O que você procura?

sábado, 4 de outubro de 2014

CARTA ABERTA AOS MILITARES MINEIROS

Chegamos aos últimos dias da campanha eleitoral, e talvez essa seja uma das campanhas mais grosseiras que já tenha participado. Inicialmente afirmo que não vou responder a ataques selvagens dirigidos a mim, a minha fé ou a minha família. Não vale a pena, além de cansar, essa prática só leva as pessoas a odiar mais ainda um instrumento tão nobre que é o voto.

Creio que amadurecemos no entendimento de que representantes de classe precisam ter a responsabilidade de unir a classe, e jamais dividi-la. A velha retórica de que para ser aliado da base é preciso ser inimigo da cúpula já está ultrapassada pelo amadurecimento das relações internas. Até porque 90% dos problemas em que somos procurados para resolver tem solução interna. A PMMG e o CBMMG são unos, indivisíveis. As pessoas passam, as Instituições permanecem. Temos problemas comuns a vista que atingirão desde o soldado mais novo até o coronel mais antigo.

A ira e o ódio não podem prevalecer sobre o entendimento entre pessoas civilizadas. Na convergência é preciso ter união e na divergência é preciso ter respeito a opinião contrária. Só a assim havemos de ser fortes, somente unidos podemos proteger a nossa instituição. Esta instituição tem problemas? Obvio que tem, mas nós a amamos, escolhermos fazer parte dela. Isso ficou bem claro na mobilização interna contra a PEC 51.

Usei como mote de campanha o slogan "Polícia Forte". Mas para sermos fortes externamente precisamos primeiro ser fortes internamente. O tempo nos ensinou a construir com os Comandos em todos os níveis uma relação respeitosa, sem contudo separar o papel institucional de cada um, principalmente o do representante de classe que em alguns momentos tem a obrigação institucional de cobrar posicionamentos e reparos. Ser parceiro não significa ser subserviente ou se omitir na defesa de nosso público interno. Creio que conseguimos isso, a Instituição amadureceu no relacionamento com os representantes e estes por sua vez amadureceram no relacionamento com os Comandos. Isso ficou bastante claro quando em conjunto escolhemos mais de 50 unidades para receberem verbas orçamentárias indicadas por mim como Deputado. Venceu a unidade de visão em prol da classe, e reformamos ou melhorarmos várias unidades. 

Nestes poucos dias que restam, vamos continuar fazendo uma campanha limpa, sem entrar no jogo do vale tudo, do denuncismo, da agressão e do ódio.O espaço politico dos militares foi construído com sangue, suor e lágrimas. A morte de um colega não pode ser em vão. Essa parte da história não pode ser apequenada. Para hoje ser melhor, muitos já viveram o pior. Para que exista uma disputa enorme para ingressar na corporação através de concursos concorridíssimos, muitos no passado já ouviram a expressão "não estudou vira policial". Foram anos de sofrimento e dor até que a paz voltasse a reinar em nossa caserna e o relacionamento interno fosse pacificado.

Então não vou utilizar este espaço politico para diminuir o nível do debate. Pessoas civilizadas e inteligentes partem para o debate e não para o embate. Isso não quer dizer que vou abrir mão do debate. O farei, mas ele será de ideias e não de pessoas. 

Por ser muitas vezes polêmico minha vida sempre foi vigiada com luneta, onde os acertos são diminuídos mas o erros são sempre ampliados. Nenhum líder de classe, seja sindicalista ou representante de qualquer classe se envolveu em embates tão duros como eu me envolvi, sempre buscando o interesse da classe que me tirou do banco de uma viatura e me colocou em lugares de destaque.

Cheguei ao Congresso Nacional com apenas 28 anos de idade, um jovem rapaz sem qualquer tipo de experiência politica, mas cheio de vontade de mudar o mundo. Tive muitos erros e acertos. Erros muito menores que meus adversários tentam sugerir contra mim. Minha vida tem sido revirada de cabo a rabo desde 2002, ou seja 12 anos, e durante todos estes anos estou de pé.

Poderia cansar-lhes discorrendo sobre principio constitucionais de presunção de inocência, litispendência, nulidade, prescrição, ou uma analise jurídica de que quem tem uma ficha suja não pode sequer registrar sua candidatura, mas não vale a pena. Toda campanha é a mesma ladainha. Aprendi com a vida que quem está com você não precisa explicar, quem é contra não adianta explicar.

