O que você procura?

segunda-feira, 14 de março de 2016

CORPO DE BOMBEIROS REGISTRA AUMENTO NO NÚMERO DE OCORRÊNCIAS COM ESCORPIÕES

Os primeiros meses do ano em Minas Gerais são marcados pela grande quantidade de chuva. Com ela aparece um problema recorrente: o aparecimento de escorpiões em residências e também em imóveis comerciais. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, já foram registrados, em 2016, mais de 2.500 casos de ataques do animal. Desses, duas pessoas morreram.

A variação de temperatura contribui para que os escorpiões saiam de seu habitat e procurem ambientes mais secos. O 2º tenente do CBMMG Pedro Aihara alerta para os cuidados que as pessoas devem ter para evitar acidentes. “É importante atentarmos e evitar o acúmulo de lixo e entulhos. Em residências eles podem se esconder debaixo de camas e dentro de sapatos. Os escorpiões se alojam em pequenos espaços e quando são acuados podem picar”.

De acordo com o médico toxicologista Délio Campolina o veneno da picada do escorpião é perigoso e age rápido. “Em crianças a picada pode ser fatal e recomendamos que após o acidente a vítima seja levada a um hospital, de preferência que tenha o soro”. O médico ainda destaca que em Belo Horizonte não é preciso levar o animal até a unidade de saúde, pois na capital quase a totalidade das picadas são do escorpião amarelo.

FONTE: G1
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários: