O que você procura?

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

CABO JÚLIO INTERMEDIA CONCURSO DE 2013 E GOVERNO

Reunião entre o deputado CABO JULIO, a comissão do concurso de 2013 e a Seplag, aconteceu na manhã desta quinta-feira (22/09) na Cidade Administrativa.
O Deputado CABO JÚLIO, vice-líder do Governo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), reuniu-se na manhã desta quinta-feira (22/09), com a Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) e uma Comissão que representa os candidatos do concurso público de 2013 para os cargos de Agentes de Segurança Penitenciários (ASP) e Agentes de Segurança Socioeducativos (ASE) para tratar de assuntos de interesse desses servidores.

O governo acatou a seguinte pauta:


1 - Homologação parcial do concurso na terceira semana de outubro de 3.790, sendo 3.351 ASP e 439 ASE.

2 - Nomeação - primeira semana de novembro

3 - Perícia - a capacidade inicial é de 600 por mês, podendo ser aumentada. Após feita a perícia, posse imediata.

4 - Posse - imediata após a perícia.

5 - Pagamento de bolsas

Há ainda cerca de 1.440 candidatos que não receberam, alguns por problemas de falta de inserção de dados como PIS, RG e bancos. Todo o restante será pago em até 14 dias.

6 - A Comissão e o Deputado Cabo Julio vão acompanhar o cumprimento deste acordo.


Deputado Cabo Julio
Vice-líder do Governo

Comissão ASP/ASE

Seplag
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

6 comentários:

Anônimo disse...

PARABÉNS Senhor Deputado Cabo Júlio!

O Senhor é o ÚNICO E VERDADEIRO REPRESENTANTE DA SEGURANÇA PÚBLICA EM MINAS GERAIS.

Representa todas as classes, sem distinção, seja PM, CBM, PC, Agentes Penitenciários.

Parabéns mesmo, de verdade, sem demagogia barata ou puxa-saquismo.

Sou um dos aprovados excedentes do concurso de investigador, fiquei extremamente feliz e satisfeito em ver que o senhor está apoiando nossa causa.

Foram feitos inúmeros pedidos de ajuda a nossa causa a vários deputados, porém o senhor foi o ÚNICO que falou abertamente sobre o assunto, e de fato levou os pleitos ao Governador. Diferentemente de outros deputados que nos prometeram "ajuda", mas que não moveram "uma palha" para tal.

Confesso que eu e minha família não somos eleitores do senhor, mas diante desta postagem de ajuda a nós excedentes, irei mudar meu conceito. Dando tudo certo ( sendo nomeado) passarei a votar em Vossa Excelência e pedirei votos a meus familiares também. Acredite, não só eu, mas como toda a minha família estamos sofrendo muito com o descaso e desinteresse do Governador com a nomeação dos APROVADOS EXCEDENTES DO CONCURSO DE INVESTIGADOR 2014.

Espero que com sua ajuda possamos todos sermos nomeados, acredito demais no senhor, principalmente por saber de TAMANHO PRESTÍGIO QUE GOZA JUNTO AO ATUAL GOVERNO DE MINAS, prestígio este já demonstrado com a convocação de TODOS (3.500) os excedentes do concurso de Agente Penitenciário, número este 2 vezes e meia maior que a quantidade de excedentes da PCMG/2014.

Sei que o pedido de Vossa Excelência foi de convocação de todos em 2017, mas gostaria de pedir ao Senhor, encarecidamente, que busque para nós ao menos um CRONOGRAMA bem definido, com datas e tudo mais, ainda este ano. Por favor! O senhor nem imagina como é angustiante a nossa situação, só mesmo quem está vivendo é que sabe...

Mais um pedido: Talvez seja possível conseguir nossa convocação para apresentar documentos na Acadepol ainda este ano, e quem sabe também a nomeação e posse, ficando apenas o efetivo exercício ( curso na Acadepol) para o ano de 2017.

Sei que isto e possível senhor Deputado Cabo Júlio, pois como Vossa Excelência bem sabe, entre nomeação e posse são ATÉ 30 dias, e entre posse e efetivo exercício são ATÉ 15 dias, portanto é possível que no final de novembro ou início de dezembro estes trâmites possam ser iniciados, fazendo assim que possamos cursar o CFP na Acadepol em Janeiro.

Acredito que isto iria aliviar demais nossa ansiedade.

Por favor Cabo Júlio, olhe com atenção este meu pleito.

Ciente da atenção do senhor, agradeço-lhe antecipadamente.

Obrigado.

Att.

Anônimo disse...

Boa tarde senhor deputado Cabo Júlio!

Deputado,

Gostaria, por gentileza, de saber informações acerca dos pleitos primordiais que o senhor disse, em postagem realizada em seu face no dia 09/09, que levaria ao excelentíssimo governador, mais especificamente o que diz respeito a convocação de TODOS os excedentes ao cargo de Investigador. Alguma resposta do Governador ou pelo menos uma previsão de resposta?

Deixo meu fraterno abraço!

Obrigado pela atenção.

Anônimo disse...

Deputado Cabo Júlio,

Com relação a situação dos aprovados excedentes do concurso de investigador 2014, NÃO deixe que façam politicagem com esse pessoal.

O senhor tomou à frente da convocação destes excedentes, contudo, existem "outras pessoas" dizendo que somente em 2017 é que a situação será ANALISADA.

Deputado, não deixe que brinquem com os sentimentos desses excedentes...
A situação deles já é muito complicada para que oportunistas ainda façam este tipo de coisa.

Não sou excedente deste concurso, sequer prestei a prova, mas como servidor público que sou e parente de um destes excedentes ( que está no final da fila, diga-se de passagem ) sei o quanto é sofrido para este pessoal, pois sei como foi difícil quando entrei no serviço público.

Como seu eleitor fiel, eu lhe peço: Traga uma resposta o quanto antes para este pessoal, excelentíssimo Cabo Júlio.

Tive a oportunidade de ler em seu facebook, e posteriormente aqui em seu blog, que o senhor, de certa forma, assumiu compromisso com este pessoal, uma vez que anunciou que iria levar o pleito dos mesmos ao governo.

Pois é, peço-lhe este favor: Traga uma resposta o quanto antes para estes tão sofridos candidatos excedentes.
Além de aliviar o sofrimento deles, o senhor ainda irá dar-lhes uma resposta concreta, não deixando que "outros" assumam o seu lugar como se fossem eles que tivessem conseguido tão importante feito.

Muitos sabem que o senhor é quem tem real prestígio junto ao governador do estado para assuntos relacionados à segurança pública, porém muitos da sociedade não sabem disso, e ao lerem que "outro" conseguiu aumentar o número de policiais civis em nosso estado, poderão pressupor tão feito, e consequentemente darão o crédito à pessoa errada.
Sei que o senhor me entendeu....

Obrigado.

ps: Peço aos administradores deste blog que NÃO deixem de transmitir esta minha postagem ao senhor Cabo Júlio, pois julgo ser do interesse do mesmo.

Diego disse...

E porque também não intermedia o pagamento das ajudas de custo da PMMG e CBMMG que estão em atraso? Custa ajudar a resolver um problema antigo desses?

Joyce Ramos disse...

Cadê o princípio da isonomia? A homologação parcial só deveria ser legal por critério de classificação. Aliás, trata-se do mesmo concurso, logo todos do segundo grupamento serão prejudicados. Cabo Júlio, isso não é o mais sensato!!! Todos do segundo grupamento estão se sentindo lesados desde já.

Anônimo disse...

Cabo Júlio para Governador!