O que você procura?

quinta-feira, 28 de maio de 2015

AUDIÊNCIA PÚBLICA: DEPUTADO CABO JÚLIO PEDE CONVOCAÇÃO DOS OFICIAIS QUE PRENDERAM CABO BM ILEGALMENTE

O Deputado CABO JÚLIO, vice-líder do Governo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), protocolou nesta quinta-feira (28), pedido de audiência pública, na Comissão de Direitos Humanos, para discutir o abuso de autoridade e prisão ilegal por parte do 1º Tenente Abel Senhorinho Ferreira e do Aspirante Rafael Barros Teixeira, em desfavor do Cabo do Corpo de Bombeiros Alexandre Santos Porto. O parlamentar pede ainda a convocação dos envolvidos, inclusive dos oficiais.  

''Às duas horas da manhã, o Presidente do Auto de Prisão em Flagrante (AFP) informou ao militar e seus advogados que o Coronel do Comando Operacional de Bombeiros (COB) determinou que não se lavrasse o APF por não vislumbrar NENHUM COMETIMENTO DE CRIME POR PARTE DOS MILITARES DA GUARNIÇÃO e, ainda, que o Aspirante do 2º Batalhão de Bombeiro Militar não tinha autorização de empenhar uma guarnição do Batalhão de Emergências Ambientais e Resposta a Desastres (Bemad), subordinado diretamente ao COB, e estava sob determinação do COBOM", relatou o Deputado CABO JÚLIO que esteve no local como advogado do Cabo e foi ameado de prisão pelo Tenente.





Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

7 comentários:

Anônimo disse...

... puts!!! Não tem mais nada pra fazer naquela Assembléia??? É brincadeira!!!

Sd Interior disse...

Esse Zé ruela que postou comentario deve ser oficial, quem elege nossos deputados tem que ser representado e defendido, esses oficiais da PM e BM estão retornando com o autoritarismo de costume, o nivel superior em nada favoreceu a formação desses.Estamos sofrendo com os desmandos e perseguição como antes.Quando procuramos a justiça somos ainda mais perseguidos, uma vez que o TJMG dificilmente julga procedente em desfavor do Estado.

Anônimo disse...

Carreira única para BM, Polícias Civil e Militar, ou vocês já ouviram algo do tipo acontecer na PRF?

Anônimo disse...

Não é questão de ter ou não o que fazer. Qualquer um de nós poderemos estar sujeito ao que o referido militar foi submetido. Se configurado que sirva de exemplo para qualquer outra prisão ilegal. Por isso, CABO JÚLIO ESTÁ DE PARABÉNS por socorrer de imediato aquele que estava em dificuldade, fato que pode acontecer com qualquer um de nós.

Anônimo disse...

O REGIME MILITAR(DITADURA)já acabou a mais de vinte anos... vivemos atualmente no PARADIGMA DO ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO. CARREIRA ÚNICA JÁ EM TODAS AS INSTITUIÇÕES MILITARES e Nível Superior de Escolaridade (Direito), principalmente para Oficiais evitaria muitas arbitrariedades como essa.

Anônimo disse...

DEVE SER UM OFICIALZINHO DE 5 CATEGORIA..... ESCOLHE UM LUGAR NO MAPA SEU BABACA.... VAI SER NO MINIMO TRANSFERIDO....KKKKKK

Anônimo disse...

Não estou aqui querendo defender o cabo ou o oficial....e sim um cidadão que precisou de uma guarnição de combate a incêndio. Um BOMBEIRO de verdade "cagar" para um incêndio em residência, independente de no local ter sido um fogo no mato, é péssimo....o cabo não teve sangue de combatente....se num aguenta bebe leite!