O que você procura?

sábado, 27 de fevereiro de 2016

POLÍCIA ESTOURA GALPÃO UTILIZADO PARA ESCONDER VEÍCULOS E MERCADORIAS ROUBADAS

Polícia Civil Caminhão roubadoA Polícia Civil estorou na noite desta sexta-feira (26) um galpão onde servia de esconderijo para veículos e mercadorias roubadas em Betim, região metropolitana de Belo Horizonte. O local, que fica no bairro Jardim Piemonte, foi descoberto através de denúncia anônima.

Segundo o chefe da Delegacia Especializada em Furto e Roubo de Veículos da Polícia Civil, Luciano Guimarães, o galpão servia para esconder veículos e mercadorias roubadas. “No local havia bloqueadores de sinal. Nossos investigadores conseguiram identificar que o estabelecimento seria como esconderijo temporário até que veículos e cargas pudem ser repassadas sem levantar suspeitas”, conta.

O último roubo registrado aconteceu na manhã desta sexta na BR-262, nas proximidades da cidade de Igarapé, região Central de Minas. Segundo a polícia, o motorista de caminhão, que seguia para Betim com o carregamento de alumínio foi interceptado pelos criminosos. A vítima foi feita refém e depois de ter a carga e o veículo roubados foi abandonado nas imediações do crime. “A suspeita é a de que a quadrilha estaria acompanhando o trajeto do caminhão e que os criminosos não sejam da região”, reforça o delegado Luciano Guimarães.

No local, a polícia encontrou dois caminhões, sendo um com carregamento de alumínio, um Sandero e várias placas clonadas, além de objetos pessoais de vítimas. “Dentro do carro encontramos perucas que eram utilizadas pelos suspeitos. Acreditamos que o veículo estava sendo utilizado para a prática de crimes”, reforça o delegado.

Enquanto a polícia realizava buscas no local, um homem foi detido. De acordo com o delegado ele estaria em busca de emprego no local. O homem, que não teve a identidade divulgada possui passagem por roubo.

Agora, a polícia investiga quem são os criminosos e para onde os veículos e os carregamentos roubados seriam distribuídos. “Sabemos que o galpão estava alugado havia três meses. Acredito que com a identificação dos veículos localizados conseguimos encontrar os envolvidos nos crimes”, diz o delegado. O caso agora será investigado pela Delegacia Especializada em Furto e Roubo de Veículos da Polícia Civil.

FONTE: HOJE EM DIA
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: