O que você procura?

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

DEP. CABO JÚLIO PARTICIPA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA PARA APURAR SUPOSTA AGRESSÃO POR PARTE DA PM À ÍNDIA XACRIABÁ

O Deputado CABO JÚLIO vai estar presente na Audiência Pública em Montes Claros para discutir supostas agressões, por parte da PM, sofridas por indígenas da etnia xacriabá durante manifestação popular no mesmo município no dia 7 de setembro. A reunião, que foi requerida pela Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), acontece no dia 28 de setembro, às 10 horas, na Câmara Municipal.

De acordo com a Polícia Militar, a índia, que portava um arco e flecha nas mãos, chutou um alambrado que separava um espaço reservado ao palco, montado na Avenida Deputado Esteves Rodrigues, onde aconteceu os desfiles em homenagem a Independência. Ainda de acordo com a PM, o alambrado caiu e atingiu policiais. Juvana Xacriabá foi conduzida à delegacia.

Representantes do movimento acusam os policiais de usarem força desproporcional durante a ação. Segundo o major Oswaldo Marques, a índia se mostrava muito exaltada e resistiu à prisão. “Nós não usamos violência. Os policiais precisaram usar técnicas de imobilização que a própria Polícia Militar ensina”, explica.

Audiência Pública 
Local: Câmara Municipal de Montes Claros
Data: 28/09/2015
Hora: 10h
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

1 comentários:

Anônimo disse...

Deputado Cabo Júlio, já pensou em colocar um projeto na câmara,
Para que possa ser utilizada as forças armadas nos serviços de segurança
Pública nas ruas, exército, marinha e aeronáutica, poderia ser empregado
Nos serviços de patrulhamento nas ruas o soldados e os cabos, seria muito mais
Proveitoso, do que ficar com soldados e cabos dentro dos quarteis das forças
Armadas fazendo serviço de limpeza de quartel, varrer patio, lavar banheiro,
Auxiliar de limpeza em geral, ajudante de cozinha, jardineiro, etc ... sendo que
esse tipo de serviço Não condiz com a função de um soldado ou cabo militar,
a segurança pública Esta um caos e ficar pagando militares para desfilar fardados
dentro dos quartéis Das força armada, vossa excelência não ve isso como um
desperdício de dinheiro E um gasto desnecessário? Aguardamos respostas ...