O que você procura?

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

PRESOS JOGAM URINA E FEZES EM AGENTES DURANTE MOTIM EM JUIZ DE FORA

Na finalização do banho de sol e direcionamento de presos às suas celas, quatro detentos contestaram as determinações do Grupo de Intervenção Rápida (GIR) para manter a ordem no interior do pátio e começaram a rebelião

Quatro presos da Penitenciária Professor Arioswaldo Campos Pires incitaram os colegas a realizarem um motim na unidade, em Juiz de Fora, na Zona da Mata, nessa terça-feira (31). Os detentos arremessaram fezes e urina nos agentes penitenciários e colocaram fogo em colchões. Não há registro de fugas.

O diretor na penitenciária chamou a Polícia Militar (PM), após perceber o descontrole. Ele contou que por volta das 17 horas, no ato de procedimento de finalização do banho de sol e direcionamento de presos às suas celas, alguns homens das celas 04 e 05 contestaram as determinações do Grupo de Intervenção Rápida (GIR) para manter a ordem no interior do pátio.

Os homens começaram a xingar os agentes penitenciários e iniciaram incitação a todo o pavilhão 03 para o motim. Uma desordem começou e contou com xingamentos, ameaças de morte, fogo em colchões e arremesso de urina e fezes. Os quatro líderes da rebelião precisaram ser imobilizados para que as agressões cessassem. 

A PM adentrou as galerias e conseguiu restabelecer a ordem, usando jatos de pimenta, granadas de efeito moral e disparos de calibre 12, balas antimotim.

FONTE: O TEMPO
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

1 comentários:

Martins disse...

Quem adentrou nas galerias foram os agentes do grupamento de intervenções rápidas ( GIR) e não a pm. O diretor chamou a militar para que fosse realizada a segurança externa da unidade. Espero que esse blog seja democrático e publique comentários de Agentes Penitenciários também.