Lamentavelmente fizeram publicações covardemente anônimas contra um candidato que ao invés de investigar sua origem, a imputou a mim. E partiu para todo tipo de agressão. Ora, vejamos, eu já visitei mais de 200 cidades na campanha e jamais fiz qualquer tipo de critica ou afronta a outros candidatos, quem quer que seja. Desafio qualquer militar a dizer que eu falei mal de alguém em uma de minhas mais de 200 reuniões . Minha retórica é sempre a mesma, "se não querem votar em mim, vote no Sargento Rodrigues ou no Coronel Piccinini, mas votem dentro de casa. Fortaleçam a nossa instituição".

Se eu tenho uma tribuna da Assembleia Legislativa para falar o que desejar seja a favor ou contra quem quer que seja, e se tenho ainda uma garantia constitucional de imunidade total nos crimes de opinião, porque usaria um dos mais mesquinhos instrumentos como estes? Quem me conhece sabe que eu posso pecar por falar demais, mas jamais por falar de menos.

Eu não nasci deputado, não estou disposto a tudo pelo poder. Já fui Deputado Federal por dois mandatos, Líder de Bancada no Congresso Nacional. Jantava trimestralmente com o presidente da República. Já cheguei onde nunca imaginei chegar. Como Vereador fui líder e Secretário Geral da Câmara Municipal. Aproveitei a oportunidade para estudar e fiz duas faculdades, me formando em bacharel em Teologia e Direito. Fiz pós graduação e Mestrado. Meu escritório de advocacia atualmente tem mais de 750 ações patrocinadas. Acham que pra mim o poder pelo poder é tudo? Não é. Não será.

Existem valores maiores que um mandato parlamentar. Isso não quer dizer que não estou trabalhando, estou e muito nesta campanha e tenho a certeza da vitória do 15.190.

A duras penas e depois de perdas descobri que minha família é meu maior patrimônio. Estou vivendo um momento mágico e especial em minha vida, a vinda do GUGU, meu caçula. Isso vale mais do que qualquer mandato no mundo. O que quero com isso? Mostrar que eu estou muito, muito, muito feliz. Vivendo o melhor momento de minha vida. Não vou deixar a politica ser o bem maior da minha vida.

Creio que Jesus não morreu na cruz pelos são, pelos perfeitos, mas pelos doentes e pecadores. Eu sou um. Peco muito, mas luto para não pecar. Luto todos os dias para não permanecer nele, para ser um bom patrão, um bom pai, um bom marido, um bom amigo, um bom representante de classe. Aos que a todo momento ficam gastando tempo em me acusar de meus pecados, percam tempo não, o diabo já faz isso a todo tempo, afinal ele é o acusador. Mas ao mesmo tempo acredito que o amor de Deus supera o ódio e que o amor, segundo palavras do Apostolo Pedro "cobre uma multidão de pecados".

Termino agradecendo a cada colega que nos recebeu em sua cidade, e pelo carinho recebido. Peço desculpas pela falta de material na campanha. Por não ter conseguido ir em todas as cidades em que fui convidado. Aos colegas que se engajaram na campanha sem receber um só tostão, mas somente pela amizade a minha gratidão eterna. Ao meu amigo, meu irmão, ao meu Deputado Federal Cabo Coelho, que andamos juntos por todos estes rincões do Estado, em estradas de chão, abrindo porteiras, o meu agradecimento pela ajuda e pela paciência.

Ao meu Deus todo poderoso o meu agradecimento por nunca desistir de mim. Mesmo nos momentos em que minha fé falhava diante do cansaço e do desânimo, Deus nunca me abandonou. A minha igreja, meu muito obrigado por ter me coberto de orações, por orar por mim e por minha família sem cessar.

A minha equipe de trabalho que sempre me deu suporte para trabalhar o meu agradecimento, em especial ao Sargento Lobão que matava no peito cada problema para que ele chegasse diluído pra mim. E a minha eterna amiga, e mais policial do que muito policial, Renata Pimenta. Sua amizade e nossa troca de informações em prol da classe foram fundamentais. Você é a "cara".

E enfim, a minha família. A minha esposa que praticamente não teve marido neste últimos três meses, obrigado pela sabedoria em me acalmar quando chegava em casa no limite do stress. Aos meus filhos maiores, em especial ao Brunão, que largou seu trabalho em Brasília no staff do Vice Presidente da República Michel Temer para vir para Minas Gerais para me ajudar e está visitando várias cidades, meu agradecimento. Filho, te amo.

Obrigado a todos, até a vitória.

Deputado Estadual CABO JULIO - 15.190
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

15 comentários:

Jair Landes - Cap PM RR disse...

1Muito bom mesmo, dileto, honrado e bravo Deputado Cabo Júlio! A minha singela colaboração em sua campanha tem sido pautado dentro de tudo isso que narrou. E acredito com veemência que os outro colaboradores assim tem procedidos! "Vamo que Vamo", a campanha só termina no último dia que determina as leis. Ave Cabo Júlio, Cabo Júlio Ave! Sgt Rodrigues, Cel Picinnini e outros canditatos, Ave também ! A sorte está quase lançada, sucesso a todos e abraços fraternos!

Cb Lopes Almenara disse...

Deus te abençõe muito Cb Júlio, sua firmeza e determinação contrariam a lógica do homem natural,chamam a atenção de muita gente, que muita vezes vive angustiada por perceber a sua ascensão, que de forma brilhante o torno um legítimo representante da nossa classe, juntamente com o nosso Federal Cb Coelho pessoa que admiro pelo espírito de luta e de coragem nas causas em que tentam nos prejudicar, fica o meu muito obrigado pela defesa da nossa classe e percebo o preparo de verdadeiros lideres em vocês, capaz de suportar críticas (algo normal para um homem público) boa sorte e conte sempre conosco.

Att,

Cb Lopes Almenara

Alex ka disse...

Muito boa a carta!

O texto explica claramente, a sua boa vontade com a causa profissional dos policiais que sabemos precisar de muitos fatores para ser melhorada e um desses fatores importantes é a política, sabemos que o nobre deputado não tem pretensões pessoais em querer ser deputado, mas sim lutar por uma polícia forte e que seja respeitada, aliás se fosse interesse pessoal, este deputado não teria tomado a frente e assumido a responsabilidade na greve de 1997. Uma característica de pessoas egoístas é sempre ficar esperando alguém fazer e nunca assumir nada. Definitivamente essa não é uma característica sua.

Parabéns por está postura de líder e obrigado por me representar!

Abraços e vamos a vitória!

Cb Alessandro

SGT ANDRADE/IPATINGA/MG disse...

SENHOR DEPUTADO, HOJE FUI VISITAR ALGUNS PARENTES NA ZONA RURAL E APROVEITEI PARA LEVAR NOSSO MATERIAL DE CAMPANHA E CONVERSANDO COM PESSOAS INTEGRAS, FORMADORAS DE OPINIÃO E QUE SABEM DA IMPORTÂNCIA DE TERMOS UMA POLÍCIA FORTE, SE COMPROMETERAM A NOS APOIAR VOTANDO NO DIA (05/10/14) PARA DEPUTADO ESTADUAL: 15.190 (CABO JULIO) E PARA DEPUTADO FEDERAL: 7010(CABO COELHO). ATÉ A VITÓRIA!!!

Daniel Carvalho disse...

Nobre companheiro faltou somente uma campanha mais atuante em minha sede de trabalho em Santa Luzia, onde vários militares estão ainda com duvidas no seu voto. Pelas lutas conquistadas e pelos direitos defendidos e bom trabalho prestados eu minha família e meus amigos votaremos em você abraços.

Anderson Ribeiro disse...

Parabéns Sr. Deputado !!!

Como sempre, muito humilde, inteligente e integro em suas ações e palavras.

Deus te abençoe a cada dia mais...


SD QPE Musico Anderson, Poços de Caldas

Sd Humberto disse...

Quando o senhor esteve aqui em Manhuaçu, eu estive presente e fiquei satisfeito com o que disse ao final da reunião, portanto, sou prova real do que disse: "se não querem votar em mim, vote no Sargento Rodrigues ou no Coronel Piccinini, mas votem dentro de casa. Fortaleçam a nossa instituição". Com isso demonstrou estar fazendo uma campanha bacana e honesta. Meu carro está plotado desde o início da campanha. Rumo à vitória! Cb Júlio e Cb Coelho. Que Deus nos proteja!!! Sd Humberto Altino.

Anônimo disse...

SOLICITAÇÃO:
Venho-lhe pedir encarecidamente que comece uma luta em prol dos VIGILANTES(vigilantes de banco, por exemplo). Acontece, faz muitos anos que o estabelecimento que necessita de vigilantes, na maioria agências bancárias, contratam através de licitação empresas de segurança, e estas empresas contratam os vigilantes. Findando o contrato da empresa com a agência bancária, ocorre que outra empresa ganha a concorrência. A empresa anterior sai, não acerta os direitos trabalhistas dos vigilantes e muitos casos vão parar na justiça sem solução. E o estabelecimento (agência bancária) não se responsabiliza pelos danos causados aos vigilantes, alegando que o problema é entre o vigilante e a empresa terceirizada. É necessário uma lei de obrigação ao ressarcimento dos direitos trabalhistas dos vigilantes pelas agências bancárias quando isso ocorrer. Importantíssimo será para os vigilantes, se o senhor montar um projeto de lei baseado neste fato, em discussão na assembleia. Peço grande atenção do senhor por esta causa, pois,os vigilantes são pais de família e necessita de alguém que lute em prol dos nossos direitos. Por GENTILEZA e SINGELEZA de CORAÇÃO, aguardo uma resposta do senhor. DEUS abençoe.

Anônimo disse...

Quem conheceu o " Cabo Júlio César " da Primeira Cia Rotam...posteriormente o lutador civil cabo Júlio, depois o deputado Federal Cabo Júlio - lutou feito louco pela Instituição e pelos excluídos da ocasião de 1997 - Sou testemunha ocular disso. Labutamos diariamente com tantas Sindicâncias, que 20 advogados seriam pouco. Veio o aprendizado, as decepções e o melhor, pareceu que amadureceu mesmo o Deputado. Vieram as lutas internas, ambições humanas. Acredite, que conheceu aquele outro Júlio, mesmo com tantas idas e vindas, tua fala ainda compromete, tuas ações mostram interesse pela classe. Na minha família serão pelo menos 28 fotos, maioria civis. Seu banner está colado em casa de parentes civis. Esmurece não, mesmo aqueles que não sabem dos teus gritos e choros particulares, sua defesa em prol dos certos. Pode sim ter sido injusto, más quem nunca será?
Lute deputado, busque ouvir mais, acabe com os abusos Inconstitucionais do MAPPA, ferindo direitos, dos bilhões roubados do IPSM, do corporativismo protegendo Oficiais. Fale ao seu público das motivações do Pro Morar - fale a verdade, volte a ser aquele Júlio da Rua Mato Grosso, e Turfa e Av Amazonas, faça BARULHO, amparado, cobre do Comandante Geral a Legalidade atual do MAPPA - Isso deveria ter sido uma das sua plataformas de campanha. Estamos ai deputado -
Obrigado - Ex morador apto Palmares - e tirol - Militar da ativa - Lotado em Timóteo hoje.

Anônimo disse...

Minha Família e Amigos apoiamos o CB Júlio.

Anônimo disse...

Militar são integrantes das forças armadas ( marinha, exército e aeronáutica)conforme a constituição. Ou seja, funcionário federais. PM não é militar. Abraço.

Anônimo disse...

Muito bem lembrado companheiro companheiro. Pms são apenas forças auxiliares as do exercito. Nada mais!!!

Anônimo disse...

Sobre os vigilantes, ainda aguardo resposta.

Anônimo disse...

CB Julio

Boa Noite!

Sua campanha no interior foi um pouco fraca, pois nós militares tivemos que pegar o nº na internet, hoje.
Mas estamos com voçe e nossas famílias.
Deus te abençoe.
PRAÇA VOTA EM PRAÇA.
Lavras -MG

Sgt João Batista disse...

Ao companheiro Cb Julio, que Deus em sua infinita sabedoria possa lhe orientar e te iluminar na sua jornada que é muito longa.
Tive o prazer de conhece-lo e compartilhar com você e parte de sua equipe e pude ver a união e a vontade de ajudar a nossa gloriosa Polícia Militar de Minas Gerais por intermédio das necessidades de vários policiais militares no dia-a-dia.
Desejo que você seja eleito com um grande número de votos e possa nos representar na Assembleia.
Parabéns pela campanha limpa, sem atacar ninguém e sempre buscando de Deus o caminho certo para as dificuldades que surgiram.
Parabéns pela sua conduta durante a campanha onde eu pude ver você dizer "vote em min, mas se eu não lhe agradar vote em um policial".
Novamente parabéns pela sua postura de um grande líder e pela ética em que foi conduzida a sua campanha.

Um grande abraço e vamos aguardar a vitória.

Sgt João Batista - Uberlândia