O que você procura?

quarta-feira, 29 de julho de 2015

VÍDEO: SGT PM FÁBIO TADEU FOI BALEADO NO GUTIERREZ E ESTÁ EM ESTADO GRAVE NO JOÃO XXIII

Fábio Tadeu Cunha, lotado no Gabinete Militar do Governador, estava acompanhado de outros militares quando foi surpreendido por bandidos armados

Um sargento da Polícia Militar (PM) foi baleado na tarde desta quarta-feira (29) em uma tentativa de assalto ocorrida no bairro Gutierrez, na região Oeste de Belo Horizonte. As informações iniciais davam conta de que a arma do militar teria sido levada pelos bandidos que o balearam, mas a corporação não confirmou o fato.

Em nota, a PM informou que o sargento Fábio Tadeu da Cunha, do Gabinete Militar do Governador, trabalha na escolta do ex-governador Alberto Pinto Coelho (PP). O político não estava no veículo no momento da abordagem.

O sargento Cunha foi interceptado pelos suspeitos na rua Almirante Alexandrino, no momento em que dirigia o veículo oficial, segundo a corporação. Já de acordo com o blog do deputado Cabo Júlio, o militar estava na companhia de outros policiais dentro de uma garagem quando foi surpreendido por dois bandidos armados.

Ele reagiu ao assalto e correu atrás dos suspeitos. Porém, ele acabou sendo baleado no abdome. Ainda conforme a publicação do blog, os criminosos fugiram em direção ao Morro das Pedras.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e socorreu o policial até o Hospital João XXIII, no Centro da capital. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, ele deu entrada e foi levado para o bloco cirúrgico. A cirurgia já foi encerrada e o estado de saúde do militar é grave.

Até as 19h46, nenhum suspeito havia sido localizado pela corporação. No entanto, militares da 125ª Companhia do 22º Batalhão e de outras unidades da corporação seguem empenhados nas buscas pelos suspeitos do assalto.

Atualizada às 19h50.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

1 comentários:

Jair Nunes Kardoso disse...

Que o nosso SENHOR JESUS possa dar conforto aos Familiares do Militar que é mais uma Vítima da certeza da impunidade que impera no Brasil,e que só tem a aumentar caso não seja tomada providências "UU" na situação.DEUS Abençoe os Familiares e toda Tropa do Estado de Minas e do Brasil.