O que você procura?

quinta-feira, 25 de maio de 2017

TRIO TROCA TIROS COM A POLÍCIA E ACABA MORTO

Resultado de imagem para TIROSOs suspeitos tinham roubado uma mochila e celulares de duas pessoas no bairro Floramar; eles usavam um carro roubado no início do mês e portavam três armas, duas delas de uso restrito

Depois de roubarem uma mochila e celulares no bairro Floramar, na região Norte de Belo Horizonte, três suspeitos acabaram mortos pela Polícia Miliar (PM) após uma perseguição que terminou em troca de tiros na madrugada desta quarta-feira (24). Durante a fuga, eles se esconderam em uma mata próxima ao cemitério da Consolação, no bairro Jaqueline, na mesma região, onde acabaram baleados.

De acordo com o major Flávio Santiago, chefe da sala de imprensa da PM, era por volta de meia noite quando a corporação recebeu a informação de que suspeitos armados em um Ford Fiesta preto assaltaram duas pessoas na rua José de Lima, no Floramar. "Os militares do 13º Batalhão iniciaram o rastreamento e acabaram deparando com o veículo, que inclusive foi tomado de assalto no último dia 6 de maio", precisa.

No momento em que os policiais tentaram fazer a abordagem do veículo, o trio atirou contra eles e fugiu em alta velocidade. Foi solicitado reforço e a viatura seguiu perseguindo o grupo, que acabou abandonando o veículo, que caiu em uma ribanceira no fim da rua Urano, no bairro Venda Nova.

"Tinham muitas casas próximo ao local, e os militares fizeram vistorias em lotes em busca deles. Mas eles se esconderam em uma mata próxima ao cemitério, onde acabaram encontrados por uma unidade do batalhão de Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam)", completou o major Santiago.

Negociação e tiroteio

Ainda de acordo com a PM, os militares tentaram negociar com os suspeitos para eles se entregarem, porém, eles teriam resistido e efetuado novos disparos, que foram revidados pelos policiais que acabaram atingindo os três jovens. Eles foram socorridos para o Hospital Risoleta Neves, mas não resistiram aos ferimentos.

No local onde o trio foi baleado, os militares encontraram uma pistola 7.65, uma 9mm e um revólver calibre 38. A última arma trazia no tambor três cartuchos deflagrados, mas também foram recolhidos pela perícia diversas cápsulas das outras armas na mata.

Além do veículo roubado, a PM também recuperou a mochila com diversos pertences e os celulares das vítimas assaltadas. Os militares, que não ficaram feridos durante o tiroteio, foram presos - no procedimento padrão acompanhado pela corregedoria da corporação - e as armas recolhidas para passarem por perícia. 

Caso semelhante

Em março deste ano militares da Rotam também mataram quatro suspeitos armados que se esconderam em uma mata, desta vez em Vespasiano, na região metropolitana da capital mineira. 

O caso aconteceu no dia 17 daquele mês, uma sexta-feira, após uma denúncia anônima de que suspeitos armados estariam portando diversas armas de fogo no bairro Vila Esportiva. O grupo fugiu em direção a uma mata da região, onde teriam efetuados disparos contra os policiais, que revidaram e acertaram os quatro jovens. 

Na ocasião, os três militares da Rotam envolvidos também foram detidos, mas acabaram liberados no dia seguinte por um juiz militar que entendeu que eles agiram em legítima defesa. 

FONTE: O TEMPO

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: