O que você procura?

quinta-feira, 16 de abril de 2015

"ME SINTO ALIVIADO": "JUSTIÇA ARQUIVA PROCESSO CONTRA PM EM SP


A Justiça arquivou o processo contra o soldado Henrique Dias Bueno de Araújo, de 31 anos, que, no dia 18 de setembro de 2014, matou com um tiro na cabeça o camelô Carlos Augusto Muniz, de 30 anos.

O crime ocorreu na Lapa, zona oeste de SP, durante uma ação de combate à venda de produtos ilegais. Araújo atirou em Muniz após o camelô tentar pegar de sua mão o spray de pimenta que usava no momento da prisão de outro camelô.

A Apmdfesp (Associação dos Policiais Militares Portadores de Deficiência do Estado de São Paulo), que estava responsável pela defesa do réu, afirmou ao R7 que o processo foi arquivado em 27 de março deste ano pela juíza de direito da 5ª Vara do Júri, Eliana Cassales Tosi de Mello.

No site da associação, um dos advogados do soldado, Fernando Capano, afirmou que se preparavam para o "pior", mas "o melhor aconteceu".

— Do meu ponto de vista, achei que ele poderia até ser denunciado. Mas o promotor entendeu que não era o caso, assim como a magistrada. Nos preparamos para o pior, mas graças a Deus, o melhor aconteceu.

Ainda no site, o soldado Araújo afirmou estar aliviado.

— Me sinto aliviado, tranquilo por saber do arquivamento. A gente sai para trabalhar, mas nunca pensa que vai precisar de um advogado no fim do dia como aconteceu comigo.





FONTE: R7
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

1 comentários: