O que você procura?

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

OPERAÇÃO DA PF CONTRA TRÁFICO INTERNACIONAL DE DROGAS PRENDE CINCO EM MINAS GERAIS

Operação veraneio da Polícia Federal

Cinco pessoas foram detidas em Minas Gerais, nesta terça-feira, pela Polícia Federal, na operação "Veraneio". A ação foi deflagrada com o objetivo desarticular uma organização criminosa sediada na cidade de Sinop, no Mato Grosso. O bando é acusado de tráfico internacional de drogas, associação para o tráfico internacional, lavagem de dinheiro e organização criminosa transnacional no Brasil, Venezuela e Honduras. Ao todo, em todo o país, estão sendo cumpridos 48 mandados judiciais, sendo sete prisões temporárias, 17 conduções coercitivas e 24 buscas e apreensões em Minas Gerais e nos estados do Mato Grosso, São Paulo e Amazonas.

Foram apreendidos veículos novos, R$ 6.500 (entre dinheiro em espécie, cheques, euros e dólares), joias e diversos documentos. Em Minas, foram cumpridos um mandado de busca e apreensão em Formiga; um mandado de condução coercitiva e um de busca e apreensão em Pará de Minas; e um mandado de condução coercitiva e um de busca e apreensão em Belo Horizonte.

A investigação se desenvolveu entre 2011 e 2014 e estima-se que eram transportadas cerca de uma tonelada de cocaína por mês entre a região de Apure na Venezuela, fronteira com a Colômbia e dominada pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), tendo como destino Honduras, visando abastecer cartéis sediados no México.

A quadrilha baseada em Sinop (MT) é a responsável pela aquisição de aeronaves no Brasil, adaptando-as ao transporte de cargas, adulteração do prefixo identificador e por todo o transporte entre a Venezuela e Honduras, onde abandonam a aeronave e retornam ao país em voo comercial.

A operação contou com o apoio da Polícia de Honduras, da Força Aérea Colombiana e da Agência Antidrogas dos EUA (DEA), responsáveis pela captura de aeronaves e apreensão de drogas em solo hondurenho, além da Força Aérea Brasileira.

De acordo com a Polícia Federal, o nome da operação “Veraneio” refere-se à coleção de veículos mantida pelo líder da organização criminosa.

FONTE: HOJE EM DIA (*Com Polícia Federal)
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: