O que você procura?

sexta-feira, 10 de julho de 2015

SERVIÇÃO PC: POLÍCIA ENCONTRA 1,7 TONELADA DE MACONHA EM OFICINA NA GRANDE BH

Quadrilha distribuía a droga em Minas Gerais e no Espírito Santo

A Polícia Civil apreendeu 1,7 tonelada de maconha em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. A droga estava em uma oficina mecânia do bairro Riacho das Pedras. Um homem de 36 anos foi preso.

A Operação Riacho Limp demandou dois meses de investigação e possibilitou a localização de um dos principais locais de armazenamento e negociação de drogas do Estado. De acordo com os delegados Sérgio Andrade e Arthur Vieira, que comandaram a operação, o volume de droga apreendida aponta que trata-se de uma quadrilha que efetuava a distribuição de maconha, cocaína e crack em toda a região metropolitana, e até mesmo no Espírito Santo.

A polícia iniciou a operação na última sexta-feira (3), quando obteve informações de que um veículo Renault Sandero se dirigia ao Espírito Santo com grande quantidade de drogas. Foi solicitado apoio à Polícia Rodoviária Federal (PRF) em João Monlevade, na região central de Minas, para interceptar o automóvel, mas os suspeitos abandonaram o carro antes de uma blitz realizada por policiais rodoviários na BR-381. Na ocasião, a Polícia Rodoviária encontrou, no veículo abandonado, 230 quilos de maconha.

No decorrer das investigações, a equipe de policiais civis conseguiu identificar o local onde a droga era armazenada pela quadrilha, uma oficina mecânica, localizada no bairro Riacho das Pedras. Os policiais apreenderam, no local, 1,7 tonelada de maconha, além de quatro veículos usados para a distribuição da droga: um Hyundai 130, um Hyundai Vera Cruz, um Fiat Punto e um Renault Sandero.

Marcelo Santos, 36 anos, que guardava o material na oficina, foi preso em flagrante. As investigações prosseguem a fim de identificar e prender o restante do grupo criminoso.

FONTE: R7

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

2 comentários:

Rodolpho Lourenço do Rio disse...

Grande serviço da Gloriosa PCMG! Mesmo sem estrutura, pessoal e recursos, ainda assim investiga e apreende 2 toneladas de narcóticos! Falei DUAS TONELADAS, e não 50kg ou 100kg! E a Polícia Civil segue avante!

Rodolpho Lourenço do Rio disse...

Nossa! Uma postagem falando bem da Gloriosa PCMG! O que aconteceu? Tal postura não é o normal aqui...