O que você procura?

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

NO 12º MÊS DO ANO, OS QUE APOSTARAM NO CAOS, ESTÃO PERDENDO O DISCURSO!


Prezados Companheiros da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais,

Mesmo estando fora do país em viagem com a família comemorando minhas bodas, em nenhum momento, deixo de acompanhar os assuntos inerentes a nossa classe.

Desde os primeiros dias de janeiro, a cada semana surge "algo novo" para "prejudicar a classe", "acabar com esse ou aquele direito".

Entrando já no décimo segundo mês do ano, os que apostaram no caos estão perdendo o discurso, pois profetizaram que o salário iria atrasar e o décimo terceiro salário não seria pago. 

Resultado: os salários estão sendo pagos PONTUALMENTE e o 13º salário já está garantido integralmente.

A próxima novela agora é um suposto estudo de autoria do Alto Comando que vazou do grupo justamente por uma pessoa interessada em não perder espaços nas supostas mudanças.

Para esclarecer este assunto passo a narrar:

1 - Todo projeto que trata da administração da PM e CBM ou previdenciária é de INICIATIVA PRIVATIVA do Governador do Estado, não podendo ser iniciada nem pelo Comando da PM/BM ou qualquer parlamentar;

2 - O comando da PM/BM ao propor alguma mudança legislativa envia para a Casa Civil, Seplag e Secretaria de Governo que avalia as implicações financeiras, jurídicas e políticas de tais mudanças.

3 - Não há na ALMG nenhuma PEC, PLC ou PL tratando destes assuntos no poder legislativo tramitando.

4 - Qualquer mudança a ser tratada na PM/BM será discutida previamente com as entidades e com os representantes de classe.

5 - Com o advento da internet e a possibilidade do cidadão acompanhar todo o trâmite em tempo real de uma matéria legislativa é impossível qualquer projeto tramitar sem a ciência de todos nós.

6 - Não haverá como alguns defendem o aumento de tempo de serviço de 30 para 35 anos EM NENHUMA HIPÓTESE. Esse assunto já foi sacramentado pelo governador e não será objeto de discussão.

Portanto, podem ficar todos tranquilos que não há nada além da vontade (de sempre) de alguns de tirar a tranquilidade de nossos colegas.

Uma plantação de peixe podre, uma atrás da outra, para intranquilizar a tropa. 

Qualquer novidades deixaremos neste canal todos informados.


Deputado Cabo Julio
Vice Lider do Governo

(Viajando em lua de mel de bodas, mas sempre atento)
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

24 comentários:

Eneas disse...

Enquanto isso ninguém fala nada da ajuda de custo.Acham mesmo que estão cumprindo com todas as obrigações?Ajudas de custo da PMMG e do CBMMG estão em atraso a mais de um ano.Simplesmente uma vergonha.

Anônimo disse...

Foi para exterior, César?
Tanto lugar no Brasil pra comemorar suas bodas!
Parabéns! Mas, valorize seu País.

Anônimo disse...

Sr deputado estamos precisando do sr nessa luta dos aprovados no concurso agente penitenciário 2013!estamos acampados no palacio das mangabeiras e contamos com o apoio do sr nessa luta!!

Anônimo disse...

Não cometa o mesmo erro do governo anterior,e nos ajude nessa luta peça que convoquem os excedentes do asp 2013!

Tulio Avelar disse...

Só estamos esperando o Governador anunciar a correção $$$$$ do nosso salário que já perdeu esses 15% deste ano por todos estes aumentos. Nosso salário perdeu poder aquisitivo considerável e precisamos de reajuste urgente.

Anônimo disse...

Nossa cara, que comentário mais desnecessário. O cabo vai pra onde quiser. Perdeu a oportunidade de ficar quieto.

1º SGT Andrade/ Ipatinga/MG disse...

Obrigado nosso Guardião, nem Jesus conseguiu agradar a todos, não se deixe abalar por estas aves de mau agouro que ficam sobrevoando o campo do imaginário para se promoverem!

Anônimo disse...

Qual a data do pagamento do 13%?
Se já está garantido temos a data, não é mesmo?

Anônimo disse...

É muito dificil

vinicius motta disse...

Parabéns pelas Bodas Sr Deputado. Esperamos que o Sr continue lutando pela classe. Grande abraço e muito obrigado pelo que já fez e faz por todos nós. Devemos agradecer pelo que temos e não ficar reclamando do que gostaríamos de ter, pois a luta é grande para alcançarmos melhorias, dentro de uma economia caótica. Vamos agradecer por termos garantido o salário em dia e o 13º. Devemos contar com a intervenção do Deputado para intermediar o pagamento das ajudas de custos, que muitas foram pagas o mês passado e ver a questão da produtividade atrasada. Mas tenhamos paciência e vamos aguardar, nosso deputado merece seu passeio e merece nosso reconhecimento pelo muito que faz pela classe. Sgt Izaias

Benny disse...

A constatação de que o caixa está vazio e que nem mesmo os depósitos judiciais (no valor de R$ 4,8 bilhões liberados) serão suficientes, o governador Fernando Pimentel (PT) examina parecer que já chegou à sua mesa recomendando o pagamento parcelado do décimo terceiro salário dos servidores estaduais. Como já raspou os cofres, incluindo os depósitos judiciais, para pagar os salários de novembro (serão pagos em dia até 7 de dezembro), Pimentel não tem alternativas. Ele aguarda apenas a definição da faixa salarial afetada com o escalonamento, no esforço para que seja a maior possível, para quitar a gratificação à maior parte do funcionalismo.

A ideia é definir um patamar salarial e, a partir daí, será parcelado. Se assim for, a primeira parcela deverá ser paga antes do Natal, e a segunda parcela deverá ser coberta pela arrecadação do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), a partir de janeiro. A receita com esse imposto quase cobre uma folha inteira de cerca de R$ 2,3 bilhões. Ainda em janeiro, começa a valer o aumento de impostos para centenas de produtos; a receita maior deverá vir do ICMS da luz para o comércio, que saltará de 18% para 25%.

A situação mineira é semelhante ao que já acontece hoje no Rio de Janeiro, onde o governador Luiz Pezão (PMDB) faz escalas para pagar os salários de novembro. No Rio Grande do Sul, já foi comunicado que a gratificação natalina não será paga neste ano e que os servidores, se quiserem, poderão fazer empréstimo individual em banco estatal, que seria quitado com o décimo terceiro, mas não há garantias.

A decisão do Estado deverá ter efeito cascata sobre as prefeituras mineiras, que, na mesma situação, ou pior, não têm recursos para a gratificação natalina. Como o governo federal não irá socorrê-las com a liberação extra do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), apesar das promessas e expectativas, a tendência é de 80% das prefeituras não terem como bancar o décimo terceiro salário.

Anônimo disse...

só vão pagar os funcionários do estado no dia 9 e está tudo bem??
Não estou te entendendo mais....

Anônimo disse...

Valorizar o pais? Tem q valorizar sao os policiais.Pois o ano de 2015 para a pm, falando no todo, foi um dos anos mais apaticos nos ultimos 10 anos. E sr cabo julio, nunca me enganou

Anônimo disse...

Prezado Cabo Júlio,

Já existe data do pagamento do 13º salário? Será ótimo se soubermos, porque estamos aflitos. Agradeço a compreensão.

Robson Oliveira disse...

Meus caros companheiros da segurança pública,devemos pelo menos por um minuto que seja olhar prá trás e ver como tivemos melhorias ao longo da nossa carreira e não ficar criticando quem está todos os dias lutando por nossa classe ,nosso deputado já fez e ainda faz muito por nós, tenham pelo menos um pouco de consideração pelo nosso amigo de farda....hoje em dia a maioria dos militares entram na corporação para usá-la de cabide de emprego para depois prestar outros concursos e abandonar a carreira militar....e ainda como se não bastace,cospe no prato que comem...aposto que estes que reclamam não são da época que o militar quase passava fome e nem estavam na época da greve,assim é fácil ,pois já entraram na época da vaca gorda...apenas fico indgnado com essas reclamações ...parabéns deputado...

Anônimo disse...

Se o Cabo Júlio está fora,dentro ou no meio do país,não me interessa.O que me interessa é se ela vai nos ajudar na convocação dos excedentes do concurso ASP e ASE!Felicidades nas suas bodas!

Anônimo disse...

Promoções de praças – Apresentei a proposta de diminuição do interstício de 1 (um) ano em cada graduação. Menos um ano de Sd a cabo – Menos um ano de CB a 3º sgt – Menos um ano de 3ºsgt a 2º Sgt – Menos um ano de 2º sgt a 1º sgt, e Menos um ano de 1º Sgt a Sub tenente, o que ensejaria uma diminuição de até 5 anos a menos até a graduação de Subtenente. O assunto continuara a ser discutido.

Read more at http://blogdocabojulio.blogspot.com/2015/02/dep-cabo-julio-se-reune-com-o-comando.html#RaV2aBOvAPRZtrBl.99

Sr Deputado essa mensagem fois postada em fereiro de 2015 e já estamos em dezembro.Vai se tornar lei ou não?

guerreiro siberiano disse...

Mas salario do Mes já começou atrasar era todo dia 5 util de cada mês...vai ser pago somente dia 09/12

Anônimo disse...

que sao os excedentes que poderao ser convocados são os da primeira fase respondam-me por favor

SGT BRUNO - JF disse...

Senhor Dep. Cabo Júlio,

Ao ler vossa postagem na data de hoje, verifiquei que existe um equívoco na previsão de vossa excelência, pois sim, o salário e o 13º serão pagos atrasados, e não como anunciado.
Pelo que consta, o salário será pago no dia 09/12 com dois dias de atraso pelo motivo de um feriado prolongado na capital. Pergunto: Os juros do valor da folha de pagamentos dos funcionários ganhos com investimento em dois dias serão redistribuídos entre os funcionários, legítimos "donos" desse dinheiro? Existe mesmo algum problema nos sistemas de comunicação e/ou informática dos bancos que impeçam o depósito agendado para crédito nas contas dos funcionários, ou há necessidade de uma única pessoa em todo estado realizar essa transferência?

Senhor deputado poderia fazer outras perguntas em relação ao pagamento do mês de novembro, mas passemos ao 13º. Por que, o governo decidiu adiar do dia 20 para o dia 22 o pagamento, será que tem outro feriado prolongado, ou para compensar os dois dias de atraso no pagamento do mês de novembro, prorrogando em mais dois dias o 13º?? Nâo sei se vossa excelência está compreendendo meus questionamentos, pois confesso que talvez esteja sendo um pouco prolixo, mas não gostaria de causar aqui mal estar entre nossa classe de policiais, vossa excelência ou governo, apenas desejo esclarecimentos que até então não os encontrei.

E por fim senhor deputado, li neste dia 7/12/2015, o encaminhamento de Projeto de Lei nº 3.142/2015, que institui o auxílio-refeição para os funcionários da autarquia direta do estado, excluindo os policiais e bombeiros, proposta essa que foi enviada pelo governo para assembléia onde vossa excelência exerce mandado, e de forma tão estranha, abarca os agentes penitenciários, inclusive os contratados, deixando de fora os policiais e bombeiros, cujo piso salarial dos agentes iguala aos dos soldados ou inspetores I. Isto posto, pergunto: o senhor pode colocar de forma pública para nós, os seus eleitores, um esclarecimento sendo líder do governo, qual foi o critério, para deixar de fora tais funcionários que de forma legítima, estariam enquadrados em todos os itens do projeto para receberem o auxílio-alimentação? Se existiu algum ponto, que de forma legítima e legal, deixa de fora tais funcionários, ou se o critério foi pessoal de nosso governador??

No aguardo e acreditando em vossa manifestação, antecipadamente agradeço.

Anônimo disse...

Salário atrasado..........

Anônimo disse...

Engraçado...qdo era o PSDB que parcelava nenhum PM/BM reclamava...acho que vcs são mto EGOÍSTAS; será que esqueceram da PRIVATIZAÇÃO que FHC e AÉCIO, fizeram com a VALE e causou essa catástrofe na cidade mineira de MARIANA e que o governo de MG , mais o prefeito estão ajudando com recursos, famílias sobreviventes que perderam bens imóveis/móveis e o pior seus entes queridos...o classe que só pensam em seus direitos...cada um que está reclamando, deveria ter um parente , cuja vida foi ceifada em MARIANA...com coisa que vcs trabalham mto pela sociedade...em minha cidade é que vejo o "bom " atendimento da PM; mais de 1/2 hora para atendimento do 190, qdo a viatura vai as ocorrências ou lançam para o COPOM o chamado "WW" NADA CONSTATADO. coloquem as mãos na consciência!

Mauricio Gonçalves Assunção disse...

Parabéns nobre deputado, como qualquer cidadão o sr. tem o direito de escolher para onde viajar. Deus o abençoe.

Anônimo disse...

Qualquer um de nós com dinheiro viajaria sim! Tá certíssimo. O que precisamos é de novas contratações, pois só ta saindo PM e não entra o mínimo para tapar o buraco que ta ficando, daqui uns 10 anos só terá poucos recontratados... Estaremos igual aos países extrangeiros, trabalhando somente um na vtr o que já esta acontecendo em pequenas cidades, só que não há lei no nosso Brasil eficaz a bandidos, somente contra policiais. Além da lei que o pm tem para sair mais cedo com promoção, tem que ser revisto, só prejudica a pmmg e o Estado e nós que estamos por longos anos na ativa. Fica aqui meu manifesto!!!