O que você procura?

segunda-feira, 27 de abril de 2015

CRIMINALIDADE REDUZ EM MINAS

assalto na senhora do carmoBalanço divulgado pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) revela que a criminalidade diminuiu em Belo Horizonte e Minas Gerais no primeiro trimestre de 2015 em relação ao mesmo período do ano passado. Contudo, o número de roubos aumentou.

Conforme o levantamento, nos primeiros 90 dias deste ano foram registrados 25.781 roubos no Estado, sendo 9.246 na capital. No ano passado, foram contabilizados 23.284 em Minas e 8.504 em BH, aumento de 10.72% e 8,73%, respectativamente.

O número de homícidios caiu 11,72% nos 853 municípios mineiros e 34,06% em BH. Em 2015 foram 1.953 homicídios em Minas (ante 1.195) e 151 na capital (ante 229). Caiu, também, os registros de sequestro e cárcere privado e extorsão.

Estupro

Pela primeira vez o balanço da Seds detalha a quantidade de estupro cometido contra crianças e adolescentes. De acordo com o órgão, em 2015 foram registrados 361 estupros em Minas, sendo que nos últimos três anos, os estupros de vulneráveis representaram mais da metade de todos os estupros registrados no Estado. Foram 6.875 ocorrências de estupro de vulnerável consumado no período, para um total de 12,1 mil casos de estupro em geral. 

"Sonegava-se à população sistematicamente a estatística desse tipo de crime, que nem sequer era incluída na soma geral de estupros. Assim, quase 7 mil estupros ficaram de fora das estatísticas de 2012 para cá", disse a Seds por meio de nota.

Conforme o levantamento, nos três primeiros meses deste ano foram consumados 361 estupros de adultos em Minas (-6,48). No entanto, os estupros de vulneráveis foram 562 estupros de vulneráveis (-15,11%).

Segurança

O secretário de Estado de Defesa Social, Bernardo Santana, a queda da criminalidade sinaliza uma resposta positiva à política do governo atual para a segurança pública. “Os dados de roubos, principalmente, são focos prioritários do nosso trabalho, pois esse tipo de ocorrência está sendo e será severamente combatida com a presença cada vez mais intensa de nossas forças nas ruas”, ressaltou.

O secretario informou que o governo está investindo na recomposição dos efetivos da Polícia Militar e da Polícia Civil, em tecnologia e em inteligência, para derrubar também o número de roubos. “Buscamos modernizar e equipar as nossas forças policiais para um combate cada vez mais ostensivo e eficaz dos crimes”, afirma Bernardo Santana.

FONTE: HD
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: