O que você procura?

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

BOMBEIRO DE JUIZ DE FORA SALVA BANHISTAS

altO cabo Marcos Arruda, do efetivo do 4º Batalhão de Bombeiros Militar (4º BBM) em Juiz de Fora, atuou no salvamento de duas adolescentes de 16 anos que se afogavam na praia do Arpoador, no Rio de Janeiro. Durante sua folga, no dia 22 de janeiro, ele estava acompanhado do cabo Christiano Cabral de Oliveira, do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, em treinamento de nado reboque, quando percebeu que ambas estavam se afogando. Ao notarem a dificuldade das vítimas contra as ondas, se aproximaram e realizaram a ação de resgate. Devido à ação rápida, as adolescentes ingeriram pouca água, sendo o afogamento registrado como de grau 1, quando a vítima sai em estado consciente.

alt“Aproveitávamos o dia para treinamentos no mar, quando percebemos as adolescentes entrando na água, próximo às pedras. De repente, uma começou a segurar a outra, sem força contra as ondas e começaram a se afogar”, relatou o cabo à Tribuna. Ao chegar até as vítimas, Arruda conta que foi necessário acalmá-las para conseguir retirá-las da água. Quando chegaram até a praia, foram apresentadas aos guarda-vidas do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro e orientadas em relação aos locais de perigo e formas de agir para pedir o socorro. “É muito importante que a pessoa sinalize com os braços durante o afogamento e evite gritar, para assim poupar energia. Poucos conseguem ouvir os gritos, os gestos surtem mais efeito”, recomenda.

Marcos serve ao 4º BBM há 16 anos. Natural de Bicas (a 43 quilômetros de Juiz de Fora), está alocado na Força Nacional de Segurança Pública desde outubro do ano passado. O programa do Ministério da Justiça reúne bombeiros militares, policiais civis e militares, além de peritos de corporações de todo o país. Até o fim deste ano, o bombeiro passa por treinamentos no curso de nivelamento e deverá ser empenhado em ações por todo o Brasil. “O bombeiro tem que atuar na sua função durante 24 horas. É um serviço a favor da população, em situações à paisana, de risco, está em nosso ser. A gente não consegue ficar parado e fingir que não viu”, completa.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

2 comentários:

Vereador Loro disse...

Parabéns Cabo Marcos, sua cidade se orgulha de você. Abraço, Loro.

Vereador Loro disse...

Parabéns Cabo Marcos, sua cidade se orgulha de você.