da audiência pública que a Comissão de Administração Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realiza nesta terça-feira (15/9/15), no Plenarinho IV, a partir das 15 horas. O requerimento para o debate é do próprio autor da proposição.

“Em Minas Gerais, fez-se uma interpretação equivocada e restritiva quanto ao porte de arma para os agentes socioeducativos, não considerando esses servidores como pertencentes à carreira de agentes”, explica Cabo Júlio. O parlamentar classifica como “inimaginável” um agente socioeducativo ter que trabalhar desarmado em locais onde estão apreendidos adolescentes que cometeram atos infracionais graves, como latrocínio e estupro. 

Esses servidores, na opinião do parlamentar, realizam a vigilância, guarda e custódia de menores em conflito com a lei, muitos reincidentes perigosos que colocam em risco a vida dos agentes. “Está na hora de corrigir a interpretação errônea da lei federal e conceder a esses profissionais do sistema prisional aquilo que o próprio Estatuto do Desarmamento já autorizou”, conclui Cabo Júlio.

Convidados - Foram convidados para a audiência pública o secretário de Estado de Defesa Social (Seds), Bernardo Santana de Vasconcellos; o secretário adjunto de Estado de Defesa Social, Rodrigo de Melo Teixeira; o comandante-geral da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), Marco Antônio Badaró Bianchini; o delegado-chefe da Polícia Civil de Minas Gerais, Wanderson Gomes da Silva; o superintendente Regional da Polícia Federal de Minas Gerais, Sérgio Barboza Menezes; o presidente da União dos Agentes Penais (Unape), Flávio Henrique Inácio Miranda; o presidente da Associação Movimento Agentes Fortes de Minas Gerais (Amaf), Juscelino Queiroz Ferreira; e o presidente da Associação dos Servidores Prisionais de Minas Gerais (Aspemg), William Rocha Araújo.

Com Almg
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

10 comentários:

Anônimo disse...

Nós concursados do certame 2013 queremos saber do cronograma que o Sr. Secretário de Defesa Social disse que ia publicizar depois do feriado. Estamos no aguardo.

Anônimo disse...

Cadê o cronograma que prometeram sair hoje?política me dá nojo

Martins disse...

Fui ao gabinete do Deputado Cabo Julio para resolver pendencias sobre remoção, ele me atendeu super bem. Cabo Julio é o cara!

Anônimo disse...

Sr. Deputado ,o secretário de defesa social disse que publicaria nosso cronograma depois do feriado,e falou pra todos que o mesmo já estaria pronto só faltava publicar.
Estamos esperando, não temos culpa que os governantes e administradores de MG não tem palvra...
Queremos nosso cronograma, queremos celeridade nesse concurso que dura 3 anos e ainda estamos na 4 fase.

Anônimo disse...

Estamos esperando o cronograma que sairia hoje,mas pelo visto foi mais uma jogada política desses enganadores

Anônimo disse...

Isso foi mais uma manobra política pra enganar os candidatos, bando de historinhas

Evaldo Lourenço disse...

Esse cronograma infelizmente ta virando caso de novela, difícil de ter um final feliz

Evaldo Lourenço disse...

Esse cronograma infelizmente ta parecendo caso de novela, sem final feliz

Evaldo Lourenço disse...

Esse cronograma infelizmente ta virando caso de novela, difícil de ter um final feliz

bruno disse...

http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR84634

Cronograma já. Apenas 1 etapa realizada no ano de 2015, esse é andamento normal do concurso?