O que você procura?

quarta-feira, 29 de março de 2017

SUSPEITO DE COMETER SÉRIE DE ROUBOS A FARMÁCIA É PRESO

Suspeito de cometer série de roubos a farmácias é preso Com a prisão do suspeito a polícia espera que outras vítimas apareçam depois da prisão do suspeito

Com o objetivo de combater o crime contra o patrimônio em Belo Horizonte, a Polícia Civil esclareceu cinco roubos cometidos em farmácias nos bairros Castelo, Barreiro e Santa Terezinha. O resultado da investigação foi prisão, na sexta-feira (24), de um homem de 30 anos, em Contagem, na região metropolitana da capital.

O delegado Daniel Amâncio revelou que o suspeito utilizava sempre o mesmo modo de agir se passando como cliente da farmácia. “Ele entreva como cliente, chegava a ir ao balcão para solicitar algum produto e se dirigia ao caixa, momento em que anunciava o assalto e exibia, na linha da sua cintura, algo como se fosse uma arma, e levava o dinheiro que estava no caixa”, comentou.

O delegado destacou que o suspeito cumpria pena em regime aberto quando realizou os crimes. "Após concluirmos a investigação, solicitamos a prisão preventiva do suspeito. O primeiro crime aconteceu no 27 de janeiro, no Barreiro. No mesmo dia, o suspeito ainda realizou dois assaltos, um no bairro Santa Terezinha e outro no Castelo. As outras ações criminosas foram em 30 de janeiro e 3 de fevereiro, ambas no Castelo.

O delegado Daniel ainda ressaltou que “o suspeito, que já cumpria pena também por roubo, era monitorado por tornozeleira eletrônica ao cometer esses crimes”.

Para o delegado Júlio Wilke, da Delegacia Regional de Polícia Civil Noroeste, o que se espera é que, com a prisão do suspeito, outras possíveis vítimas procurem a polícia. “A importância dessa coletiva é que com a divulgação das imagens, outros crimes, possivelmente ligados ao suspeito, irão aparecer. Se outras vítimas identificarem o suspeito, a Polícia Civil terá mais provas para encaminhar o caso à justiça e, consequentemente, ele ficará mais tempo preso”, destacou.

Segundo o chefe do 1º Departamento de Polícia Civil em Belo Horizonte, Rafael Horácio, o combate a este tipo de crime será cada vez mais intensificado pela Polícia Civil. “Desde de que assumi a chefia do 1º Departamento, há duas semanas, implementei como uma diretriz a meta de reduzir os crimes violentos, principalmente contra o patrimônio, como por exemplo, o latrocínio e o roubo com o emprego de arma de fogo", frisou.

FONTE: O TEMPO
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: