O que você procura?

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

PRESO PRINCIPAL SUSPEITO DE ASSASSINAR INVESTIGADORA DA POLÍCIA CIVIL

Um dos suspeitos de matar uma investigadora da Polícia Civil foi preso nesta quarta-feira (3) em Belo Horizonte. Maria Regina de Almeida, de 48 anos, foi assassinada durante um assalto na última segunda-feira (1º).
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

1 comentários:

Anita F. Tocafundo disse...

Prezado Deputado,

Realmente me enganei , hoje na ALMG quando disse que a Lei Orgânica do Sistema Prisional foi votada.Achei que estavam falando da Reforma Administrativa do Governo. Mais do que nós que acompanhamos as discussões por mais de três anos dentro do Sindasp,no que tange aos Servidores Administrativos e Técnicos do Sistema Prisional . Fomos nós servidores que criamos nossas reivindicações para as discussões que até então, foi enviada à Almg, no final de 2014 , com vários cortes pela SEPLAG e Casa Civil e consequentemente não foi colocada em votação. Fizemos algumas Emendas com o Deputado Lafayette Andrada , mas agora, refizemos o Projeto original e repassamos ao Adeilton , Presidente do Sindasp , o qual já acordado com o Secretário de Defesa Social, enviará o Projeto novamente ao Governo, juntamente com o Projeto dos Agentes de Segurança Penitenciária . Portanto
o nosso "capítulo" já está discutido em comissão . O que temos que fazer agora, é agilizar o envio do Projeto pelo Executivo para votação na ALMG. A nossa maior urgência é sermos considerados servidores do quadro da Segurança Pública e assim termos índices de reajustes tais quais os Agentes,e outra visão para maior valorização destes servidores dentro da SEDS/SEPLAG Portanto, nosso receio é que "muita interferência" nessa hora, possa atrasar mais as negociações com o Governo, na ALMG e atrasando assim nossas mudanças essenciais para nossas carreiras . Temos servidores da carreira antiga com mais de 30, 35 40 anos de tempo de serviço, dentro de uma Unidade Prisional , aguardando certas modificações para se aposentarem, pois perdem o Adicional de Local de Trabalho e aposentam -se com menos de 40% do seus salários ! Uma triste realidade !!! E olha que estes servidores Administrativos e Técnicos do Sistema Prisional foram maioria , sendo reféns nas constantes rebeliões , e hoje sem uma valorização mais significativa, ficará mais difícil a estes uma aposentadoria digna ! É isso ! Apoiar sim, mas atrasar mais o processo intervindo em discussões e na dinâmica do processo, aí fica difícil......