O que você procura?

quinta-feira, 28 de maio de 2015

DITADURA NO CORPO DE BOMBEIROS - DURANTE A MADRUGADA TENENTE AMEAÇA PRENDER DEPUTADO QUE DEFENDIA CABO PRESO ILEGALMENTE


Entenda o caso:

Uma guarnição do Corpo e Bombeiros, do pelotão REGAP, em Betim, havia terminado de combater um incêndio em um contêiner por 04 (quatro) horas, em Contagem, quando o COBOM fez contato com o CBU do 2º BBM informando de uma nova ocorrência em Mateus Leme, de “INCÊNDIO EM RESIDÊNCIA COM VÍTIMAS”.

O CBU, um Aspirante a oficial, determinou que a viatura composta de 4 praças (dois cabos e dois soldados) o acompanhassem em comboio até o local em Mateus Leme. Ao ser informado que a guarnição deveria reabastecer com água para a nova ocorrência, o Aspirante foi na frente, desfazendo o comboio, deixando a viatura no abastecimento.

Como a viatura do Corpo e Bombeiros ESTÁ SEM RÁDIO DE COMUNICAÇÃO NEM HT, DESDE JANEIRO, na altura da Fiat Automóveis, um dos militares ligou para o 193 (COBOM) solicitando o endereço da ocorrência em Mateus Leme para que chegasse ao local mais rapidamente, uma vez que, o Aspirante só havia informado a cidade.

O despachante do COBOM informou que não se tratava de incêndio em residência com vítimas e sim “fogo no mato”, e que já havia empenhado outra viatura e DETERMINOU que a guarnição retornasse ao quartel.

Chegando ao quartel, o sargento chefe do serviço anunciou através do rádio da SOU da unidade que a viatura estava “no ponto zero” e liberada da ocorrência. Instantes após o COBOM determinou que a unidade enviasse novamente uma viatura para a ocorrência em Mateus Leme e a guarnição que estava de descanso tomou posse da viatura foi até o local onde realmente foi constado que se tratava de fogo no mato e não incêndio em residência, e atendeu a prontamente a ocorrência.

No local, a guarnição foi indagada pelo Aspirante o porquê de não ser a mesma guarnição que compareceu ao local, sendo informado de todo o ocorrido e da determinação do COBOM. 

Várias horas após o término da ocorrência, e depois que a guarnição já havia atendido várias outras ocorrências, o Aspirante do 2º BBM, acompanhando do CBU da BEMAD, um 1º Tenente, às 21h, deu voz de prisão ao CB comandante da guarnição do Pelotão da REGAP por “descumprimento de ordens”.

Mesmo após todos os integrantes da guarnição o informarem da orientação do COBOM e do relato do 1º Sgt chefe do Serviço, o Aspirante acompanhado do 1º Tenente RATIFICARAM A VOZ DE PRISÃO ao militar.

O 1º Tenente informou ao militar que ele a partir deste momento “ESTAVA SOB CUSTÓDIA DO ESTADO, INCOMUNICÁVEL E PROIBIDO DE TRANSITAR NO INTERIOR DO QUARTEL”. Que poderia fazer duas ligações apenas, uma para seu advogado e outra para a família. O militar então fez apenas uma das ligações para seu advogado solicitando a comparecer no local e acompanhar o APF.

A voz de prisão foi dada na parte exterior do quartel ao lado do hall das bandeiras, local de sereno por se tratar de local bastante frio e úmido e o militar foi proibido de se deslocar até a cozinha onde estava sua gandola. Depois de meia hora na friagem o militar após reafirmar do frio no local, foi então autorizado a vestir sua gandola na cozinha, devidamente escoltado pelo chefe do serviço e a guardar seus pertences pessoais.

Mesmo sem conseguir contato com o despachante que determinou a liberação da viatura na ocorrência e ainda sem ouvir a gravação do contato 193, os procedimentos para a lavratura do Auto de Prisão em Flagrante se iniciaram, sob a presença de outro oficial, o 1º Tenente Marcelino, que por dever de transparência foi muito educado e profissional.

O militar acionou a Assessoria Jurídica da ASCOBOM que enviou para o local o Deputado CABO JULIO na qualidade de Diretor do corpo jurídico e o Dr. Márcio Lopes, ambos advogados do militar.

Após se inteirar do ocorrido e entregar sua Carteira da Ordem dos Advogado do Brasil, Seção MG (OAB), ao Tenente Marcelino, encarregado de presidir o APF o Deputado CABO JULIO, perguntou ao outro 1º Tenente se o militar estava incomunicável e se podia fazer uma ligação telefônica, uma vez que só havia comunicado ao seu advogado, e pretendia informar a família.

O oficial respondeu: “não fale comigo, não se dirija a mim, fale com o Tenente Marcelino”, ao que o advogado e parlamentar na presença de três testemunhas indagou novamente, “mas foi o senhor que deu a ordem de que ele estava incomunicável e proibido de até portar um celular”. O oficial respondeu aos gritos: “NÃO TE AUTORIZO A FALAR COMIGO, NÃO SE DIRIJA A MIM QUE EU TE PRENDO”.

Eu o informei que na qualidade de advogado do militar tenho o direito de saber se o cliente podia ou não fazer a ligação e que fazer a indagação é uma prerrogativa do advogado garantida pelo Estatuto da OAB.

Ao ser novamente ameaçado de prisão pelo Tenente, este parlamentar disse que estava ali, na qualidade prioritária de advogado, mas que também era Vice- Presidente de uma Associação de classe, parlamentar e membro da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa.

Ao ser pela terceira vez ameaçado pelo oficial, este parlamentar contatou o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Coronel Gualberto relatando o ocorrido, e informando das providências legais que serão tomadas no dia seguinte.

As duas da manhã, o Presidente do APF informou ao militar e seus advogados que o Coronel COB determinou que não se lavrasse o APF por não vislumbrar NENHUM COMETIMENTO DE CRIME POR PARTE DOS MILITARES DA GUARNIÇÃO, e ainda que o Aspirante do 2º BBM não tinham autorização de empenhar uma guarnição do BEMAD, que se subordina diretamente ao COB, e estava sob determinação do COBOM.

Os militares vão acionar o Aspirante e o 1º Tenente nas esferas cível e criminal, e a Assembleia legislativa vai convocar os dois oficiais a se explicarem na Comissão de Direitos Humanos pela prisão ilegal e a ameaça de prisão a um parlamentar.


Deputado CABO JÚLIO
Diretor Jurídico da ASCOBOM
Advogado OAB 136.363
Vice-Líder do Governo
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

38 comentários:

Anônimo disse...

Graças a DEUS temos ótimos representantes como o sr e outros... aqui onde sirvo no sentinela da mantiqueira, também temos abusados como este tanto oficial como praça quando cumpre função de oficial, tivemos problema semelhante mas só esperei o segundáo me dar ordem de prisão ilegal que iria mostrar a ele o que é ser pm, mas recuou e conseguiu perceber ou foi informado a tempo de seu abuso. pms ou bms como esse tinham que ser excluidos e presos para sentir o gosto de seu próprio abuso de poder. como ai, aqui também tem muito disso. obrigado CB Júlio pela representação honesta e digna. Do lado da verdade e da LEI, junto do CRIADOR.

Anônimo disse...

Infelizmente no CBMMG ainda é comum esse tipo de comportamento.

Anônimo disse...

k!k!k!k!k!k!k!k! Adoro quando oficial"valentão" leva "ferro" esse é daqueles que dentro do quartel é corajoso (com praça) fora do quartel, até rebola.....

Anônimo disse...

k!k!k!k!k!k!k!k! Adoro quando oficial"valentão" leva "ferro" esse é daqueles que dentro do quartel é corajoso (com praça) fora do quartel, até rebola.....

Nivaldo Inacio de Carvalho Carvalho disse...

PARABÉNS MAIS UMA VEZ CABO JULIO POR NÃO IMPORTAR A HORA NEM O LOCAL ESTAR SEMPRE A OUVIR, PROTEGER E COIBIR ESSAS INJUSTIÇAS QUE AS VEZES ACONTECEM NO MEIO MILITAR E AGORA CORRIQUEIRA NO CBMMG.

QUE DEUS TE ABENÇOE CADA VEZ MAIS.

Anônimo disse...

Por esta e tantas outras que sou totalmente a favor da desmilitarização. Precisamos de profissionais não de semi deuses.

Adjuntoria de Emergências Ambientais Cob disse...

Atualmente, o ingresso nos quadros de oficial do CBMMG se dá através de concurso, onde o único pré-requisito é o ensino médio, sem que o servidor tenha qualquer experiência na função bombeiro militar. O atual modelo tem se mostrado completamente ineficaz, uma vez que a cada dia que passa crescem as desigualdades e desavenças dos oficiais em relação aos praças. Ao mesmo paço, as corporações policiais da quase totalidade dos países desenvolvidos, europeus e Estados Unidos da América, têm no aproveitamento da experiência profissional o primeiro requisito para o ingresso nas funções de comando de suas policias e, notadamente, o modelo utilizado nestes países tem trazido resultados muito mais positivos as suas sociedades.
Não obstante, a constituição de um novo quadro no âmbito da Brigada Militar e do Corpo de Bombeiros Militar, constituindo uma carreira única da graduação de soldado ao posto de coronel, inegavelmente, além da experiência acumulada ao longo dos anos na carreira o qual terá o servidor ao assumir as funções de comando, trará um modelo que estimulará os servidores mantendo-os motivados para a execução de suas atividades, o que só trará benefícios ao conjunto da sociedade.
É mister destacar, que o atual modelo de carreira das corporações é altamente desmotivador para 95% dos servidores, uma vez que existe uma clara divisão na corporação, afetando a estima da tropa, o que vem claramente em desfavor da sociedade. Ainda, a nova carreira possibilitará que tanto no âmbito da Policia Militar, quanto no âmbito do Corpo de Bombeiros Militar, outras formações acadêmicas sejam bem vindas para a assunção das funções de comando, levando com isto a heterogeneidade social para dentro das corporações, extremamente necessário para uma polícia que se pretende democrática.

Anônimo disse...

Por esse tipo de coisa que devemos antes de tudo, (ciclo completo,unificação,mais policiais etc), lutar pela carreira única igual a PRF.
Tanto na PM,Bombeiros, Polícia Civil temos esses desmandos de quem entra com 23 anos já mandando e desmandando sem a devida inteligência emocional e experiência necessária.

Anônimo disse...

Uma vez que esses oficiais deram voz de prisão, creio que eles deixaram de ser autoridade para soltar os presos, uma vez que houve uma acusação que os militares (praças) cometeram crime o que seria crime de calunia. Gostaria de ser informado dessa audiência na assembleia legislativa.

Anônimo disse...

Uma vez que esses oficiais deram voz de prisão, creio que eles deixaram de ser autoridade para soltar os presos, uma vez que houve uma acusação que os militares (praças) cometeram crime o que seria crime de calunia. Gostaria de ser informado dessa audiência na assembleia legislativa.

Anônimo disse...

Em Outubro do ano passado, um oficial do bombeiro veio em minha casa, me humilhou uso a sua patente de oficial para me constranger diante minha familia, pela aquela humilhação que eu sofrer denuncie a corregedoria bombeiro, na ouvidoria, ATE HOJE NA TIVE NENHUMA RSPOSTA, NÃO VI NEHUMA PONIÇAO A ESSE OFICIAL, EU ACREDITAVA QUE O BOMBEIRO AJUDAVA AS PESSOAS NOS MOMENTOS MAIS DIFICIES, MAIS NÃO E NADA DISSO, VOCE VAI AJUDAR O PROXIMO E ACABAR SENDO ACUSADO DE VARIAS COISA PELO OFICIAL DO BOMBEIRO EM SERVIÇO, QUE EM QUESTAO NAO TINHA NADA Vê COM O CASO. POR CAUSA DISSO EU FUI VISTA PELA SOCIEDADE COMO CRIMINOSA. A JUSTIÇA DE DEUS E MUITO DIFERENTE DO QUE DOS HOMENS , ACREDITAR NAQUELES QUE DE MAL FÉ , MENTIROSO , VOCE ACABA SAINDO COMO RUIM


AQUI FICA MEU DESABAFO. GISLENE PEREIRA

Anônimo disse...

PARABÉNS
SR CABO JULIO PELO APOIO DADO AO NOSSO AMIGO .PRECISAMOS DE MAIS PESSOAS COMO O SR.

MB disse...

Orgulho te ter cabo Julio como representante ! 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻

Jose Adilson disse...

Carreira única para BM, P. Civil e P. Militar, resolve isso.

Anônimo disse...

Muito bom! Conhecimento vem com experiencia. E experiência tem que ser valorizada, temos que acabar com essa divisão de classes, carreira única. E exigência de graduacao, e cursos internos para promoção. Chega de turmas de CCDs e CFO cheia de gente que entra pelas portas dos fundos.

Anônimo disse...

Muita mentira pra uma reportagem só.... Fatos distorcidos e mal contados...

Anônimo disse...

Vou falar uma coisa viu, parabéns Deputado.

Anônimo disse...

SENHORES, VOCES ESTÃO ANALIZANDO O PONTO DE VISTA DO CB JULIO.NÃO ESTOU DIZENDO QUE É SENSACIONALISMO DA PARTE DELE, POREM DEVEMOS SABER TODAS AS VERSOES ANTES DE JULGAR A ATITUDE DE QUALQUER MILITAR.
NÃO ESTOU FALANDO QUE O OFICIAL ESTA CERTO OU ERRADO, SIMPLESMENTE ESTOU DIZENDO QUE ELE FALOU O QUE QUIS NA MATERIA...... E A OUTRA VERSÃO?

Agilson Aprigio disse...

Prezado Deputado Cb Julio,
Parabéns por vossa ação, Deus te abençoe.

Att
3° Sgt Agilson Aprigio

Anônimo disse...

Não é possível que só eu vejo que ele está sendo parcial. Todo mundo acredita piamente mesmo no que ele diz?

Anônimo disse...

Kkkk kkkk.... O onda face e o aspira se Fu... Kkkk... Vai sentar na graxa...

Anônimo disse...

Só ficam de olho nos "oficiais" mas se esquecem que tem mais cobras entre os próprios praças...próprios companheiros de ciclo que inimigos no oficialato.......os mais mais ferram os praças são são próprios praças.....

rubens assis disse...

É isto Deputado, chega desmandos. A época de arbitrariedade nos quarteis já se foi, esse Aspirante precisa se atualizar. Parabéns pela sua postura em defender os direitos dos profissionais de segurança pública. Isto é digno.

Anônimo disse...

O CBMMG tem desses covardes que merecem ser punidos pois se acham acima das leis. Estou na Corporação a 28 anos e já presenciei muitos abusos, tem alguns que não possuem qualquer formação acadêmica na área do direito e se acham interpretes da lei.

Renato Caldeira da Silva disse...

Li este post, dá para fazer uma reflexão sobre o ocorrido, mas não dá para julgar a atitude dos oficiais apenas com o que está escrito aqui, e tratá-los com desrespeito como alguns estão fazendo aqui, é tanto quanto reprovável, como a suposta atitude que eles tiveram. A atitude do Cabo Júlio foi nobre e cumpriu bem o papel para o qual se propôs e que seja feita justiça sobre o fato em questão, mas sem desvalorizar a autoridade das pessoas, pois hoje somos pedras , mas amanhã poderemos ser vidraças.

Sub Ten Nilson Pará de Minas disse...

Parabéns Sr. Dep Cabo Júlio.Dentro da farda quer seja PM ou BM há um ser humano que para prestar um bom serviço socorrer e proteger tem que estar motivado!

Sgt Carrasco disse...

Parabéns ao Cabo Julio.

marcelo leite disse...

muito boa tarde sr cb, sou policial militar aqui de sãopaulo e me sinto honrado de ser representado por grandes pessoas como o sr, isso além de vergonhoso foi de uma brutalidade insana, que só os insanos conseguem entender, meu DEUS, esse aspira e esse ten, deverão arcar com o constrangimento e com o abuso de autoridade e de poder, um abraço meu ilustre amigo.

Anônimo disse...

Suapi está cheio de gente arrogante tinha um tal superintendente mourão com tal arrogância que pisou no próprio rabo e parou em neves abrindo portão da cadeia foi a melhor coisa que aconteceu na Suapi

Anônimo disse...

Grande novidade, em Montes Claros, teve uma ocorrência em que um bicheiro faleceu, e que, um oficial furtou os cheques do mesmo e soltou na praça, tem vídeo os cheques que ele mesmo colocou nominal a elemesmo e nada aconteceu, em Minas oficial não é punido.

Anônimo disse...

Parabéns Cb Júlio pelo excelente desempenho com parlamentar.

Anônimo disse...

CARREIRA UNICA, PRA ONTEM, CHEGA DE MULEQUE ZÉ RUELA QUE NÃO SABE NADA DA PROFISSÃO DE BOMBEIRO.

Anônimo disse...

Aspirante muxiba e tenente incompetente dá nisso. Viva o limitarismo.

valedias_vale disse...

Parabéns Cabo Julio. Infelizmente tanto no CBM ou na PM existe oficial ditador e despreparado, pelo que eu li o 1º Ten e o Asp, são dois oficiais despreparados e precisaria passar por uma reciclagem e ser punido exemplarmente. O comentário do anônimo de 29 de maio de 2015 13:45 é gravíssimo e se for verdade o oficial que furtou os cheques não é policial e sim um ladrão que usa farda, teria que ser expulso da PM. Isso é vergonhoso e macula a imagem da gloriosa.

adilson disse...

Companheiros Deus abençoe a todos , oque eu entendi ouve uma precipitação por parte dos dois oficiais , faltaram um bom dialogo entre os oficias e a GU BM antes de dar voz de prisão , aguara aguenta as consequências , conheço o cabo porto pessoa seria nas suas funções e muito profissional , não deixe barato corre atras do seu direito cabo porto se você estivesse errado você estava preso , o bom que o Deputado viu oque acontece dentro do quartel abuso de autoridade , bom ele conhece como funciona ele já passou muito por isso .

Anônimo disse...

Parabéns Cb Julio!! Agora o senhor tem que procurar saber como anda o andamento do serviço das duas corporações com esse tanto de viaturas estragadas, principalmente nos Bombeiros de MG.

Anônimo disse...

ACREDITO NA VERSÃO DE QUEM ESTA SEMPRE PRONTO A DEFENDER, A INDÍCIOS DE ABUSO POR PARTE DO ASPIRANTE QUE NEM DEVERIA SER PROMOVIDO E TAMBÉM POR PARTE DOS TENENTES, TANTO QUE O COMANDANTE DEU ULTIMA FORMA NA PRISÃO DO CB, É SÓ RACIOCINAR E QUEM É SABE.

astronadc pereira de morais Astronadc Pereira disse...

Percebam o quanto é importante temos representantes da categoria na Política, ter esses representantes dentro dos Direitos Humanos. Devemos compartilhar essa estratégia na Luta por Direitos dos PMs em todo o Brasil, é ao meu ver a mais acertada.