15 de fevereiro de 2016

NOTÍCIAS ATUALIZADAS DE INTERESSE DA CLASSE

1 - VALE ALIMENTAÇÃO

O Governo do Estado através da deliberação 02 de 04 de fevereiro de 2016 criou o Vale-alimentação para os servidores que trabalham mais de 06 horas diárias no valor de R$ 15,00, excluindo no texto os militares e policiais civis. 

Conversei hoje com o Secretário de Governo que me informou que a ideia era contemplar os servidores que ganham menores salários, de até R$ 2.000,00 (dois mil reais) por mês, exemplo cantineiras e auxiliares.

Solução: refazer a resolução criando um valor limite de salários para recebimento, ou pagar para todos.

DETALHE: particularmente tenho certo receio em recebermos qualquer tipo de penduricalhos para não haver prejuízo aos reformados, ou diminuição de vencimentos a passagem para a reserva. (apenas para reflexão). 

2 – DIMINUIÇÃO DO TEMPO DE INTERSTÍCIO PARA A PROMOÇÃO DOS CABOS E SOLDADOS

O projeto de minha autoria para acelerar a discussão interna no governo já está tramitando na ALMG e em breve o projeto de autoria do executivo será apensado, pois projetos que tratam de matéria estatutária devem ser de iniciativa do executivo. Quando o projeto chegar ele parte de onde o meu estiver acelerando a tramitação. 

3 – DIMINUIÇÃO DO TEMPO DE INTERSTÍCIO PARA A PROMOÇÃO DE SARGENTOS E SUBTENENTES

De igual forma, o projeto de minha autoria para acelerar a discussão interna no governo já está tramitando na ALMG. A ideia inicial é diminuir um ano no tempo de interstício para a promoção para todos os sargentos. 

3º SGT para 2º SGT

ATUALMENTE Promovidos com 5, 6 e 7 anos 
PRETENDIDO: Promovidos com 4, 5, 6 anos (diminuindo um ano)

2º SGT para 1º SGT

ATUALMENTE Promovidos com interstício de 6 anos com 13, 14 ,15, 16 anos de ano-base.
PRETENDIDO Promovidos com interstício de 5 anos com 12, 13, 14, 15 anos (diminuindo um ano).

1º SGT PARA SUBTENENTES

ATUALMENTE promovidos com interstício de 3 anos com 19, 20, 21, 22, 23 e 24 anos de ano-base.
PRETENDIDO Promovidos com interstício de 3 anos com 18, 19, 20, 21, 22 e 23 anos de ano-base.

Detalhe: há uma comissão de sargentos discutindo uma proposta para me apresentar. EM REGRA ESTAMOS DIMINUINDO UM ANO PARA TODOS, MAS ACREDITO QUE É POSSÍVEL AVANÇAR MAIS.

4 – ISONOMIA DE TRATAMENTO NAS PROMOÇÕES DO CHO COM O CFO

Desde o ano passado já havia recebido o aval do Comando para igualar as promoções de 2º Tenente a 1º Tenente do CHO em duas turmas de 50% e não em 3 (três) turmas como atualmente.

Será inserido na proposta que tramitar primeiro na ALMG.

5 – PROMOÇÃO DOS CABOS 

Amanhã 16/02 (terça-feira) as comissões de Constituição e Justiça, Administração Pública e Fiscalização Financeira darão parecer e a proposta será votada em primeiro turno no plenário na quarta e em segundo turno na quinta. Sancionada na sexta o ato de promoção será assinado no mesmo dia com data retroativa para não haver prejuízo dos cabos promovidos.

Detalhe: Esperamos que o “do contra” para espezinhar o governo não atrapalhe a votação.

Atenciosamente,

Deputado CABO JÚLIO
Vice-Líder do Governo
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

11 comentários:

Anônimo disse...

A iniciativa é muito boa..... valoriza os policiais militares, mas esqueceram de diminuir o tempo de Polícia para fazer a prova do CHO. Quinze anos é muito tempo.

Anônimo disse...

Senhor Cabo Júlio , gostaríamos de saber quando terá início os pagamentos das férias prêmios para o pessoal que passaram para reserva ?

joao pedro disse...

Deputado boa noite!

Poderia aproveitar a emenda e incluir o direito ao 3º SGT com mais de 15 anos e menos de 24 anos de efetivo serviço, concorrer ao CHO. Com certeza essa medida contribuiria em muito na carreira do militar.

Anônimo disse...

Gostaria de saber se tem algum projeto que contemple os sargentos que foram promovidos com 16,15,14,13 anos de serviço. Vejo projeto de militares sendo promovidos com sete anos de serviço, e o tempo destes militares que perderam praticamente uma promoção esperando à promoção a sargento?

Anônimo disse...

BOM DIA,
ACREDITO QUE A MAIORIA DOS TERCEIROS SGT GOSTARIAM DE SEREM CONTEMPRADOS COM A DIMINUIÇÃO DO TEMPO PELO MENOS DOIS ANOS POIS TEM MUITOS SGT QUE FORAM PREJUDICADOS NAS PROMOÇOES DE CB AS SGT. O QUE LHE PROPORCIONOU APENAS A CHEGAR A 2 SGT NA RESERVA, CONTUDO SE REDUZIR 02 ANOS TALVEZ POSSAMOS A CHEGAR A 1 SGT NA ATIVA OU NA RESERVA.

DESDE DE JA MUITO OBRIGADO POR ESTAR INTERVINDO PARA MELHORIAS DAS CLASES.

Anônimo disse...

Cabo Júlio, Queria pedir seu apoio aos excedentes do cpncurso ASP e ASE no edital de 2013. Não esqueça de nos nobre Deputado. Obrigado pela força.

Anônimo disse...

Excelentíssimo, muito boa tarde!
Até que enfim um deputado está olhando o lado dos sargentos. Um dos motivos que eu e minha família sempre votou em v. senhoria, é que o outro representante esqueceu que na PM ainda existem Sgts. Um 3º Sargento, recém formado, ser obrigado a esperar NO MÍNIMO 13 anos para chegar a 1º Sgt é um absurdo total.
O que trava todo processo, é a promoção de 2º à 1º Sgt, porque se ele for na primeira turma com todo merecimento, terá que esperar 08 anos (indigestos)oito anos pra ir na PRIMEIRA turma novamente à 1º Sgt, no 13º ano base.
Acho que dá sim para o 2º Sargento ir à 1º Sgt com interstício e ano base com dois anos a menos de tempo na graduação (seria louvável de sua parte), e caso ele mereça estar indo na primeira turma, ser promovido no 11º anos base.
O outro "representante" nunca olhou para os 2º Sgts, tive informações de inúmeros colegas enviaram e-mais, contatos, etc... sem sucesso. Sabe o que eu disse a eles? Eu sempre apostei no Júlio, quero ver ele ao lado do governo olhe mais por nossa classe. É O QUE ESTÁ ACONTECENDO!
Deus abençõe seus passos, suas ideias e suas análises dessas propostas, pense com carinho. Sejamos valorizados.
Obrigado!!!

Cristiano disse...

Bom Dia Nobre Deputado é com entusiasmo que os cb e sd recebem a noticia de uma equilibração no interstício com a duração de sete anos, perdoei -me o Senho mencionou tramitação de uma PLC na ALMG gostaria de acompanhar sua tramitação poderia por gentileza passa o numero, para nos aqui,do triangulo mineiro ficarmos antenados.

Anônimo disse...

Sr deputado, gostaria de saber a vergonha do corte das diarias do carnaval bem como a denuncia de q o btl de choque esta c sua tropa desde ano de 2015 nos palacios.que que isso me ajuda ai

Anônimo disse...

Novamente os sargentos promovidos com mais de 10 anos de serviço ficarão no prejuízo. Quando passar esta lei passar, se passar, seremos novamente prejudicados, pois já teremos mais de cinco anos na graduação. E depois dizem que o nobre deputado defende a classe.

Anônimo disse...

Sr. Cabo Júlio,

Vejo tal projeto como extremamente necessário, afinal, um plano de carreira efetivo motiva o profissional. A promoção de sete em sete anos é justa, contudo, devemos observar que ela irá, em um primeiro momento atender apenas policiais com menos de quinze anos de polícia. Não seria interessante, de forma temporária, ou seja, excepcional e intermediária, serem feito dois planos de carreira? Ou seja, existiria um plano oficial, com promoção de sete e sete anos até terceiro sargento e, para todos aqueles que tiverem um tempo excedente, que seja compensado na promoção seguinte. Exemplo:

Policial com 15 anos de serviço, já deveria ser convocado para o CEFS e, o ano excedente a nova regra, poderia ser compensado para a promoção de segundo sargento. Outro exemplo: Cabos com 14 anos de serviço, contudo, com apenas 5 anos na graduação de CABO, já poderiam serem convocados para o CEFS. Outro exemplo, policiais com 25 anos de serviço, considerando as regras novas, 14 anos para a promoção de sargento, já poderiam ascender a graduação de primeiro sargento.

Tal regra seria utilizada até existir o ajuste definitivo.

Aproveito o momento também para emitir uma sugestão quanto a lei de efetivo: por que não colocar no corpo da lei a seguinte norma:

"As promoções na polícia militar, por tempo de serviço, independem de vaga, sendo o efetivo previsto nas respectivas graduações um norte mínimo a ser seguido."

Isto resolveria de uma vez por todas os problemas quanto as promoções que dependem da lei de efetivo. Devemos lembrar que na co-irmã, PC, as promoções não dependem de vaga e lá, conforme os benefícios angariados para a PM, também houve a contemplação com a promoção de 8 anos para investigadores e escrivães.