O que você procura?

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

ATENÇÃO CANDIDATOS: AUTORIZADO O CURSO DE FORMAÇÃO DE SOLDADOS (CFSD) E CURSO DE FORMAÇÃO DE OFICIAIS BOMBEIROS MILITARES (CFO)

CBMMG terá mais 560 bombeiros militaresPara quem sonha ser oficial e soldado do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) a oportunidade é esta. Foi autorizado, nesta quarta-feira (04/11), o edital para o Curso de Formação de Oficiais Bombeiros (CFO), com previsão de 30 vagas e para o Curso de Formação de Soldados (CFSD), com previsão de 500 vagas para combatentes e 30 vagas para especialistas. Os editais serão publicados nos próximos dias.

O concurso será coordenado pela Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep). A escolaridade exigida para ambos os concursos será o ensino médio. Os aprovados terão direito a vencimento, abono fardamento, assistência médico-hospitalar, psicológica e odontológica. Atualmente, um soldado de 2ª Classe recebe um salário de R$ 3.506,40 e um cadete do 1º ano R$ 5.016,89.

Vagas e inscrições

Das vagas oferecidas para o CFO, 27 são para o sexo masculino e três para o sexo feminino. O curso de formação tem duração de três anos, com previsão de início em 6 de fevereiro de 2017 e o valor da de inscrição é de R$ 177,49. As inscrições estão previstas para 4 de janeiro a 4 de fevereiro de 2016.

Para o CFSD serão oferecidas 500 vagas para o quadro de soldados combatentes, sendo 450 para o sexo masculino e 50 para o sexo feminino. O curso de formação tem duração de 8 meses. Já para o quadro de soldados especialistas serão oferecidas 30 vagas para as seguintes especialidades: mecânico de motor à diesel (11 vagas), mecânico de motor à gasolina/álcool (2 vagas), eletricista de autos (2 vagas), técnico em informática/ rede de computadores (8 vagas), técnico em eletrônica (2 vagas), técnico em eletrotécnica (2 vagas) e técnico em telecomunicações (3 vagas). O valor da inscrição para o concurso é de R$ 81,96 e o curso terá início em 29 de março de 2017. As inscrições estão previstas para o período de 4 de janeiro a 26 de fevereiro de 2016.

De acordo com o Capitão Alessandro Fábio Daldegan, chefe da Seção de Concursos do CBMMG, a expectativa é de que haja um aumento de 50% no número de candidatos a uma vaga na corporação. “Estamos nos baseando no grande número de inscritos nos últimos concursos públicos, o que não deve ser diferente no Corpo de Bombeiros”, explica. O último CFO teve 12.374 inscritos para 30 vagas, média de 412 candidatos por vaga. Já no CFSD foram 23.475 inscritos disputando as 800 vagas, cerca de 29 candidatos por vaga.

altPara aquele que deseja ocupar uma das vagas ofertadas, o oficial orienta que a preparação seja iniciada antes mesmo da publicação dos editais. Ele destaca que os concursos para ingresso nas carreiras militares, na sua maioria das vezes, possuem algumas características que os diferem de outros porque o candidato, além de se preparar intelectualmente, deve se preocupar também com a preparação física, pelo fato de haver a exigência do Teste de Aptidão Física, de caráter classificatório e eliminatório.

Exigências

Ser brasileiro nato, para o cargo de oficial, ou nato ou naturalizado para o cargo de soldado; Possuir idoneidade moral; Estar quite com as obrigações eleitorais e militares; Ter no mínimo 18 (dezoito) anos e no máximo 30 (trinta) anos de idade na data de inclusão (início do curso); Altura mínima de 1,60 m (um metro e sessenta centímetros); Ter aptidão física; Ser considerado indicado em avaliação psicológica; Ter sanidade física e mental; Não ser contraindicado em exame toxicológico; Não apresentar, quando em uso dos diversos uniformes, tatuagem visível que seja, por seu significado, incompatível com o exercício das atividades de bombeiro militar, dentre outras. Para o preenchimento das vagas do Quadro de Especialistas, além dos requisitos previstos nos itens anteriores, deverá possuir formação técnica referente a vaga a que se candidatar.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

7 comentários:

Anônimo disse...

E nada do concurso Asp 2013. Aos estudiosos, teremos que ter paciência.

Anônimo disse...

E os votos dos contratados, isso atrapalha o andamento desse concurso!

Anônimo disse...

Resultado do recurso da Investigação Social e a convocação para os exames médicos,será quando?Até mesmo porque,essa etapa encontra-se paga!

Anônimo disse...

O ESTADO NAO TEM RECURSOS FINANCEIROS PARA NOMEAR CANDITADOS PARA A POLICIA CIVIL.
EM COMPENSAÇÃO NOMEAÇÃO DE OUTRAS SECRETARIAS E ABERTURAS DE NOVOS CONCURSOS PRINCIPALMENTE DA PM NAO HA PROBLEMA.
AS PROXIMAS ELEIÇÕES VIRAO..... E O POVO NAO TEM A MEMORIA TAO CURTA IQUAL VOCES PENSAM....

Anônimo disse...

Pode demorar 5,10,15 anos para o resultado do certame de ASP e ASE...o que eu quero é entrar no Sistema!!!!

Anônimo disse...

amigo , governador nao e bobo , ele quer o pm fardado na porta de sua casa , nao o boy da civil que ta na balada , prefiro a pm n minha porta , quando a civil vem ja estou morto , eles so vao investigar quem fez.

Anônimo disse...

Para nomear os candidatos da civil não tem dinheiro, agora quando o assunto é PM o dinheiro aparece..... Cabo Julio só defende interesses da PM, não os interesses dos mineiros na segurança pública