O que você procura?

quarta-feira, 20 de abril de 2016

ATITUDE NOTA 10 DOS MILITARES DE BELO HORIZONTE

Policiais encontram garoto desparecido e ajudam família com dificuldades financeiras.

Militares ficaram emocionados com a história de uma criança de oito anos que sumiu de casa porque foi atrás de um sanduíche. A mãe não tinha dinheiro para pagar o lanche.

A história de dificuldades financeiras de uma família do Bairro Jardim Leblon, na Região de Venda Nova, em Belo Horizonte, motivou policiais militares da 15ª Companhia do 49º Batalhão a ajudarem pai, mãe e seis filhos e buscarem um horizonte melhor para todos eles. Os policiais se depararam nesta segunda-feira com a mãe de uma criança desaparecida que estava desesperada com o sumiço do filho de oito anos. Anotadas as características físicas e o nome da criança, os militares retornaram ao patrulhamento e partiram à procura do pequeno Jaderson nas ruas da região.

Mais de 10 horas depois do sumiço do garoto, ainda na segunda-feira, os PMs observaram uma criança na Avenida Portugal com as mesmas características do rapaz desaparecido. Quando perguntaram o nome, descobriram que se tratava de Jaderson. Nessa hora, os policiais ficaram emocionados, pois perceberam que o garoto só saiu de casa porque pediu sua mãe para comprar um sanduíche, mas ela não tinha dinheiro. Ele resolveu sair para pedir que alguém pagasse um lanche e matasse sua fome.

Naquele momento, o sargento Alisson e o cabo Demetrius, que fazem parte do Grupo Estratégico de Policiamento em Áreas de Risco (Gepar) não tinham noção de quanto tempo a criança estava sem comer e acabaram comprando outro lanche, aproveitando para levar Jaderson ao encontro de sua família. No caminho para casa, outra situação chamou a atenção dos policiais. O garoto não queria comer e disse que preferia guardar para dividir com os irmãos e os pais. Mais uma vez os militares se emocionaram e começaram uma mobilização, que também teve participação de membros da comunidade, para arrecadar mantimentos e ajudar a família.

Em contato com o pai de Jaderson, a PM ouviu que ele tem seis filhos e está desempregado. Os policiais também estão tentando ajudar o homem a voltar ao mercado de trabalho. Ontem, a PM voltou ao Jardim Leblon para levar as cestas básicas arrecadadas e receber o carinho da família, da comunidade e da criança, que agora sonha em ser policial. Para o tenente Filemon Gonçalves, que atualmente responde pelo comando da 15ª Companhia, esse resultado mostra que o objetivo da PM de estar cada vez mais perto da população está sendo cumprido.

"Nossa capacidade de mobilização social é muito importante. O exemplo dessa criança reforça a premissa que a postura preventiva da polícia promove bons resultados", afirma o militar. Ainda segundo o tenente, o caso do pequeno Jaderson será levado ao conhecimento do máximo possível de policiais, justamente com o intuito de reforçar a estratégia de proximidade entre cidadão e polícia.

FONTE: EM
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: