O que você procura?

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

POLÍCIA APREENDE 700 KG DE MACONHA QUE SERIAM VENDIDOS NO CARNAVAL

Polícia apreende 100 kg de maconha que poderia ser vendida no CarnavalSegundo a Polícia Civil, droga veio do Mato Grosso do Sul e seria revendida a pequenos traficantes da Grande BH

Todo ano é a mesma coisa. O Carnaval vai chegando e, com ele, os foliões começam a se preparar para um dos feriados mais esperados do ano. Em meio à expectativa na escolha de fantasias, rotas e eventos, traficantes se preparam para lucrar. De acordo com a Polícia Civil, essa é uma das épocas do ano em que mais são comercializados entorpecentes no país. Nessa quarta e nesta quinta-feira (8 e 9), três operações das polícias Militar e Civil terminaram com a apreensão de 700 kg de maconha, mas estima-se que pelo menos duas toneladas possam circular durante o feriado só na região metropolitana da capital.

A recomendação de intensificar o trabalho de combate ao tráfico de drogas partiu da chefia da Polícia Civil. De acordo com o delegado Thiago Saraiva, do Departamento Estadual de Combate ao Narcotráfico (Denarc), no período de pré-Carnaval, a demanda por droga é muito grande. “Nós suspeitamos que essa droga venha do Mato Grosso do Sul e seja repassada a outros traficantes menores de cidades da região metropolitana de Belo Horizonte, como Betim, Martim Campos, Itaúna, Igarapé”, afirmou o delegado.

Anteontem, os investigadores descobriram uma casa alugada no bairro Ouro Velho, em Igarapé, na região metropolitana, onde estavam escondidos cerca de 500kg de maconha.

Em Igarapé, droga estava embalada em 619 buchas“Conseguimos identificar o proprietário da droga e fomos até a residência dele, mas ele não foi encontrado. É um traficante considerado forte, e não conseguimos apreender tudo, porque parte da droga já havia sido transferida. Ali tinha, ao menos, uma tonelada de maconha”, explicou Thiago Saraiva.

A droga encontrada em Igarapé é avaliada em R$ 500 mil, mas os investigadores acreditam que possa render até R$ 3 milhões no comércio ilegal. A residência onde a droga estava era de difícil acesso. O proprietário do imóvel prestou depoimento à polícia e foi liberado.

Na capital

Em Belo Horizonte, a Polícia Militar apreendeu cerca de 200 kg de maconha e 400 buchas da mesma droga em duas apreensões, ontem. No bairro Jaqueline, região Norte da cidade, militares do 35º batalhão encontraram 75 kg durante um patrulhamento de rotina.

Já na Vila Marçola, no Aglomerado da Serra, na região Centro-Sul, foram apreendidos 100 kg, que estavam divididos em 57 barras e 4.000 buchas. Um menor de 17 anos foi apreendido. Aos militares ele contou que recebia R$ 100 para cuidar da droga.

De acordo com a corporação, os militares chegaram ao local após denúncias anônimas de que dois imóveis da vila estavam servindo para armazenamento e preparo de drogas.

FONTE: O TEMPO
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: