O que você procura?

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

QUADRILHA TENTA SUBORNAR POLICIAIS MILITARES

Quadrilha que vendia celulares roubados é presa e suspeitos tentam subornar PM. Eles ofereceram R$ 5.000 para que o chefe do grupo fosse solto.

Seis pessoas foram presas na noite da última segunda-feira (18) suspeitas de integrar uma quadrilha que vendia celulares furtados e roubados no centro de Belo Horizonte. Durante a ação, dois envolvidos tentaram subornar a Polícia Militar. Eles ofereceram R$ 5.000 para liberar o chefe do bando, identificado como Paulo César dos Santos Santiago, de 40 anos. 

Os policiais descobriram o esquema após abordarem dois adolescentes, de 14 e 17 anos, que estavam com celulares de última geração. Questionados, um dos menores respondeu que tinha comprado o aparelho em uma banca localizada na rua Guaicurus, no centro da capital mineira. 

Santiago, identificado como o dono da banca, confirmou que vendia celulares de procedência duvidosa. 

— Eu faço de tudo para ganhar o pão de cada dia, era isso que eu estava fazendo. 

Além dele, outras duas funcionárias que trabalhavam no local foram detidas. Um receptador, identificado como Glaycon Felipe dos Santos, de 21 anos, foi preso. Ele já tem passagens pelo mesmo crime. 

Momentos depois, dois homens chegaram à Companhia da PM e tentaram comprar a liberdade do suspeito. Antônio das Graças Euzébio Júnior, de 26 anos e Wender Rocha Santos, de 35, foram detidos em flagrante. Eles negaram o crime. 

FONTE: R7
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: