O que você procura?

terça-feira, 4 de abril de 2017

SUSPEITOS DE FURTAR MOTOS SÃO PRESOS EM BELO HORIZONTE

Segundo polícia, grupo roubava veículos em 20 segundos. Trio foi detido em shopping.

A Polícia Civil informou nesta segunda-feira (3) que prendeu três homens suspeitos de integrarem uma quadrilha especializada em roubar motos na capital. Segundo a polícia, o grupo conseguia furtar uma motocicleta em menos de vinte segundos.

O trio foi preso no estacionamento de um shopping, na região Nordeste da capital. Com eles, foram apreendidos um carro e uma motocicleta furtados. A moto seria vendida a um receptador.

Os investigadores afirmam que o grupo negociava os veículos no interior de Minas Gerais e no Espírito Santo. “Eles descobriram uma forma muito rápida de furto e subtração de veículo, em menos de 20 segundos, eles conseguiam realizar o acionamento do veículo e a subtração e esconde-lo para depois comercializa-lo para terceiros”, disse o delegado Felipe Fonseca.

De acordo com a polícia, o grupo vinha sendo investigado há cerca de um mês. A ação em flagrante foi na última quinta-feira (30). Além dos três homens presos no shopping, um outro foi preso, com uma moto furtada, em uma casa, no bairro Jardim Vitória. Ele foi liberado no fim de semana por determinação da Justiça, mas continua sendo investigado.

Um mecânico de motos e um funcionário de uma empresa de rastreamento de veículos, suspeitos de colaborar com a quadrilha, são investigado.

Ao todo, foram apreendidos com o grupo dois veículos e três motos. As investigações apontam que as motocicletas de trilha eram o alvo principal porque, por lei, não precisam ser emplacadas, o que dificulta a fiscalização.

Os presos devem ser indiciados, entre outros crimes, por furto, receptação e formação de quadrilha. Dois deles são reincidentes, já respondem a outros processos e deveriam estar usando tornozeleiras eletrônicas, mas estavam sem o equipamento, segundo a polícia.

Ainda de acordo com a corporação, umas das tornozeleiras foi recuperada e apreendida.

FONTE: G1
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: