O que você procura?

segunda-feira, 16 de maio de 2016

CRIMINOSO TROCA TIRO COM A PM NO BAIRRO ALTO VERA CRUZ

PM descobre esconderijo do tráfico e é recebida a tiros.

Nenhum militar foi ferido e um suspeito foi preso, além de apreendidos três rádios comunicadores, drogas já embaladas para a venda, dinheiro do comércio de drogas e uma pistola 9 mm

Em uma operação de combate a crimes violentos no bairro Alto Vera Cruz, região Leste da capital, o batalhão Rotam da Polícia Militar conseguiu localizar o esconderijo de uma gangue de traficantes na região, mas foi recebida a tiros neste domingo (15). Nenhum militar ficou ferido e um suspeito foi preso. Além disso, a polícia também apreendeu três rádios comunicadores, mais de 300 pinos de cocaína e cerca de 230 pedras de crack.

Segundo o sargento Romualdo Rodrigo, da Rotam, a corporação foi verificar a denúncia de tráfico de drogas e homicídios no local. "Esses crimes são decorrentes da guerra de traficantes na região. Em determinado momento conseguimos colher informações a respeito de um lote que seria usado por uma facção criminosa para esconder os entorpecentes", conta.

O local, conforme o policial, é de difícil acesso e os suspeitos costumavam entrar na casa de moradores para acessá-lo. Foi constatado que a laje do esconderijo foi aumentada e os suspeitos colocaram uma correntina em volta do muro.

Por meio de uma varredura, os militares da Rotam conseguiram encontrar uma forma de entrar no local por meio de uma casa abandonada que estava com o portão destrancado. "Havia um pequeno buraco na parede e nós ficamos ali esperando os traficantes chegarem. Vimos três indivíduos armados e eles começaram a atirar nos militares mas, felizmente, nenhum foi ferido", conta o sargento.

Um dos suspeitos, que tem 19 anos, se machucou ao pular o muro do lote, uma altura de cerca de sete metros, e foi levado para o hospital antes de ser liberado e preso. Os outros dois conseguiram fugir. Com ele foi apreendida uma pistola de calibre 9 mm. Ele disse que precisava da arma para se proteger dos traficantes rivais.

Foram recolhidos no lote 303 pinos de cocaína, 231 pedras de crack e R$ 235,00 em dinheiro, além da arma e dos três rádios comunicadores. O material apreendido e o suspeito foram levados para a Delegacia Regional de Polícia Civil no Barreiro. 

FONTE: O TEMPO
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: