O que você procura?

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

PROJETO DE LEI QUER RECONHECER ''ANJOS DO ASFALTO'' COMO DE UTILIDADE PÚBLICA NA ALMG

Grupo voluntário é responsável pelo apoio às vítimas de acidente, oferecendo primeiros socorros até a chegada de ambulâncias dos bombeiros ou Samu. São mais de 10 anos atuando na BR-381


O trabalho de socorro voluntário BR-381, no trecho conhecido como “rodovia da morte”, entre Belo Horizonte e João Monlevade, em breve pode ganhar uma injeção de ânimo. Está em tramitação na Assembleia Legislativa o Projeto de Lei 3590/2016, de autoria do Deputado CABO JULIO (*), que declara o Instituto “Anjos do Asfalto” Resgate Rodoviário como de utilidade pública.

O grupo é um dos pioneiros em resgate voluntário de vítimas de acidentes na BR-381, e atua como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip). A presidente do instituto, Janaína Rufo Monteiro, explica que atualmente são 24 voluntários, entre profissionais de saúde e bombeiros militares e civil.

“Todos são voluntários que, além de trabalhar com o socorro de feridos nos acidentes na BR-381, contribuem financeiramente para manter os dois veículos que temos e para compra do material usado nos primeiros socorros. Recentemente, uma médica se incorporou ao grupo e isso vem reforçar nosso trabalho”, explicou Janaína.

O voluntário Tiago Muzzi, enfermeiro, comemora a possibilidade de que a Oscip seja reconhecida de utilidade pública pelo Legislativo Mineiro. “Através desse reconhecimento, acredito que conseguiremos recursos financeiros que hoje são assumidos pelos socorristas e algumas doações. Somos 100% voluntários e queremos continuar nosso trabalho. Corremos o risco de parar nossas atividades por falta de recursos financeiros. Poderemos assim buscar novos parceiros e novos equipamentos para uso na rodovia”, explicou Muzzi.

Simpatizantes com o serviço podem apoiá-lo votando

Por meio do link http://www.almg.gov.br/atividade_parlamentar/tramitacao_projetos/texto.html?a=2016&n=3590&t=PL, quem apoia a iniciativa dos Anjos do Asfalto pode votar a favor do projeto de lei que declara de utilidade pública o instituto.

Criado em fevereiro de 2004, o Anjos do Asfalto teve inicialmente a participação de um pequeno mas eficiente grupo de pessoas que se desdobraram com muita garra, compromisso e responsabilidade, para socorrer vítimas de trauma causados por acidentes automobilísticos na BR 381, saída para Vitória (ES). O serviço é prestado apenas nos finais de semana e feriados, devido à grande maioria das pessoas viajarem para sítios e visitar cidades aos sábados e domingos.

O grupo tem o apoio da Polícia Rodoviária Federal, mas despesas como combustível, materiais de consumo, saem do bolso dos voluntários atualmente de dois patrocinadores ligados ao setor de caminhoneiros.

Os Anjos do Asfalto tem papel fundamental no resgate das vítimas de acidentes na BR381, pois os voluntários ficam em ponto estratégico. “Estamos na rodovia para somarmos forças com os bombeiros, Samu e PRF, atendendo rapidamente as vítimas e diminuindo assim o tempo de interdição da via”, completa Muzzi. As equipes dão amparo aos acidentados até que chegue uma unidade de atendimento com suporte para recebê-los.

FONTE: UAI
(*) informação acrescentada 
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: