O que você procura?

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

RAPAZ QUE FUGIA DE BLITZ JOGOU CARRO CONTRA POLICIAL MILITAR EM LAVRAS

Rapaz com passagem por tráfico, homicídio, lesão corporal e outros, joga carro sobre policial militar para atropelá-lo ele conseguiu se esquivar, mas se feriu levemente

A Polícia Rodoviária Estadual (PRE), durante a realização de uma blitz da "Operação Férias", na BR-265, no km 345, na tarde de ontem, sábado, dia 15, deu sinal de parada a um veículo Chevrolet Vectra, cor verde, placas KIJ-0447, de Lavras, porém, o motorista desobedeceu a ordem de parada e fugiu em alta velocidade, sendo acompanhado por uma viatura da PRE.

Durante a fuga o motorista realizava manobras perigosas, colocando em risco a vida de pessoas e inclusive a dele, forçando ultrapassagens. Os policiais rodoviários solicitaram apoio de outras viaturas e uma delas se posicionou no trevo do Distrito Industrial para abordar o veículo.

O motorista, ao perceber a presença dos policiais na frente de seu automóvel, jogou o carro sobre um deles, que apesar de conseguir sair da frente do veículo, foi atingido no braço pelo espelho retrovisor. Com o impacto o policial sofreu uma lesão leve. Após jogar o carro sobre o militar o motorista continuou a fugir, sendo seguido pelas viaturas.

Viaturas da Polícia Militar, do policiamento urbano, também se empenharam no cerco ao automóvel. O motorista conseguiu sair de uma via urbana e entrou numa estrada vicinal, sendo percebido pelos policiais que continuaram a persegui-lo.

Em dado momento o motorista perdeu o controle direcional do carro e saiu da via de acesso. Impossibilitado de continuar a fuga de carro, ele e um acompanhante deixaram o veículo e fugiram por um matagal tomando rumo ignorado. A polícia continuou na tentativa de detê-lo, porém ele e seu companheiro conseguiram fugir.

Os policiais conseguiram identificar o motorista como sendo Richard Bernardo, 24 anos, natural do Rio de Janeiro e morador da Vila Alzira. Richard, que é conhecido como "Meninão", tem passagens pela polícia por tráfico de entorpecentes, homicídio, lesão corporal e outros crimes.

Quando os policiais removiam o automóvel para o pátio credenciado pelo Departamento de Trânsito (Detran), apareceu a companheira de Richard e se identificou como sendo proprietária do veículo. Ela disse que "Meninão" havia saído com o veículo para trabalhar.

Os policiais consultaram o sistema informatizado e constataram também que Richard não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O veículo foi recolhido e o policial ferido na operação foi atendido na Unidade Regional de Pronto Atendimento (Urpa), sendo medicado e liberado em seguida. A polícia continua a procura do motorista e do passageiro que ainda não foi identificado.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: