O que você procura?

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

BOMBEIRO PULA EM RIO E SALVA OCUPANTES DE CARRO QUE CAIU DE PONTE DANIFICADA EM MINAS GERAIS

O acidente aconteceu em Santa Bárbara do Tugúrio, na Região Central de Minas Gerais. Militar que estava de folga tentava sinalizar o trecho por causa da interdição

Um ato de coragem aliado a técnica dos treinamentos do Corpo de Bombeiros fez um soldado, com seis anos de carreira, salvar dois homens que caíram no vão de uma ponte destruída pela chuva em Santa Bárbara do Tugúrio, na Região Central de Minas Gerais. O militar tentava sinalizar a via, pois estava a noite e com baixa visibilidade, quando o carro onde estavam as vítimas caiu no buraco onde ficava a estrutura. Com técnicas de mergulho, ele conseguiu retirar os ocupantes do automóvel, que afundou na água. “Estava com minha filha de 2 anos e minha mulher. Com certeza foi o resgate mais difícil que realizei por causa do risco altíssimo, tanto para eles quanto para mim, pois o carro estava muito instável. Graças a Deus, tudo deu certo”, contou Marcio Egg Pereira de Resende, combatente da Companhia de Bombeiros Militar de Conselheiro Lafaiete. 

O soldado estava junto com sua família trafegando pela MG 448. O objetivo da viagem era visitar a sogra em Santa Bárbara do Tugúrio, que foi castigada pela chuva na última semana. Pelo menos cinco pontes foram levadas pela força da água e comunidades ficaram isoladas. Quando chegou no km 27 da rodovia, por volta das 19h30, teve uma surpresa desagradável. “Vi que a ponte estava danificada e parei para fazer a sinalização, já que estava precária no trecho. Estava conversando com um rapaz da cidade, quando surgiu um carro acelerado”, explicou. 

O militar conta que tentou alertar o motorista com buzinas, mas não deu tempo. “Foi uma distância de seis metros do meu carro. Quando o alertei, chegou a frear, mas o carro arrastou por uns cinco metros e caiu no rio”, disse. O carro caiu de ponta e as rodas da frente ficaram submersas na água. No veículo estava duas pessoas. 

Em uma ação de instinto, o militar desceu do carro e pediu para a esposa tomar conta da filha e sinalizar a via para não ter outros acidentes. Quando se aproximou do rio, um dos ocupantes do carro tinha conseguido sair, mas avisou que outra pessoa continuava presa. “Quando entrei na água o veículo começou a afundar. Dei uma respirada, desci e consegui abrir a porta do passageiro. Quando voltei para pegar mais fôlego, a segunda vítima surgiu pelo vidro traseiro do carro”, comentou o soldado. As vítimas, que não tiveram o nome divulgado, não tiveram ferimentos graves. Umas delas sofreu um pequeno corte no pescoço. 

Emoção no salvamento 

Há seis anos no Corpo de Bombeiros, o soldado considerou a operação como a mais difícil da carreira por causa dos riscos. “No momento em que entrei na água e vi que o carro começou a afundar rapidamente, por um segundo passou todos que amo diante dos meus olhos. Vi que era de extrema dificuldade, local escuro, correnteza e somente de bermuda e camiseta. Mas, Deus estava lá no momento para eu manter a calma e lembrar de todos os cursos realizados dentro da corporação e os treinamentos durante o plantão para que pudesse dar o melhor suporte com as menores opções”, desabafou. 

Depois do salvamento, o soldado, que já tinha realizado outros salvamentos na frente da esposa e da filha, se emocionou. “Minha esposa me disse que quando entrei no rio minha filha ficou chorando. Ela tentou acalmá-la dizendo que tinha ido ajudar o moço. Nisso minha filha disse que eu era um anjo. Poxa, chorei demais. Foi a maior alegria”, comentou. 

Segundo o soldado, a estrada tem várias placas indicando as interdições durante o trecho. Porém, algumas pessoas teriam arrancado a sinalização, o que aumentou o risco de acidentes. 

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

1 comentários:

Anônimo disse...

Pois é Cb Júlio, BM, PM, PC faz isso é muito mais e você como líder desse governo não consegue fazer com que os profissionais da segurança pública sejam discriminados por este governo que deixou de fora do auxilio alimentação tais profissionais. Com quem você está realmente comprometido??