O que você procura?

sexta-feira, 10 de abril de 2015

"POLICIAIS OTÁRIOS ESTARIAM ENROLADOS": PM SOFRE AMEAÇA POR TELEFONE AO PRENDER SUSPEITOS PRESOS EM TRÂNSITO EM BH

Bandido fica preso no trânsito, invade universidade de BH e é detido. Homem e comparsa não imaginavam que encontrariam um sinal fechado e, com isso, retenção no tráfego; suspeito de receptação foi detido próximo ao portão da PUC e ninguém ficou ferido

Tinha um semáforo no meio do caminho. E foi justamente por isso que a Polícia Militar conseguiu prender dois suspeitos de receptação, na noite dessa quinta-feira (9), no bairro Coração Eucarístico, na região Noroeste de Belo Horizonte. Com o sinal fechado, houve retenção no trânsito. Após ficar preso no próprio carro, um dos bandidos tentou se esconder dentro da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC/Minas), mas acabou detido.

De acordo com o boletim de ocorrência da corporação, durante patrulhamento de rotina na região, militares do 34º Batalhão se depararam com dois jovens de 20 e 26 anos em atitude suspeita dentro de um Honda Civic. Os policiais deram ordem de parada, mas os homens não respeitaram e fugiram em alta velocidade.

A dupla percorreu várias ruas do bairro até entrar na Dom José Gaspar, onde se depararam com o sinal vermelho e uma longa fila de carros. O homem que estava na condução do veículo tentou forçar a passagem e acabou batendo em um Palio. Ao perceberem que não conseguiriam passar, os jovens tentaram escapar a pé, mas não contavam que um problema na porta os deixassem presos dentro do próprio carro.

Após insistir algumas vezes, o homem de 20 anos conseguiu destravar uma das portas e fugiu para dentro da universidade. No entanto, ele foi capturado próximo ao portão. Ninguém ficou ferido. A equipe questionou a procedência do carro e foi informada que o mesmo havia sido comprado por R$ 1.000, segundo eles, na feira de carros da Toshiba, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Ameaça policiais por telefone

Durante o registro da ocorrência, o celular de um dos suspeitos tocou e um militar atendeu. Do outro lado da linha, uma pessoa, que não foi identificada, começou a ameaçar a equipe depois de saber que os dois jovens estavam presos.

O ameaçador afirmou que, se não soltassem os homens, “os policiais otários estariam enrolados”.

A dupla, que se recusou a passar outros detalhes da compra do veículo, foi encaminhada ao Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran/MG).
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: