O que você procura?

segunda-feira, 16 de março de 2015

POLÍCIA RECAPTURA MAIS UM DOS 11 PRESOS FORAGIDOS EM VAZANTE, MG

cadeia vazante (Foto: Polícia Civil/Divulgação)Detentos renderam agente e quebraram cadeia. Cinco foram recapturados.

Seds informou que todos serão remanejados para unidades da região.

Cinco dos 11 presos que fugiram da cadeia pública de Vazante foram recapturados neste domingo (15), conforme informou a Polícia Civil. Quatro deles foram detidos logo após a fuga e um foi encontrado pela Polícia Militar escondido em um matagal, na zona rural da cidade, no início da tarde. Após o motim na cadeia, o local ficou parcialmente destruído e, por isso, todos serão remanejados para outras cidades da região. Ao todo, o local contava com 51 presos.

Durante a manhã, um grupo rendeu e agrediu um agente penitenciário. Os rebelados destruíram equipamentos eletrônicos, mobiliários e documentos. Em seguida, 11 fugiram. Devido aos estragos, o local não tem condições de manter os 45 presos que ainda restam e durante todo o dia ficaram no pátio da instituição.

Segundo a assessoria da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), os presos serão remanejados pela Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi) para unidades prisionais da região até que a cadeia seja reformada.
Entenda o caso

Segundo informações da Polícia Militar (PM), antes do café da manhã os presos renderam um agente penitenciário segurando-o através das grades. Ele foi agredido na cabeça com um objeto pontiagudo que não foi localizado. Os detentos tomaram as chaves das celas que estavam em posse do funcionário e liberaram todos os outros detidos.

Enquanto os detentos estavam soltos no presídio, a PM cercou o local e conseguiu recapturar quatro fugitivos. O agente ferido foi levado para o hospital municipal, onde recebeu atendimento com suturas e passa bem. Durante a tarde, o quinto fugitivo foi encontrado escondido no matagal.

O reforço policial chegou de Paracatu e após negociações, os presos rebelados se entregaram. Um revólver calibre 22 foi apreendido. Os policiais entraram na cadeia e os presos foram alocados no pátio, onde foram revistados.

Ainda segundo informações da polícia, a parte administrativa do prédio ficou destruída. Equipamentos eletrônicos como computadores e as câmeras de videomonitoramento foram danificados. Documentos também foram destruídos. As celas tiveram os cadeados arrombados. Em duas delas, as barras das portas foram serradas.

FONTE: G1
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: