O que você procura?

segunda-feira, 4 de abril de 2016

VÍDEO: VESTIDOS DE PM, BANDIDOS RENDEM SEGURANÇAS E ROUBAM ARMAS NO CENTRO DE BH

Dois assaltantes se passaram por policiais militares e roubaram as armas de dois vigias que trabalhavam em uma unidade do Serviço Social do Comércio (Sesc-MG) no Centro de Belo Horizonte. Os criminosos conseguiram fugir e agora são procurados pela polícia. A Polícia Militar divulgou um vídeo do circuito de segurança do local para ajudar a identificar os criminosos.

O crime aconteceu por volta das 20h de domingo na unidade que fica no cruzamento da Rua Tupinambás com a Avenida Olegário Maciel. Os funcionários seriam de uma empresa terceirizada. 

De acordo com a PM, uma das vítimas contou que um Gol cinza parou na entrada da Tupinambás e um homem desembarcou, usando fardamento militar. No entanto, ele estavam sem colete, rádio, e com a blusa para fora da calça. Ele bateu na porta do local e perguntou se ele poderia encher um galão de água para ele colocar no radiador. O vigia pegou o galão, fechou a porta, e depois o levou cheio para o suspeito. 

Quando a vítima estava voltando para o prédio, viu outro homem fardado se aproximar. Foi quando o primeiro o abordou outra vez, dizendo que a água não havia sido suficiente. Quando o vigia abriu a porta para entrar, foi imobilizado pelos criminosos, jogado no chão e obrigado a tirar o colete e entregar a arma, um revólver calibre 38.

O vigia contou à Polícia Militar que foi obrigado pelos assaltantes a ligar para o outro colega, que estava na entrada da Avenida Olegário Maciel, com a desculpa de que estava com problemas familiares e precisava conversar. Quando o homem chegou à Tupinambás, ele também foi rendido pelos criminosos, agora armados com o revólver da primeira vítima. No entanto, o segundo vigia aproveitou um momento de distração e saiu correndo, gritando por socorro. Os bandidos entram no carro e fugiram. 

De acordo com a PM, as armas dos dois funcionários foram levadas. Um carro com características semelhantes ao usado pelos criminosos foi encontrado no Bairro Santa Efigênia e tem queixa de roubo. O caso foi registrado na Central de Flagrantes da Polícia Civil (Ceflan 2). 

O em.com.br entrou em contato com a assessoria de imprensa do Sesc-MG, que deve se pronunciar por meio de nota ainda hoje.

FONTE: UAI

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: